Teste de publicidades

Carlos Alberto Vieira de Carvalho J√ļnior ser√° o novo procurador-geral do Recife

Carlos Alberto Vieira de Carvalho J√ļnior ser√° o novo procurador-geral do Recife

O advogado Carlos Alberto Vieira de Carvalho Júnior será o novo procurador-geral do município do Recife. Ele substitui na função Giovana Ferreira, que se afasta do cargo por questões de saúde. A nomeação de Carlos foi assinada nesta sexta-feira (7) pelo prefeito João Campos e será publicada no Diário Oficial do Município.

 

"Quero deixar minha palavra de gratidão por toda a dedicação e compromisso com o Recife que Giovana demonstrou enquanto esteve à frente da Procuradoria-Geral do Município. Foi incansável e ajudou muito a construir o futuro da nossa cidade. Também dar as boas vindas a Carlos na nossa equipe. Tenho certeza que, com a experiência de mais de 16 anos de Procuradoria do Estado, fará um grande trabalho no comando da PGM”, destacou o prefeito João Campos.

 

 

Carlos Alberto Vieira de Carvalho Júnior é formado em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Pós-Graduado em Direito Tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários (ITEB-SP).  Ele acumula mais de 16 anos de experiência na advocacia pública, tendo ingressado na Procuradoria do Estado (PGE) ainda em 2005. Na PGE, foi procurador-chefe da Procuradoria de Apoio Jurídico-Legislativo ao Governador e atualmente ocupa o cargo de procurador-geral Adjunto.

 

Fotos: Divulgação

 


Recife adere ao projeto Cidade Pac√≠fica do Minist√©rio P√ļblico de Pernambuco

Recife adere ao projeto Cidade Pac√≠fica do Minist√©rio P√ļblico de Pernambuco

 

Acordo de cooperação tem como objetivo estabelecer eixos e metas de atuação do município em ações de prevenção à violência. Prefeito João Campos assinou o convênio na manhã desta quinta (6) durante reunião mensal  de monitoramento do Pacto pela Vida


 

A Prefeitura do Recife e o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) assinaram nesta quinta (6), na Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco (Seplag), um convênio de compromisso e cooperação do Projeto Institucional Cidade Pacífica. A iniciativa estipula eixos e metas de atuação para o desenvolvimento de medidas que estimulem a sensação de segurança comunitária, principalmente na prevenção dos índices dos crimes de proximidade, na forma propagada pela integração das instituições no Programa Pacto Pela Vida. Durante a reunião mensal de monitoramento do Pacto pela Vida, na manhã desta quinta-feira (6), o convênio foi assinado pelo prefeito do Recife João Campos, pelo governador Paulo Câmara e pelo Procurador Geral de Justiça, Paulo Augusto Oliveira.


 

“Hoje é um dia de alegria, importante, para a gente firmar mais essa parceria com o Ministério Público. O “Cidade Pacífica” é um projeto que eu conheço desde o ano passado, quando o ex-procurador geral doutor Dirceu apresentou, e a gente tem a possibilidade de firmá-lo agora”, disse o gestor municipal na ocasião. “Lembrando que a gente já tinha uma atuação presente no Pacto pela Vida, e muita parceria com o Ministério Público também, e essa assinatura que a gente faz hoje é um ato de um novo ciclo que se inicia. São ações que a gente já executa mas que a gente vai poder colocar no hall da rotina de monitoramento para poder se fazer cumprir. Entre os eixos, eu destaco o da Iluminação, o Recife fez uma linha específica de financiamento para a iluminação pública e já tem mais de 85% da iluminação de toda a cidade com luz de LED, e os pontos decisórios para a instalação foram os pontos com maior índice de criminalidade”, esclareceu ele ainda.


 

Já o governador de Pernambuco Paulo Câmara deixou clara a importância da união de todos na promoção da segurança pública e também no combate às consequências da pandemia. “Quero parabenizar os atores dessa ação. A Pandemia traz um incremento à vulnerabilidade social, quanto mais as pessoas estão vulneráveis, mais há riscos de dificuldades em outras áreas. A Segurança Pública já é uma área complexa, em períodos como esse o desafio é ainda maior. Então são ações como essa de coordenação, de cidadania, de prevenção é que vão ajudar a fazer a diferença para ultrapassar o momento e continuar a fazer o que precisa ser feito”, disse.



 

Os eixos de atuação foram definidos pelo MPPE. Cinco são obrigatórios, dois especiais e três, dentre dez, foram escolhidos a mais pela Secretaria de Segurança Cidadã. A cada execução dos eixos, o município é pontuado. Quanto mais pontos, melhor colocação no ranking de município atuante na prevenção à violência. O procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Paulo Augusto de Freitas, explicou a importância do programa no encontro: “agradeço a oportunidade de aqui, no evento do Pacto pela Vida, nessa reunião mensal, o Ministério Público poder inaugurar essa nova etapa do programa  ‘Cidade Pacífica’. É um projeto que está instaurado desde a gestão anterior do Ministério Público, ele tem um viés preventivo, no sentido de colaborar com os municípios, que têm também responsabilidade na segurança pública, possa através de ações preventivas colaborar com a redução da criminalidade. Agora contempla a Região Metropolitana e a cidade do Recife, formando um cinturão do ‘Cidade Pacífica’”.



 

Diante dos benefícios apresentados, o secretário de Segurança Cidadã Murilo Cavalcanti fez os agradecimentos aos envolvidos e ressaltou que a Prefeitura do Recife está alinhada com eixos do “Cidade Pacífica”. “O braço social da prefeitura é fundamental para se obter resultados. Em relação aos cinco eixos, a gente já os segue em grande parte na Prefeitura, mas vamos fortalecer mais ainda. O prefeito tem recomendado que a gente cumpra com o nosso papel na Prefeitura: iluminação pública, ampliação da rede COMPAZ, melhorar os acessos das viaturas das polícias nas áreas que têm maior presença do crime, fortalecer as políticas de proteção das mulheres, e que todas as secretarias do município trabalhem em conjunto. Um exemplo é que o Recife já colocou mais de 40 mil lâmpadas de luz de LED nas áreas mais carentes e desiguais da cidade. E vamos fortalecer as ações com esse convênio”, comentou ele.


