Teste de publicidades

Candidatura própria do PT à Prefeitura de Camaragibe é dada com 100% de certeza

Candidatura própria do PT à Prefeitura de Camaragibe é dada com 100% de certeza

O Diretório Municipal do PT-Camaragibe, decidiu, na noite de 04/06/2019, por unanimidade, apresentar o nome do seu Presidente, o advogado Paulo Pereira (Paulinho do PT), Bacharel em Direito, e ex Secretário de Planejamento Meio Ambiente e Orçamento Participativo do Município, como pré-candidato a Prefeito de Camaragibe.  

 

O PT de Camaragibe reafirma seu compromisso com a democracia e com a busca de uma Camaragibe livre, justa e solidária.

 

Firmes, informamos a toda comunidade que este Diretório Municipal decidiu, na noite de 04/06/2019, por unanimidade, apresentar o nome do seu Presidente, o companheiro Paulo Pereira (Paulinho do PT), Bacharel em Direito, e ex Secretário de Planejamento Meio Ambiente e Orçamento Participativo do Município, como pré-candidato a Prefeito de Camaragibe.

 

Nosso olhar sobre o tempo, os acertos, os erros, nos tem ensinado que só com a força de um projeto participativo de cidade, com uma construção coletiva de toda comunidade, andaremos rumo a um futuro com menos desigualdade, mais equilíbrio e justiça social, em nossa amada Camaragibe.

 

Nosso norte será o diálogo. Que junto às forças progressistas, aos trabalhadores, aos movimentos sociais, a toda comunidade possamos construir um Projeto de Governo, de uma Cidade que viva intensamente a defesa da democracia, da justiça, dos direitos sociais, individuais e coletivos, e a melhoria na vida de cada cidadão Camaragibense.

 

Diretório Municipal PT Camaragibe

 

#sóalutamudaavida 


Vereador João da Costa (PT) critica decreto que regulamenta uso e porte de armas

Vereador João da Costa (PT) critica decreto que regulamenta uso e porte de armas

Assinado no início do mês, o decreto do governo federal que regulamenta o uso e o porte de armas no País foi criticado pelo vereador João da Costa (PT) nesta terça-feira (21), durante sessão plenária na Câmara do Recife. O petista repercutiu a informação de que as novas regras vão permitir que civis adquiram armamentos quatro vezes mais potentes, o que inclui até modelo de fuzil. Em contraponto, João elogiou os 14 governadores - de vários partidos - que assinaram uma carta pedindo a revogação do decreto presidencial.

“Quero reforçar nossa preocupação com o decreto das armas assinado pelo presidente Jair Bolsonaro. Tivemos notícia, por meio da Taurus, de que havia uma fila de dois mil clientes esperando o decreto para comprar o fuzil T4”, disse João da Costa. “Isso fez as ações da empresa subirem na bolsa de valores de São Paulo. O governo negou, mas o anúncio da Taurus é sintomático”, completou.

O vereador informou ainda que vai apresentar um voto de aplauso à iniciativa dos governadores - entre eles, o de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) - à medida que regulamenta o uso e porte de armas no Brasil.
 
“Queria saudar a carta assinada hoje por 14 governadores de vários partidos contra o decreto das armas. É um debate que precisamos fazer e que é muito sério. Uma pesquisa feita pelo Instituto Paraná Pesquisas mostrou que 60% da população brasileira é contra a posse de armas dentro de casa. Não é verdade que a sociedade brasileira quer se armar.”

Foto: Carlos Lima/Câmara do Recife

 Procurador-geral de Justiça visita Agreste e Sertão do Estado

Procurador-geral de Justiça visita Agreste e Sertão do Estado

Com o objetivo de aproximar a gestão do promotor de Justiça, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) realiza até o final do mês a primeira edição 2019 do projeto Gabinete Itinerante. Nos próximos dias a ação passará pelas Circunscrições de Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Salgueiro, Serra Talhada e Petrolina.

 

“Nosso principal objetivo é ouvir os promotores e entender as principais demandas de cada área para que, neste ano, seja possível estruturar melhor todas as promotorias de Justiça, dando mais condições de trabalho aos membros. Precisamos estar cada vez mais focados no atendimento aos anseios da sociedade, nos aproximando do dia a dia da comunidade”, disse o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros. O Gabinete Itinerante já passou pelas cidades de Olinda, Caruaru, Garanhuns, Nazaré da Mata, Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, entre outras.