 

O índice de pacificação foi elaborado com o objetivo de permitir avaliar os resultados dos municípios que aderiram ao projeto Cidade Pacífica.  É uma forma de avaliar se as medidas implementadas pelo município, propostas no projeto, estão surtindo efeito real, no nível de pacificação do mesmo. O índice possibilita gerar o ranking dos municípios com maior nível de pacificação. Também é possível comparar o desempenho dos municípios entre períodos diferentes e avaliar o quanto mudou de um período para o outro.


 

EIXOS OBRIGATÓRIOS - Dentro dos eixos obrigatórios, está  o de criar e estruturar a guarda municipal conforme a Lei nº 13.022, de 08 de agosto de 2014, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais, desenvolver projetos e atividades de prevenção à violência nas escolas e patrulhamento preventivo permanente e apresentar ações conjuntas, trabalhando de forma integrada com os demais órgãos de segurança nas operações policiais, contribuindo na pacificação dos conflitos, o que já acontece no Recife


 

No eixo Segurança nos Estabelecimentos Comerciais, a meta estabelecida converge com a proposta da gestão em intensificar o patrulhamento no Centro do Recife. O propósito é apresentar norma municipal que garanta maior segurança aos clientes, com a regulamentação dos estabelecimentos comerciais junto às exigências do órgão municipal (inserindo o sistema de câmeras de segurança no interior e na área externa dos estabelecimentos, com incentivo fiscal).


 

No terceiro eixo estabelecido, Mesa Municipal de Segurança, a meta é criar uma rede de ações imediatas no município para o conhecimento e análise situacional de crimes, como: assaltos, homicídios, estupros, furtos, agressões físicas, homofobia, preconceito racial, violência doméstica e contra a mulher, juntamente com as instituições policiais, Sistema de Justiça), e a Sociedade Civil. 

 

Já o eixo Iluminação Pacificadora sugere três pontos, dos quais a gestão municipal já está em curso com o “Ilumina Recife”, cujos últimos pontos de troca por iluminação LED já contaram com a participação do Pacto Pela Vida em comunidades carentes da cidade. As metas são: mapear geograficamente com dados estatísticos a rota do crime junto à Polícia Militar; colocar, repor e trocar por lâmpadas LED, nos locais mapeados, para coibir a ocorrência de crimes com violência contra os cidadãos, tais como: roubos, homicídios, estupros, vandalismo aos prédios de patrimônio público, etc; apresentar relatório de comparação/avaliação validado pela Polícia Militar, comprovando diminuição/ou aumento das ocorrências de ações de violência, baseadas nos dados do relatório mensal de Crimes Violentos contra o Patrimônio, analisado pela Secretaria de Desenvolvimento Social de Pernambuco (SDS).


 

O quinto e último eixo, Pacificando Bares e Similares, possui duas metas. São elas: fortalecer a ação do corpo de bombeiros na fiscalização de bares, com a integração da prefeitura, na ação de interdição dos estabelecimentos que estiverem irregulares no seu cadastramento (alvarás). A segunda é direcionar uma equipe específica aos bares e similares, quando houver demandas que invadam a tranquilidade da sociedade (Vigilância Sanitária e outros). *Os estabelecimentos notificados e/ou interditados passarão a ter o monitoramento pelas Polícias Civil e Militar. A regularização é feita através do site: www.bombeiros.pe.gov.br .


 

EIXOS ESPECIAIS - Os dois eixos especiais são sobre transformação digital. As ações que se inserem na meta da gestão em ampliar a prestação de serviços por meio digital, cujo trabalho via Secretaria Executiva de Transformação Digital e EMPREL podem ser desenvolvidos. Muralha Digital: criar uma rede de proteção eletrônica (equipamentos como câmeras e sistemas de identificação de placas) no município para um melhor controle do fluxo de entrada e saída de transeuntes e veículos garantindo uma rápida ação das forças de segurança. Segunda meta: criar parceria integrada com os sistemas de outras cidades da região, com o objetivo de compartilhar informações de interesse comum.


 

O Orelhão Digital, por sua vez, tem como objetivo criar parceria com redes de mercados, Shoppings Centers, lan houses, núcleos comunitários, associações dos bairros, casas lotéricas, farmácias, padarias, para atender a população dos bairros carentes, gratuitamente, no acesso online dos serviços públicos e privados.

 

A meta três é apresentar o planejamento logístico da implantação do Orelhão Digital nos estabelecimentos, referente às estratégias utilizadas para a garantia das cabines, cadeira, computadores, impressora, wi-fi, consumo de energia, padronização de blusas aos agentes e apoio da guarda municipal na segurança do patrimônio.


 

EIXOS FACULTATIVOS - Foram três os escolhidos a mais pela Secretaria de Segurança Cidadã do Recife, em uma lista de dez opções. Proteção Integrada/ Pacificando Escolas: criar o Fórum Municipal de Educação reunindo, periodicamente, o Sistema de Justiça, junto à Secretaria de Educação Municipal e a Gerência Regional Estadual, para desenvolverem ações integradas de prevenção e fiscalização nos ambientes escolares. Inclusive, nos entornos das redes municipal, estadual e privada, com normativas de incentivo à proteção do perímetro escolar. A patrulha escolar da Guarda Civil Municipal do Recife já desenvolve, parcialmente, a ação, cuja ampliação pode ser alcançada com articulação da Mesa Municipal de Segurança.


O segundo eixo facultativo é a Pacificação das Comunidades, que tem como foco apresentar uma iniciativa impactante e inovadora entre a comunidade, a associação de moradores, as igrejas e as organizações religiosas e o município, com o objetivo de aproximar os aparelhos operacionais do executivo da realidade específica da população dos bairros, distritos e povoados em cada cidade. No Recife, este item já está em andamento devido ao trabalho da Rede COMPAZ, que possui quatro equipamentos em funcionamento em áreas periféricas e vulneráveis da capital pernambucana.


 

Por fim, o eixo Esporte/ Cultura/ Lazer Pacificador, que visa criar projetos integrados com academias de ginástica, clubes desportivos, escolas de artes marciais, escolinhas de futebol. A meta é desenvolver práticas esportivas com os alunos dos Ensinos Fundamental I e II, que apresentam envolvimento na vulnerabilidade social. Esse eixo também tem como meta criar programas/projetos/atividades esportivas para as crianças e os adolescentes que vivem na rua, abrigos, instituições que acolhem adolescentes em Medidas Socioeducativas em Prestação de Serviços à Comunidade (PSC) e Liberdade Assistida (L.A). 


 

 

Essa proposta converge com o âmbito da Secretaria de Desenvolvimento Social do Recife, Direitos Humanos, Juventude e Política sobre Drogas que já acompanha os abrigos e adolescentes cumprindo LA, com apoio inclusive dos clubes de futebol. Ademais, há ação em articulação na esfera da Secretaria de Esportes do município, com apoio da CBF, para ampliar o apoio dos esportes ao público em referência. A rede Compaz também já desenvolve ações na esfera esportiva.

 

Fotos: Marcos Pastich/PCR


SEDA estimula população denunciar casos de maus-tratos a animais do Recife

Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais do Recife possui canal onde cidadãos podem registrar denúncias de maus-tratos de animais. De janeiro a abril deste ano, SEDA registrou 291 queixas

 

Com o desfecho do caso das mortes de cinco gatos na Avenida Beiro Rio, na Madalena, ocorridas no último mês de fevereiro, e que resultou no indiciamento do estudante universitário Pedro Leal pela Delegacia de Polícia do Meio Ambiente (Depoma), o secretário-executivo dos Direitos dos Animais do Recife, Luís dos Anjos, reforçou a necessidade de a população denunciar casos de maus-tratos cometidos contra os bichinhos. O gestor afirma que a Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais (SEDA) dispõe de um canal para que as pessoas possam registrar possíveis práticas suspeitas. Maus-tratos é considerado crime e está previsto na Lei de Crimes Ambientais, podendo levar a penas de 2 a 5 anos de prisão. 

 

A Secretaria dos Direitos dos Animais do Recife dispõe do telefone 3355-8371 para que a população possa registrar as denúncias. O canal de atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Outra possibilidade é através da Ouvidoria Geral da Prefeitura do Recife, por meio do telefone 0800-281-0040. Todas as denúncias recebidas pela Ouvidoria são enviadas à SEDA, que analisa as informações e promove fiscalizações.

 

Nas abordagens, os profissionais da SEDA orientam os tutores e protetores de animais sobre cuidados com os bichinhos, de modo a garantir o bem-estar dos pets. Caso seja constatado qualquer tipo de violência praticada, os servidores da Secretaria dos Direitos dos Animais acionam a Depoma, que é a polícia judiciária competente para investigar eventuais crimes.

 

O secretário Luís dos Anjos prometeu reforçar as fiscalizações de denúncias de maus-tratos e de abandono de animais no Recife. “Não vamos permitir que os animais continuem sendo maltratados, abandonados e negligenciados em nossa cidade. É preciso que a população respeite os animais e dê tratamento digno a eles, que são grandes companheiros, sobretudo nesse momento tão difícil de pandemia”, ponderou o gestor público.

 

De janeiro deste ano até o último dia 30 de abril, a Secretaria dos Direitos dos Animais recebeu 291 denúncias de suspeitas de maus-tratos a animais no Recife.

 
Foto: Daniel Tavares/Prefeitura do Recife

Prefeitura amplia a√ß√Ķes de limpeza de trechos do Rio Tejipi√≥ para otimizar funcionamento da rede de drenagem de bairros da Zona Oeste

Prefeitura amplia a√ß√Ķes de limpeza de trechos do Rio Tejipi√≥ para otimizar funcionamento da rede de drenagem de bairros da Zona Oeste

Ação, que terá duração de seis meses e receberá R$ 3,5 milhões, amplia em 33% os investimentos para limpeza de canais dentro dos esforços da Ação Inverno. Desde janeiro, já foram limpos 42 canais, dos quais foram retirados quase 44 mil toneladas de resíduos 


 

Preparar a cidade para o período do inverno é uma das prioridades da Prefeitura do Recife. Entre os principais esforços da gestão para minimizar os efeitos da chuva está a limpeza de canais e rios da cidade. Nesta segunda-feira (3), o prefeito João Campos vistoriou as ações de limpeza de trechos do Rio Tejipió, que receberá um aporte de R$ 3,5 milhões para a operação. A medida visa otimizar o funcionamento da rede de drenagem drenagem de bairros como Totó, Barro, Areias, Caçote, Ibura e Imbiribeira, algumas das regiões mais afetadas pelas últimas chuvas no Recife. Os serviços foram iniciados no último dia 19, seguirão pelos próximos seis meses e, com o anúncio, o prefeito amplia de R$ 7 milhões para R$ 10,5 milhões o investimento na limpeza dos 99 canais da cidade. 

 

“A gente autorizou uma intervenção para fazer a limpeza, a manutenção desta área do Rio Tejipió. São três milhões e meio de Reais que serão executados nos próximos meses. A gente sabe que o Tejipió é um rio que está assoreado, então tem muito resíduo dentro dele e, quando vem uma chuva muito forte, termina impactando toda a região. Quando chove muito, o transtorno é grande para as famílias que aqui moram e que por aqui trafegam para poder se locomover pela cidade”, disse João Campos. Ao todo, a intervenção contará com o trabalho de 50 homens, com apoio de máquinas e dois barcos para auxiliar na execução do serviço. Serão atendidos os quatro trechos mais críticos do rio.

 

Um trabalho que não pode ser realizado apenas pelo poder público, como destacou o prefeito. “Com essa intervenção a gente vai garantir uma melhoria da qualidade da drenagem, mas a gente também precisa da participação de cada um e cada uma. Já foram tiradas mais de 342 toneladas de resíduos somente deste rio. É fundamental que cada um e cada uma possa fazer a sua parte, botar o lixo no lugar adequado, no local correto, para garantir que nossa cidade fique limpa”, reforçou João Campos. 

 

Morador do bairro do Caçote, o motorista Carlos José dos Santos, 54 anos, também defende que este é um compromisso que deve ser abraçado pela população. “A Prefeitura está aqui fazendo a parte dela, mas nós precisamos fazer a nossa. Esse é um dinheiro que poderia estar sendo investido em educação, em saúde para a gente, mas está sendo colocado nesta obra em parte porque as pessoas não cuidam”, lamentou. A esperança de Carlos é de um inverno mais tranquilo. “Ainda que esteja em andamento, a limpeza já vai amenizar a nossa situação aqui neste inverno”, comemorou. 

 

BALANÇO - Iniciada em janeiro, a limpeza dos canais que cortam a cidade do Recife já resultou na retirada de quase 44 mil toneladas de lixo de 42 canais  até agora. A intervenção faz parte da Ação Inverno 2021, que envolve o trabalho de diversas Secretarias e Órgãos com foco na manutenção, prevenção e redução de danos na cidade para o período de chuvas. Os serviços vêm sendo realizados pela Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), responsável pela limpeza dos 99 canais do município, operação que recebe investimentos anuais da ordem de R$ 7 milhões.