 

A programação inclui, ainda, a distribuição, após a realização do encontro, de notebooks que foram recém adquiridos para utilização pelos membros. Estes poderão proceder com a devolução dos antigos notebooks, ceder o equipamento para uso da Promotoria de Justiça, ou justificar a não entrega. “Isso é um dos passos para a melhoria do parque tecnológico do MPPE de modo que os membros poderão executar tarefas com mais rapidez e segurança. A entrega dos notebooks acontece, ainda, em um momento que o MP passa por uma revolução tecnológica e isso exige que tenhamos um parque com maior capacidade de técnica e de operação”, disse o secretário-geral do MPPE, Maviael Souza, gestor da área responsável por realizar as aquisições e distribuir aos membros.

 

Cronograma

  • 21/05, 14h - Circunscrição de Arcoverde

  • 22/05, 14h - Circunscrição de Afogados da Ingazeira

  • 23/05, 16h - Circunscrição de Salgueiro

  • 24/05, 10h - Circunscrição de Petrolina


Compesa faz recadastramento de clientes em sete bairros do Recife

Compesa faz recadastramento de clientes em sete bairros do Recife

 

A Companhia Pernambucana de Saneamento-Compesa  está realizando o trabalho de recadastramento de clientes em sete bairros das zonas Oeste e Norte do Recife. Até o mês de julho, os agentes cadastradores visitarão 9,6 mil imóveis (residenciais e comerciais) nos bairros dos Aflitos, Espinheiro, Encruzilhada, Graças, Madalena, Prado e Torre, para levantar informações necessárias ao censo comercial e também para compor a base de dados cartográficos da companhia – que facilitam a leitura e a entrega das contas de água.

 

O trabalho de atualização cadastral é uma ação permanente da Compesa e realizada em todas as regiões do estado, como uma forma de aperfeiçoar a prestação dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, além de melhorar a agilidade no atendimento e o estreitamento da relação com o cliente. A Compesa pontua que a abordagem no imóvel será feita sempre pelo agente cadastrador, que se apresentará devidamente uniformizado e portando crachá de identificação. Não haverá solicitação de quaisquer informações financeiras dos clientes e a regularização dos dados cadastrais só será realizada em concordância com o morador.

 

No momento da visita, serão solicitados os seguintes documentos: CPF, RG e a conta de energia. A Compesa ainda acrescenta que, em alguns casos, o cadastrador necessitará ingressar no imóvel para realizar o trabalho. Caso o cliente tenha alguma dúvida, pode entrar em contato com a Compesa pelo telefone 0800 0810195. A atualização cadastral também pode ser feita pela Agência Virtual da Compesa, acessando o endereço www.compesa.com.br.


João da Costa convoca audiência para discutir urbanização em Caranguejo Tabaiares

João da Costa convoca audiência para discutir urbanização em Caranguejo Tabaiares

Com o objetivo de discutir a urbanização da comunidade de Caranguejo Tabaiares, localizado na Ilha do Recife, o vereador João da Costa (PT) convoca uma audiência pública no Plenarinho da Câmara do Recife no próximo dia 22, a partir das 9h. Para o encontro, o petista convidará representantes da Prefeitura do Recife (PCR), da Caixa Econômica Federal, os moradores e movimentos sociais. A reunião, segundo o vereador, servirá para discutir soluções para construção de um conjunto habitacional na comunidade e a manutenção de Caranguejo como uma Zona Especial de Interesse Social (ZEIS), na revisão do Plano Diretor do Recife.
 
O vereador João da Costa destaca que existe um projeto em execução pela PCR de urbanizar o Canal do Prado, que corta a comunidade. A proposta visa revitalizar as margens do canal e pavimentar as vias que passam por dentro da localidade. Com isso, cerca de 150 famílias, algumas delas residentes há mais de 30 anos no local, precisarão ser removidas para um conjunto habitacional localizado no Barbalho, distante sete quilômetros do local.
 
João da Costa lembra que durante sua gestão à frente da Prefeitura decretou de utilidade pública um terreno situado dentro de Caranguejo Tabaiares, conhecido por Fermentaço, com a finalidade para construção de moradia popular. O vereador ressalta que a gestão do prefeito Geraldo Julio, recentemente, anexou a esse espaço outro terreno, cedido pelo Patrimônio da União, para que fosse edificado o conjunto habitacional. O petista sublinha que a PCR licitou as obras do canal, mas o habitacional não estaria nos planos iniciais.
 
"Isso tem gerado apreensão na comunidade, já que parte da população a ser removida está se deslocando para o Barbalho sem saber como será seu futuro. A gente sabe que as populações de ZEIS ao longo de 20 anos, 30 anos desenvolvem relações econômicas, sociais e culturais e de afeto nas comunidades", afirma João da Costa. "Por isso, vamos realizar uma audiência para debater com a Prefeitura as soluções que garantam o início da obra do conjunto habitacional e a anexação do terreno desapropriado à área da ZEIS Caranguejo Tabaiares", explica o vereador.
 
Foto: Carlos Lima/Câmara do Recife

Voluntários do Pró-Capibaribe realizam mutirão de limpeza das margens do rio neste sábado (11), na Rua da Aurora

Voluntários do Pró-Capibaribe realizam mutirão de limpeza das margens do rio neste sábado (11), na Rua da Aurora

Mutirão vai oferecer luvas, sacos para descarte dos resíduos coletados nas margens, água e lanche, com ponto de encontro em frente ao monumento Tortura Nunca mais, às 14h. Interessados devem ir com galocha ou sapatos que suportem a umidade

 

Os voluntários do movimento de preservação ambiental Pró-Capibaribe vão se reunir no próximo sábado (11), às 14h, na Rua da Aurora, em frente ao monumento Tortura Nunca Mais para realizar o segundo mutirão de limpeza das margens do rio. Para participar não é necessário efetuar inscrição prévia. Basta chegar no dia, horário e local marcados usando roupas leves e galocha ou sapato que suporte a umidade do rio. As luvas, sacos para descarte dos lixos, água e lanche serão entregues gratuitamente no momento da ação. A expectativa é que ao menos uma tonelada de lixo seja retirada manualmente pelos participantes.

 

O mutirão é um caminho que abraça tanto a prática da educação ambiental quanto a mudança de uma parte da paisagem do rio. Tudo isso para reforçar a limpeza que já é realizada pela Prefeitura, que não dá conta do grande fluxo de descarte incorreto de resíduos na cidade. A primeira ação do Pró-Capibaribe aconteceu no dia 7 de abril de 2019 e reuniu cerca de 30 recifenses. Nem mesmo a chuva que caiu no dia impediu que os voluntários removessem aproximadamente meia tonelada de resíduos do Rio Capibaribe. Todo o material retirado do rio foi encaminhado para uma cooperativa de catadores de material reciclável. Nesta segunda edição, um caminhão da ECOFROTA de limpeza urbana vai ficar responsável por direcionar os resíduos para reciclagem.

 

A melhora da qualidade do Capibaribe passa fundamentalmente pela ação ambiental realizada tanto pelas ações governamentais quanto atitudes feita pela própria população. No entanto, essa realidade esbarra no descarte incorreto de resíduos sólidos. Para se ter uma ideia, o Brasil deixa de arrecadar cerca de 3 bilhões de reais por ano por não aproveitar matérias-primas recicláveis.

 

No Recife, o cenário não é diferente: os lares do município produzem mais de 40 mil toneladas de resíduos sólidos por mês e, desse total, apenas 2% viram matéria-prima reciclável, segundo a Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (EMLURB). O impacto que esse cenário gera é um desperdício de 98% dos resíduos produzidos no Recife. Ou seja: o que poderia ser matéria-prima para aquecer a economia local a partir da coleta seletiva feita por cooperativas, hoje está prejudicando diretamente o meio ambiente da cidade.