 

Para se ter ideia da dimensão do descarte incorreto de resíduos, a coleta mensal de lixo domiciliar da cidade gira em torno de 45 mil toneladas e, assim, o montante de lixo incorreto já retirado dos canais representa quase 20% das 224 mil toneladas de lixo total oriunda de coleta domiciliar e limpeza de canais do Recife até o final de abril de 2021. Sem a compreensão e empenho da população, entretanto, os esforços se mostram insuficientes para garantir o escoamento das águas em períodos chuvosos. 

 

Além dos danos causados à mobilidade da população, o descarte incorreto também afeta a flora, uma vez que boa parte dos materiais é composta por plástico, que leva centenas de anos para se decompor, além de também se tornar uma ameaça à fauna marinha, uma vez que parte desses resíduos chega ao mar e deixa os animais em risco, pois podem confundir o plástico com comida, fato que leva a milhares de mortes anuais de espécimes marinhos.

 

Até agora 42 canais já foram limpos desde janeiro, a exemplo dos canais do Arruda; Santa Terezinha (Santo Amaro); Ibiporã (Coque/Joana Bezerra); Fernandinho (Joana Bezerra); Derby-Tacaruna (Derby); do Arruda (Arruda-Vasco da Gama); da Cohab/Canal A (Torreão); do Torreão/Canal B (Torreão); da Barriguda (Encruzilhada); do Chié (Campo Grande); Passarinho (Nova Descoberta); Córrego da Padaria (Água Fria); do Serpro (Casa Forte); entre outros.

 

Canais com limpeza em andamento (10) -  Córrego da Areia (Nova Descoberta); Rio Morno (Guabiraba); Canal Vila das Crianças (Cohab); Córrego do Cotó (Água Fria); Córrego do Caroá (Nova Descoberta); Canal da Rua Carlos de Brito (Engenho do Meio); Canal de São Leopoldo (Engenho do Meio); Três Carneiros/Monte Verde (Cohab); Travessa Realeza (Ilha de Joaneiro); e trechos do Rio Tejipió.

 

Ecoestações - Outro serviço disponível para a população é o descarte através das Ecoestações, onde podem ser depositados objetos maiores como sofás, camas e demais eletrodomésticos. Atualmente há 10 Ecoestações instaladas no Recife estão nos bairros do Ibura, Imbiribeira, Campo Grande, Totó, Cohab, Torrões, Torre, Arruda, Pina (Via Mangue) e Iputinga. 

 

Além dos recicláveis, as Ecoestações recebem outros tipos de resíduos, como móveis velhos, restos de pequenas obras residenciais e outros materiais, evitando que os entulhos sejam descartados irregularmente em vias públicas ou nos canais. A população pode entregar uma quantidade de resíduos e entulho calculada em até um metro cúbico por dia de segunda a sábado, das 8h às 16h. Não são permitidos descartes de lixo hospitalar, industrial e eletrônico.

Imagens - Marcos Pastich/ PCR Imagem 

 


Recife inicia vacinação de pessoas com comorbidades

Recife inicia vacinação de pessoas com comorbidades

Nova faixa será divida em dois grupos que já poderão fazer o agendamento a partir das 18h deste sábado (1º) e se vacinar já neste domingo (2)



A Prefeitura do Recife libera, a partir das 18h deste sábado (1º), o agendamento para vacinação contra covid-19 de pessoas com comorbidades. A imunização já poderá ser feita a partir deste domingo (2). O anúncio foi feito pelo prefeito João Campos. A expectativa da Prefeitura do Recife é vacinar, ao todo, mais de 75 mil pessoas desse novo grupo.

“A partir de hoje, às 18h, estará disponível o agendamento de um novo grupo, formado por pessoas com comorbidades. Serão dois eixos. O primeiro para pessoas com idades entre 18 e 59 anos com obesidade mórbida, síndrome de Down, vivendo com HIV, transplantadas de órgão sólido ou medula óssea e com doença crônica em diálise. O segundo é formado por pessoas com 55 a 59 anos com comorbidades especificadas no PNO. Tudo isso está no Conecta Recife”, explicou João Campos, no anúncio feito em visita ao centro de vainação drive-thru montado no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5).

 


O prefeito destacou que na plataforma também é possível ter acesso ao modelo da documentação que precisará ser anexada para o agendamento. “Nossa rede está preparada. Quem não tiver laudo, deve procurar alguma unidade de saúde da cidade para obter o documento”, orientou o prefeito. 

Passam a ser contempladas com a vacinação, neste momento, as pessoas de 18 a 59 anos que são transplantadas de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas com Síndrome de Down; pessoas vivendo com HIV; pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise); e pessoas com obesidade mórbida. Também vão poder se vacinar as pessoas com idade entre 55 e 59 anos com quaisquer comorbidades elencadas no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19 (PNO), definidas pelo Ministério da Saúde.


O cadastro e o agendamento devem ser feitos através do sitewww.conectarecife.recife.pe.gov.br ou do app Conecta Recife, selecionando o grupo de comorbidades ao qual pertence. O app está disponível gratuitamente na PlayStore, para Android, e AppStore, para quem utiliza o sistema iOS. Para comprovar a condição de saúde, é obrigatório anexar, durante o agendamento, um laudo ou declaração informando a comorbidade.

Nesse primeiro momento, serão aceitos como documento comprobatório a declaração, em modelo fornecido pela Secretaria de Saúde do Recife (disponível no Conecta Recife), que deve ser preenchida e assinada por médico, ou laudo médico que contenha uma das comorbidades elencadas no PNO com o respectivo CID (Classificação Internacional de Doenças) da doença/condição.

Os documentos anexados no Conecta Recife também devem ser levados no dia agendado para vacinação. A declaração ou o laudo precisam ser originais e ficarão retidos no local. Apenas as pessoas com Síndrome de Down estão isentas da declaração, tendo em vista que a informação poderá ser autorreferida.

 



GRUPOS:
18+
- pessoas transplantadas de órgão sólido ou medula óssea;
- Pessoas com síndrome de Down
- Pessoas vivendo com HIV;
- Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise);
- Pessoas com obesidade mórbida.

55+
- Pessoas com quaisquer comorbidades no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra Covid-19 (PNO). 