 

Para o vereador Rodrigo Coutinho (Solidariedade), atitudes como essa reforçam o que deveria acontecer desde o princípio: o Rio Capibaribe ser uma prioridade para a cidade. “Nosso Capibaribe pode oferecer muito ao Recife em termos de mobilidade urbana e educação ambiental. Pensando em reduzir o impacto do plástico para o meio ambiente, propus a  Lei Ordinária nº 130/2018, que tramita na Câmara. Ela pretende impedir a comercialização de canudos desse material. Levamos em consideração o impacto às espécies marinhas, que têm sofrido muito com o lixo. O caminho é repensar nossos hábitos, reciclar o que pudermos e repensar nosso consumo”, explica, complementando que vê nessas diretrizes um caminho possível para melhorar a qualidade ambiental do município.


Obra de Esgotamento Sanitário  em Jaboatão dos Guararapes alcança 60% de execução

Obra de Esgotamento Sanitário em Jaboatão dos Guararapes alcança 60% de execução

As obras de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) em Jaboatão dos Guararapes já finalizaram a implantação de quase 60% das redes previstas para a primeira etapa do empreendimento. Nessa fase, 73 mil pessoas serão beneficiadas com mais qualidade de vida nos bairros de Candeias, Piedade e Barra de Jangada. A iniciativa, com investimento de R$ 85 milhões, faz parte do Programa Cidade Saneada, a alternativa encontrada pelo Governo do Estado para ampliar a cobertura de esgotamento sanitário nas 15 cidades da Região Metropolitana do Recife. Com o término dessa  etapa, em fevereiro do próximo ano, a previsão é ampliar de 7% para 20% a cobertura dos serviços de esgotamento sanitário do município de Jaboatão dos Guararapes.

 

Ainda neste mês, deve ser iniciada a construção de cinco estações elevatórias de esgoto, além de uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) com capacidade para tratar cerca de 112 litros de esgoto, por segundo – volume equivalente a cinco piscinas olímpicas, por dia – o suficiente para atender essa população nos três bairros de Jaboatão. Esta nova unidade de tratamento será implantada no bairro de Candeias, na Rua Corumbá.

 

A obra conta hoje com 19 frentes de serviços simultâneas envolvendo 250 trabalhadores. Os serviços para assentamento de rede estão concentrados, principalmente, nas Avenidas Bernardo Vieira de Melo, Presidente Castelo Branco e Ulysses Montarroyos. A Compesa informa que os desvios de trânsito estão sendo executados conforme o avanço das obras e com aval da autarquia de trânsito da Prefeitura Municipal de Jaboatão dos Guararapes. As intervenções para implantação da primeira etapa do SES em Jaboatão dos Guararapes iniciaram em maio de 2017.


Recife Na Luta Contra o Câncer de Mama #ExamesDeMama


Compesa realiza paralisação  do Sistema Tapacurá por 48 horas, a partir de segunda-feira (29)

Compesa realiza paralisação do Sistema Tapacurá por 48 horas, a partir de segunda-feira (29)

Uma paralisação no Sistema Tapacurá  foi programada para  a próxima segunda-feira ( 29), a partir das 07h, por 48 horas, para realização de serviços de manutenção eletromecânica em suas  unidades operacionais. Os trabalhos visam garantir  maior confiabilidade operacional do Sistema Tapacurá, responsável pelo abastecimento de 35% da Região Metropolitana do Recife. Em função da paralisação,  haverá falta de água em bairros do Recife, Jaboatão dos Guararapes e em toda cidade de Camaragibe. A previsão  é retomar a operação do Sistema Tapacurá  na quarta-feira (1), a partir das 07h. A regularização do abastecimento  ocorrerá de acordo com o calendário  de cada localidade ( áreas com rodízio). 

 


Lula fala sobre conjuntura política do Brasil em vídeo divulgado pela Folha

Ex-presidente Lula concedeu entrevista exclusiva à Mônica Bergamo da Folha de S. Paulo e Florestan Fernandes Júnior do El País nesta sexta-feira (26) 

https://youtu.be/PQ7fpXuTSBM


Programa Cidade Saneada leva curso  para formação de encanadores  para moradores de São Lourenço da Mata

Programa Cidade Saneada leva curso para formação de encanadores para moradores de São Lourenço da Mata

Aumentar as oportunidades no mercado de trabalho para moradores de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife, é a proposta do curso para formação de encanadores que inicia hoje (22), e  prossegue até o dia 20 de maio, iniciativa que vai beneficiar 40 pessoas com qualificação profissional. Uma iniciativa do Cidade Saneada, programa desenvolvido pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e que está possibilitando implantar sistema de esgotamento sanitário na cidade, o curso é realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