COMORBIDADES NO PNO:
- Diabetes miellitus 
- Pneumopatias crônicas graves 
- Hipertensão arterial persistente e nos estágios 1, 2 e 3 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade 
- Insuficiência cardíaca 
- Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar 
- Cardiopatia hipertensiva 
- Síndromes coronarianas 
- Valvopatias
- Miocardiopatias e pericardiopatias
- Doenças da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas 
- Arritmias cardíacas 
- Cardiopatia congênita no adulto
- Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados 
- Doença cerebrovascular 
- Imunossuprimidos
- Pacientes oncológicos com tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses 
- Hemoglobinopatia grave 
- Cirrose hepática 

 

Fotos: Rodolfo Loepert/PCR
Vídeo: Diego Nigro/PCR


Recife ganhará nova central de armazenamento e distribuição de vacinas

Recife ganhará nova central de armazenamento e distribuição de vacinas

 

Prefeito João Campos vistoriou as obras do equipamento que será a nova sede do Programa Nacional de Imunizações na cidade e irá mais do que dobrar a capacidade de armazenamento de vacinas. Conclusão deve acontecer no início do mês de julho

 

 

O processo de vacinação no Recife ganhará um reforço importante. Em aproximadamente três meses, a Prefeitura do Recife concluirá a obra de construção da nova sede do Programa Nacional de Imunizações (PNI) na cidade, que funcionará como central de armazenamento e distribuição de vacinas. A unidade sai do bairro de Santo Amaro, onde funciona hoje, e passará a funcionar na Madalena, Zona Norte da cidade. As novas instalações permitirão mais do que dobrar a capacidade de armazenamento, passando de 210 mil para 526 mil doses. O prefeito João Campos conferiu o andamento das obras nesta sexta-feira (30).

 

 

“Estamos aqui na obra da sede do PNI municipal. Aqui vai ser uma grande central de armazenamento e distribuição de vacinas para a nossa cidade. Aqui está a nova câmara fria, ela terá uma capacidade para mais de 450 mil doses armazenadas. Para vocês terem uma ideia, só essa sala daqui possibilita a duplicação da capacidade que a gente tem hoje na cidade para armazenar doses de diversas vacinas”, esclareceu João Campos durante a visita.

 

 

O prefeito do Recife explicou ainda que a central vai armazenar não apenas as vacinas contra a covid-19 mas também outros imunizantes. “Então o esforço é coordenado para a gente poder expandir a capacidade de armazenamento, de vacinação, não só contra a covid-19, mas para todas as outras campanhas de vacinação que acontecem de maneira regular na nossa cidade, como agora, por exemplo, que estamos vacinando contra a influenza. E é importante quem faz parte dos grupos prioritários procurar um dos centros que fazem vacina contra a influenza”, orientou. 

 

 

A obra está com mais de 57% concluída e tem a finalização prevista para julho. O investimento é da ordem de R$ 1,1 milhão para uma área total construída de 345,23 m². Além de ser um importante ativo no atual processo de vacinação contra a covid-19, central para a superação do atual estado de pandemia, a nova sede vai ter capacidade para acondicionar todas as vacinas que fazem parte do PNI. Também será responsável por proporcionar um ambiente de trabalho melhor estruturado para os funcionários deste setor. 

 

“A nova sede irá qualificar nosso programa de imunização, tanto no que se refere à duplicação da capacidade de armazenamento das vacinas, quanto à logística de distribuição para as mais de 170 unidades de saúde, melhorando o acesso ao processo de vacinação na rotina da população recifense”, afirmou a secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque.

 

 

“Aqui vai funcionar a rede de frios da cidade do Recife, todas as vacinas que vão ser usadas na cidade vão ser armazenadas aqui. É muito importante isso porque a gente sabe que da rede de frios depende a qualidade das vacinas. E a gente espera oferecer uma vacina de alta qualidade para a população toda do Recife”, afirmou a coordenadora de Imunização do Recife Elizabeth Azoubel.

 

 

 

A nova construção contará com sala de armazenagem composta por câmara fria de 55,80m³ e espaço destinado a 20 câmaras de conservação de vacinas de 280L; uma sala de distribuição e uma de inspeção, além de toda área administrativa que terá, entre outros ambientes, salas de reunião, apoio e técnica. A estrutura terá copa, recepção, banheiros acessíveis e um estacionamento com capacidade para oito vagas.

 

 

Fotos: Rodolfo Loepert/PCR


 Para o m√™s de maio, Hospital Veterin√°rio do Recife oferece 1.400 vagas para castra√ß√Ķes de c√£es e gatos

Para o m√™s de maio, Hospital Veterin√°rio do Recife oferece 1.400 vagas para castra√ß√Ķes de c√£es e gatos

População deve agendar serviço pela central telefônica ou através do site da SEDA, nos dias 3, 4, 17 e 18 de maio. Para cada quinzena, hospital realizará 700 procedimentos

 

A Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais (SEDA) do Recife, por meio do Hospital Veterinário do Recife Robson José Gomes de Melo (HVR), abre agendamentos para castrações de cães e gatos em maio. A população da capital pernambucana pode marcar os procedimentos nos dias 3, 4, 17 e 18, via central telefônica ou site da SEDA (conferir informações abaixo). Ao todo, serão oferecidas 1.400 vagas no próximo mês, sendo 700 vagas disponibilizadas em cada quinzena.

 

Nos dias 3 e 4 de maio, a população poderá agendar 700 vagas para castração de caninos e felinos. Os atendimentos serão realizados entre os dias 4 a 17 do próximo mês. Já nos próximos dias 17 e 18, os tutores terão a chance de marcar outros 700 procedimentos, que serão realizados entre os dias 18 de maio a 1º de junho. Nesse período, os agendamentos poderão ser feitos no site www.seda.recife.pe.gov.br ou pelos telefones 3224-30013224-40013224-4002 e 3446-9808, no horário das 9h às 17h.

 

Para ter acesso ao serviço, é preciso levar originais de comprovantes de residência com CEP do Recife, podendo ser faturas de concessionárias de água e de energia elétrica, de cartão de crédito ou declaração de associação de moradores com o CNPJ e assinatura do presidente da entidade, além de documento de identificação com foto do tutor.

 

O Hospital Veterinário do Recife fica situado à Av. Professor Estevão F. da Costa, S/N, no Cordeiro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Nesse período de pandemia, todas as dependências do hospital vêm recebendo sanitização diária contra o novo coronavírus.