 

Dividido em duas turmas – nos períodos da tarde e noturno - o programa de qualificação de encanadores é gratuito e será ministrado numa unidade móvel do Senai, que ficará instalada na Praça do Canhão, no Centro de São Lourenço da Mata. O curso acontece de segunda à sexta-feira, terá  quatro horas diárias e duração total de 80 horas e vai oferecer uma formação teórica e prática de alto nível, com a chance de grande empregabilidade para todos os que concluírem o programa. Outra possibilidade para os participantes, que receberão um certificado oficial, é seguir o caminho do empreendedorismo, e abrir o próprio negócio.

 

No curso, os participantes aprenderão sobre temas como ferramentas da qualidade, desenvolvimento sustentável, tubulações subterrâneas e aéreas, dispositivos e instalações de sistemas hidráulicos, sanitários, águas pluviais, além de outros conteúdos como o combate a incêndio e manutenções em geral. As inscrições foram realizadas com o apoio da Secretaria do Trabalho e Qualificação Profissional do município de São Lourenço da Mata, que também cedeu o espaço para a instalação da unidade móvel do Senai na Praça do Canhão. 


124 toneladas de lixo foram descartadas na rede coletora de esgoto da Região Metropolitana

124 toneladas de lixo foram descartadas na rede coletora de esgoto da Região Metropolitana

Um dos maiores desafios para a operação dos sistemas de esgotamento sanitário na Região Metropolitana do Recife é o descarte materiais inapropriados na rede coletora. Ano passado, o volume de lixo transportado pelas tubulações de esgoto até as estações elevatórias (bombeamento) e de tratamento da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), alcançou a triste marca de 124 toneladas. Essa quantidade foi 17% maior do que o volume de lixo retirado dos sistemas no ano de 2017, quando foram coletadas 106 toneladas de resíduos sólidos nos gradeamentos das unidades.

Esses números são preocupantes, tendo em vista que as tubulações da rede de esgoto são projetadas para receber 99% de dejetos líquidos e apenas 1% de sólidos – provenientes da água utilizada no banho, lavagens de louça e roupa. Dentro de um imóvel, estão conectados à rede de esgoto apenas o vaso sanitário, as pias e lavatórios da cozinha e banheiro, além dos ralos, como o do chuveiro. As redes coletoras deveriam receber a água resultante apenas das atividades realizadas nesses locais. No entanto, a população faz o descarte inadequado de lixo diretamente no sistema de esgotamento sanitário.

 Todos os dias, os operadores coletam nos gradeamentos lixo como preservativos, absorventes, fraldas, embalagens, pedaços de brinquedo, sacolas plásticas. “O lixo levado pelas tubulações fica retido nos gradeamentos, que impede que os resíduos entrem nas unidades operacionais. Depois, o lixo é recolhido e destinado para o aterro sanitário”, explica Noélia Lopes, gerente de Monitoramento de Operação da Compesa. “No entanto, antes mesmo da chegada do lixo às estações, ao longo do percurso, todo esse material pode obstruir a rede de esgoto e até mesmo rompê-la provocando os desagradáveis extravasamentos de esgoto nas ruas”, esclarece a gerente, informando que, se não houvesse esse despejo irregular, as ações seriam concentradas para a manutenção preventiva e limpeza dos coletores, para evitar a ocorrência de obstruções na rede.

A Compesa lembra, que por meio de mudanças de hábitos bem simples,  como não jogar lixo no vaso sanitário, ralos de banheiro e pias, a população também pode ajudar a evitar entupimentos na rede coletora. Para se ter uma ideia, os grandes causadores dos entupimentos das tubulações, tantos nos imóveis como nas ruas, são as sobras de óleo e fios de cabelo. O acúmulo desses dejetos cria uma espécie de barreira sólida, que impede o fluxo natural do esgoto. Para buscar sensibilizar a população, a companhia também promove campanhas educativas sobre os prejuízos do descarte inadequado de lixo na rede coletora de esgoto, principalmente, nas localidades que apresentam o maior número de ocorrências de extravasamento de esgoto.