 

BALANÇO DO HVR - Por mês, o Hospital Veterinário do Recife realiza mais de 4 mil cirurgias e consultas, entre urgência, emergência e ambulatoriais. Além disso, a partir de fevereiro, o HVR ampliou o número de vagas para procedimentos de castração. Desde sua inauguração, em 2017, o HVR já castrou mais de 22 mil animais, fez 7.900 cirurgias e, somando todos os atendimentos, foram mais de 88 mil procedimentos.

 

Serviço:

Castração de cães e gatos no Hospital Veterinário

Dias de marcação: 3, 4, 17 e 18/04

Contatos: www.seda.recife.pe.gov.br ou pelos telefones 3224-30013224-40013224-4002 e 3446-9808

Horário: das 9h às 17h

Documentos necessários: Comprovante de residência com CEP do Recife (faturas de concessionárias de água e de energia elétrica, de cartão de crédito ou declaração de associação de moradores com o CNPJ e assinatura do presidente da entidade) e documento de identificação com foto do tutor.

 
Foto:  Andréa Rêgo Barros/PCR

Compaz Eduardo Campos recebe tributo em homenagem às 400 mil vítimas da covid-19 no País

Compaz Eduardo Campos recebe tributo em homenagem às 400 mil vítimas da covid-19 no País

A homenagem foi organizada pela Prefeitura do Recife em parceria com músicos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)


 

Há quase um ano, em 30 de maio de 2020, a pandemia do novo coronavírus levou o pai do engenheiro agrônomo Elisandro Damasceno. Morador do Alto Santa Terezinha, na Zona Norte da capital, ele é articulador social do Centro Comunitário da Paz (Compaz) Eduardo Campos, onde o pai também atuava na organização de eventos culturais. O local, tão querido para a família de Elisandro e de outras tantas que vivem no entorno, foi escolhido pela Prefeitura do Recife para prestar uma homenagem às famílias das 400 mil vítimas da covid-19 no País nesta quinta-feira (29). O tributo foi realizado por alunos do curso de bacharelado em música da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) nas escadarias do Compaz e contou com a participação de moradores da comunidade.


 

“O Compaz é um lugar de paz, como o próprio nome já diz. É um lugar de reflexão, um lugar de agregação, de acolhimento em um momento de tanta dor, de tantas famílias recifenses, pernambucanas e brasileiras. Foi uma forma singela de a gente fazer uma homenagem às famílias que perderam os entes queridos. Quatrocentos mil não é um número, não é uma estatística. São pessoas. A vida é sagrada e esta foi a forma que a Prefeitura encontrou de estar próximo das famílias neste momento”, disse Murilo Cavalcanti, secretário de Segurança Cidadã do Recife. 


 

A homenagem levou Elisandro às lágrimas. “Meu pai era uma pessoa muito ativa, que contribuía com as atividades aqui do Compaz, organizando um evento de música cubana. Infelizmente, nós somos uma das famílias que teve um de nossos entes queridos tirados de nós. Esse momento é uma forma de lembrar com carinho de todos que, assim como meu pai, se foram, e continuar na luta, pegando na mão daqueles que ficaram aqui de forma enlutada”, afirmou o engenheiro. 


 

 

O concerto foi realizado pelos estudantes André Luiz Serapião, no violino; Alan Denis, na viola alta e Davi Christian, no violoncelo. Os três são alunos do professor Wendell Kettle na UFPE e fazem parte do Projeto de extensão Sinfonieta. No repertório, músicas consagradas de Beethoven, Johann Sebastian Bach e Heitor Villa-Lobos. “É uma marca muito infeliz, uma das maiores do mundo. Quando chegou a 50 mil, eu me perguntei se alcançaríamos os 100 mil mortos. Hoje temos quatro vezes mais do que isso”, lamentou o maestro Wendell Kettle. “A gente fica muito feliz de poder neste momento trazer, através da música, um momento de conforto, de reflexão e de homenagem a essas vítimas e às pessoas próximas a elas”, completou.

 

Fotos: Marcos Pastich/PCR
Vídeo: Diego Nigro/PCR

 https://we.tl/t-PTqjzUzYSg


Jo√£o Campos dialoga com Embaixada da China por mais vacinas contra a covid-19

Jo√£o Campos dialoga com Embaixada da China por mais vacinas contra a covid-19

Como porta-voz do Consórcio Conectar, prefeito do Recife participou de reunião online com o embaixador da China no Brasil Yang Wanming

Em reunião online com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, o prefeito do Recife e Vice-presidente de Relações Institucionais do Consórcio Conectar João Campos solicitou um encontro com a diretoria do laboratório Sinopharm para formalizar um pedido de 15 milhões de doses de vacina para o País, sendo 6 milhões de doses para trabalhadores da educação do Brasil. O encontro ocorreu na manhã desta quinta-feira (29), com a participação de outros oito prefeitos de municípios brasileiros que também fazem parte do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar), instituído pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), justamente com o objetivo de promover a aquisição dos imunizantes pelos municípios brasileiros para combater a Covid-19.

 

Ao final da reunião, o prefeito João Campos explicou que além do pedido de intermédio para a vacina da Sinopharm, outros três importantes encaminhamentos foram definidos: uma reunião com representantes do laboratório chinês CanSino, que produz imunizante contra a covid-19 já reconhecido em países como o México e o Chile; a criação de uma câmara do Consórcio Conectar na Embaixada da China do Brasil, para tratar com fornecedores chineses sobre insumos e medicamentos para a covid-19 e o interesse em dialogar mais uma vez com Instituto Butantan para os municípios brasileiros comprarem a vacina CoronaVac, diretamente da  China, tendo em vista que a produção do Butantan está toda direcionada ao Ministério da Saúde.

 

“Terminamos agora a reunião da diretoria do Conectar, que é o consórcio dos municípios brasileiros para aquisição de vacinas e insumos para a saúde, com a Embaixada da China, na qual conversamos com o Embaixador chinês no Brasil e a gente teve quatro encaminhamentos importantes. Eu fui escolhido para ser o porta-voz da reunião e a gente pôde fazer esse diálogo franco com a Embaixada Chinesa, reconhecendo a importância deste que é o maior parceiro comercial do nosso país e colocamos que os municípios estão à disposição para, com muito diálogo, serenidade e senso de responsabilidade, vencermos a pandemia”, afirmou o prefeito.

 

 

Também participaram da reunião: o prefeito de Aracaju (SE) e presidente da FNP Edvaldo Nogueira; o prefeito de Florianópolis (SC) e presidente do Conectar Gean Loureiro; o gestor municipal de Belém (PA) e 1º. Vice-presidente do Conectar Edmilson Rodrigues; a gestora municipal de Palmas (TO) e 2ª. Vice-presidente do Conectar Cinthia Ribeiro. Além de Dário Saadi, prefeito de Campinas (SP) e vice-presidente de Saúde da FNP; Duarte Nogueira, prefeito de Ribeirão Preto (SP) e vice-presidente de Relações com o Congresso Nacional da FNP; Jairo Jorge, prefeito de Canoas (RS) e vice-presidente de Relações Internacionais da FNP e Marta Suplicy, Secretária municipal de Relações Internacionais de São Paulo, representando o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, vice-presidente para a cooperação internacional do Conectar e 1º Vice-presidente Nacional da FNP.

Foto: Cortesia

 


Recife vacina as primeiras trabalhadoras da Educação da cidade

Recife vacina as primeiras trabalhadoras da Educação da cidade

Prefeito João Campos acompanhou a vacinação simbólica das três primeiras profissionais beneficiadas nesta quarta (28). Novo grupo já começa a ser vacinado regularmente a partir desta quinta (29)

 

 

Com mais de 30 anos de sala de aula, Mirtes Ramos dos Santos, 53 , enfrentou há poucos dias uma das maiores dores de sua carreira como professora, quando perdeu um ex-aluno de apenas 14 anos para o novo coronavírus. Uma perda transformada em força para lutar por dias melhores. Mas nesta quarta-feira (28), a emoção foi diferente. Mirtes foi escolhida para ser a primeira trabalhadora da educação a ser vacinada contra a covid-19 no Recife. Além dela, a professora e gestora de Escola Ana Gláucia de Araújo, 43, e a auxiliar de serviços gerais Neilza Maria de Melo, 54, também receberam a primeira dose do imunizante. A vacinação simbólica das três profissionais foi acompanhada de perto pelo prefeito João Campos. 


 

“Eu sempre disse que se nós tivéssemos uma prioridade, seria priorizar a educação, os trabalhadores e trabalhadoras da educação. Infelizmente, o Brasil errou muito na estratégia tanto da vacinação quanto da condução da educação durante a pandemia. Nós temos a obrigação de defender a educação e fazer o que estiver ao nosso alcance para garantir que a gente possa dar condições dignas aos nossos jovens e crianças de ir para uma sala de aula e estudar”, disse João Campos. “A gente inicia hoje a vacinação com essas três pessoas de forma simbólica e amanhã já estará disponível para pessoas com 40 anos ou mais trabalhadores e trabalhadoras da educação básica da nossa cidade. É um passo importante. A única forma de vencermos e superarmos a pandemia é vacinando, defendendo a vacina, não medindo esforços para acelerar a cada dia”, completou. 


 

Mirtes faz parte do grupo 3 e atua na Creche João Eugênio, localizada na Iputinga. Ela é vencedora do prêmio Educador Nota 10 edição 2020, com um projeto focado na aprendizagem de crianças. “É uma emoção indescritível, a gente não tem nem como descrever, é só sentir. Agradeço a Deus, à equipe da prefeitura que correu atrás da vacinação não só para os professores, mas para quem vive no Recife. Fico comovida, pensando nos colegas que não tiveram essa oportunidade e muito feliz por todos que vão ter”, comemorou a professora.

 

Neilza completa 55 anos no próximo sábado, mas o presente chegou mais cedo. Ela, que está lotada na Escola Municipal Reitor João Alfredo desde 1984, onde atuou por muitos anos como merendeira e atualmente como auxiliar de serviços gerais, também foi imunizada nesta quarta-feira. “Foi uma alegria para mim tomar a vacina, não imaginava que eu tomaria agora. Para mim, parecia distante. Meu aniversário é sábado, ganhei o meu presente. E que presente lindo, maravilhoso”, celebrou. 


 

Terceira profissional vacinada, Ana Glaucia é gestora da Escola Municipal Zumbi dos Palmares, localizada na Várzea. Ela representou a rede municipal de ensino do Recife em Abu Dhabi com um trabalho desenvolvido na Feira de Conhecimento na Escola Karla Patrícia, localizada no bairro de Boa Viagem, quando era professora da unidade de ensino. “Sonho com a abertura das escolas, as crianças dentro da escola e a gente voltando a fazer o que a gente faz muito bem, que é educação, seja pública, seja privada, de qualidade. Porque é através da educação que as nossas crianças terão um futuro melhor.”


 

Os trabalhadores com 40 anos ou mais que atuam em instituições da educação do ensino básico públicas da rede municipal, estadual e federal e também da rede privada do Recife poderão tomar a vacina contra covid-19 a partir desta quinta-feira (29). 


 

 

O cadastro e o agendamento devem ser feitos através do site www.conectarecife.recife.pe.gov.br ou do app Conecta Recife, disponível gratuitamente na PlayStore, para Android, e AppStore, para quem utiliza o sistema iOS. No ato da marcação, os trabalhadores devem anexar, e apresentar, no dia agendado para vacinação, uma declaração no modelo disponibilizado pela Secretaria e assinada pelo responsável indicado pela sua instituição. 

 

 

Fotos: Rodolfo Loepert/PCR

 


No Dia Mundial da Educação, João Campos entrega nova escola no bairro do Ibura

No Dia Mundial da Educação, João Campos entrega nova escola no bairro do Ibura

Com investimento de R$ 1,7 milhão, novo prédio da Escola Municipal Professor José Lourenço de Lima vai ampliar em quase 100% a oferta de vagas, que passará a ter capacidade de atender cerca de 530 estudantes. Prefeito do Recife inaugurou a unidade de ensino na manhã desta quarta-feira (28)


 

Depois de anunciar a vacinação para trabalhadores da educação do Recife, o prefeito do Recife João Campos reafirma o compromisso da gestão com a comunidade escolar e com os estudantes ao entregar o novo prédio da Escola Municipal Professor José Lourenço de Lima, na comunidade Alto Bela Vista, bairro do Ibura. A inauguração ocorreu na manhã desta quarta-feira (28), no Dia Mundial da Educação. A Secretaria de Educação do Recife construiu a nova unidade, próxima à sede antiga da escola, com investimentos na ordem de R$ 1,7 milhão. A nova Escola Municipal Professor José Lourenço de Lima - que atualmente conta com 273 estudantes matriculados - vai ampliar em quase 100% a oferta de vagas na nova unidade de ensino, que terá capacidade de atender 530 estudantes. 


 

"Estamos aqui na Escola Professor José Lourenço, estamos inaugurando no Dia Mundial de Educação. Aqui era um sonho antigo do Alto Bela Vista e com essa nova inauguração a gente vai abrir mais de 500 vagas, isso representa duplicar o número de vagas nesta região”, destacou o prefeito do Recife na ocasião. “Nós temos um esforço conjunto da Prefeitura para poder garantir a educação na cidade. Abrimos agora um novo grupo de vacinação para os trabalhadores e trabalhadoras da educação básica com mais de 40 anos. E a gente não vai medir esforços para poder garantir uma volta às aulas segura e que a gente possa dar a dignidade da educação para as crianças do Recife", complementou ele.


 

Para a vice-prefeita do Recife Isabella de Roldão, a entrega do novo prédio da instituição foi realizada numa data importante para o mundo.  "Dia Mundial da Educação, uma alegria para a gente, o mundo celebra a educação, e nesse dia de hoje o compromisso do nosso prefeito João é tão grande que ele faz questão, no dia de hoje, de celebrar o início da vacinação dos professores e professoras e também inaugurar a escola. É assim que a gente vive e celebra o Dia Mundial da Educação, entrega escola, vacina professor. A lindeza está posta, só aguardando o sorriso das crianças por aqui”, comentou.


 

A escola ocupa um terreno com área de 985m², tem dois pavimentos, térreo e primeiro andar. As turmas da unidade de ensino estão distribuídas em Grupos IV e V; 1º ao 5º ano; e Educação de Jovens e Adultos. "É uma alegria para a educação do Recife e para a comunidade do Alto Bela Vista do Ibura a inauguração dessa escola. Um sonho antigo que vai atender crianças da Pré-escola até os anos iniciais do Ensino Fundamental, duplicando a oferta de vagas aqui na região e simboliza o compromisso do prefeito João Campos e da Prefeitura do Recife em fortalecer a educação, melhorar a qualidade, melhorar a estrutura das nossas escolas e creches para que a gente possa alcançar cada vez mais com a educação da nossa cidade”, celebrou o Secretário de Educação do Recife Fred Amâncio.


 

 

A estrutura do novo prédio conta com dez salas de aula; biblioteca; laboratório de informática; sala de artes; sala de recursos multifuncionais, equipada e preparada para atender estudantes com necessidades especiais; sala dos professores; setor administrativo - diretoria e secretaria; cozinha; refeitório; depósito; e área externa. A gestora da Escola Municipal Professor José Lourenço de Lima, Ana Maria Trajano, também comemorou as mudanças. "Isso é uma maravilha para a comunidade, porque as estruturas de antes eram muito pequenas. A gente vai atender as pessoas daqui e das redondezas se precisar. A estrutura está ótima, foi muito bem planejada. As pinturas estão lindas também”, disse.

 

 

Fotos: Rodolfo Loepert/PCR
Vídeo: Lula Carneiro/PCR (Imagens áereas: João Paulo/Cortesia)

 


  Samuel Salazar realiza Audi√™ncia P√ļblica para discutir projeto de Lei sobre Cultura de Paz e Justi√ßa Restaurativa

Samuel Salazar realiza Audi√™ncia P√ļblica para discutir projeto de Lei sobre Cultura de Paz e Justi√ßa Restaurativa

Com a proposta aprovada pela Casa José Mariano, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Segurança Cidadã, contará com um Conselho Municipal de Cultura de Paz e Práticas Restaurativas

 

A Câmara Municipal do Recife irá realizar uma audiência pública, na próxima quinta-feira (29), para discutir o Projeto de Lei do Executivo 9/2021, que institui a Política Municipal de Cultura de Paz e Justiça Restaurativa. A capital pernambucana é uma das primeiras a ter uma construção de lei que resultará na formulação de um Conselho Municipal de Cultura de Paz e Práticas Restaurativas, abrangendo todas as áreas das competências municipais. A proposição é de autoria do vereador Samuel Salazar (MDB) e será realizada de forma remota às 10h. O secretário de Segurança Cidadã do Recife, Murilo Cavalcanti, confirmou presença na reunião. 

"Mais uma vez Recife parte na frente com proposições inovadoras para o bem-estar social. A proposta da Política de Cultura de Paz e Justiça Restaurativa tem o intuito de estimular uma nova relação no convívio social, mediando conflitos nas comunidades, oferecendo qualificações de comunicação não violenta na sociedade, entre outras ações. São ações que buscam minimizar a existência de contextos de violência em nossa cidade, contribuindo com o desenvolvimento de todos", afirmou Samuel Salazar.

Com a proposta aprovada pela Casa José Mariano, a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Segurança Cidadã, poderá consolidar um Conselho Municipal de Cultura de Paz e Práticas Restaurativas, que, entre as premissas, promoverá ações de comunicação não violenta para professores e agentes de trânsito, práticas integrativas na saúde, criação de uma política de formação continuada de Cultura de Paz para funcionários da Prefeitura do Recife, realização de círculos restaurativos nos presídios, realização de oficinas contra bullying e outras formas de violência, entre outras.

Para o secretário Murilo Cavalcanti, a Prefeitura do Recife avança mais uma vez ao enviar para Câmara Municipal a PL da Política Municipal de Cultura de Paz e Justiça Restaurativa. "É esse o papel que cabe ao Poder Executivo Municipal: trabalhar intensamente para que a sociedade possa absorver valores e práticas que contribuam para diminuir os conflitos tão presentes na vida dos cidadãos. A resolução pacífica dos conflitos é a forma mais humana e mais segura de diminuir as tensões sociais da vida cotidiana. A Audiência Pública tem a finalidade de ampliar essa escuta, ouvir vários segmentos da sociedade civil e ampliar um debate tão urgente e tão necessário para uma melhor convivência dos cidadãos nos espaços urbanos”, disse o secretário Murilo Cavalcanti. 

Também participarão o secretário Executivo de Prevenção e Cultura Cidadã, Paulo Moraes, o professor e doutor em Filosofia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Marcelo Pelizzoli, o Juiz de Direito do Tribunal de Justiça de Pernambuco e a coordenadora da Organização Não Governamental Ruas e Praças Solange Maria.