Teste de publicidades

“Posso assegurar que a nossa candidata é Marília Arraes”, diz Luciano Duque

“Posso assegurar que a nossa candidata é Marília Arraes”, diz Luciano Duque

Por Blog 

Em entrevista concedida esta manhã ao blog e à Rádio Serra FM, o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, comentou a informação publicada hoje na imprensa local de que seu nome estaria à disposição do PT para disputar o governo do estado de Pernambuco, caso tivesse o apoio do ex-presidente Lula.

Segundo o gestor petista, no entanto, a candidata do partido, que optou nesse domingo (30) por manter candidatura própria, é Marília Arraes. “São gestos de pessoas que lembram o meu nome assim como lembram o nome de companheiros como João Paulo e Marília, mas eu posso assegurar que a nossa candidata é Marília Arraes”, disse.

Sobre a possível vinda de Lula a Serra Talhada, Duque disse está confiante e que o ex-presidente será muito bem recebido pelo povo serra-talhadense. “Estive em Brasília há convite do ex-presidente Lula para a posse de nossa presidente, a Gleisi Hoffmann, e fui perguntado por ele se eu não iria convidá-lo para vir a Serra Talhada, e já que ele fez essa proposta, eu disse já tá convidado, venha, que o povo de Serra Talhada vai lhe receber de braços abertos”, contou o prefeito.

Ordem de serviço 

Esta manhã o prefeito Luciano Duque assinou, no Pátio da Feira Livre, a ordem de serviço para a construção da estrada de acesso ao Assentamento Tiburuna, beneficiando moradores da localidade e das comunidades vizinhas. A estrada tem 26 km de percurso e deve ficar pronta até o final do ano.


Diretório do PT-Pernambuco decide por candidatura própria ao Governo do Estado

Diretório do PT-Pernambuco decide por candidatura própria ao Governo do Estado

Por  Blog do 

 

O Diretório Estadual do PT aprovou agora a tarde a candidatura própria ao Governo do Estado. A decisão já era uma tendência aferida a partir de depoimentos de membros do partido, mas ainda havia possibilidade de um debate sobre alianças no primeiro turno.

Uma das possibilidades ventiladas era de apoio a Armando Monteiro, mas ela perdeu força segundo os próprios petistas com o apoio do Senador à Reforma Trabalhista.

Com a decisão, a legenda agora tem a missão de escolher o nome que encabeçará o projeto. Os nomes mais cotados são da vereadora do Recife, Marília Arraes e do ex-prefeito de Recife, João Paulo

Pesou também para a decisão a necessidade da legenda de ter um palanque para a disputa presidencial no Estado. Apesar da condenação por Sérgio Moro e ainda enfrentar outras ações, a aposta da legenda é da candidatura de Lula ao Palácio do Planalto.

O ex-presidente Lula inclusive virá a Pernambuco nos dias 24 e 25 de agosto, como parte de uma jornada que o petista realizará pelo Nordeste.


Chuvas regularizam barragens que atendem Gravatá e rodizio na cidade é reduzido

Chuvas regularizam barragens que atendem Gravatá e rodizio na cidade é reduzido

As chuvas continuam a beneficiar mais cidades  com melhorias no abastecimento de água no Agreste, região bastante sacrificada pela estiagem prolongada. Em  Gravatá, distante 80 quilômetros do Recife, a  Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa conseguiu reduzir o rodízio em virtude da recuperação dos níveis dos três mananciais que atendem o sistema da cidade, e que estão vertendo: as barragens de Vertente Doce, Brejinho e Cliper. O novo calendário de  Gravatá já foi divulgado e segue  hoje  um rodizio de dois dias com água e  oito dias sem. Durante o período de seca, a população recebia água a cada 15 dias. 

Com a falta da Barragem de Jucazinho, em colapso desde setembro do ano passado - e que era responsável por 30% da água distribuída em Gravatá -, hoje, a maior contribuição para o sistema é feita pela Barragem de Vertente Doce, localizada no município de Chã Grande, e que está operando com uma vazão de 210 litros de água, por segundo. As barragens de Brejinho e Cliper, situadas em Gravatá, fornecem a vazão de 30 l/s, cada uma. “As chuvas registradas em maio e junho  permitiram a recuperação das barragens de Vertente Doce e Brejinho. A pluviometria deste mês foi fundamental para que a Barragem de Cliper também tivesse uma excelente recuperação”, explica o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Ricardo Malta. 

 

Duas obras hídricas estruturadoras foram pensadas pelo  governador Paulo Câmara  para ampliar a oferta de água para Gravatá:  a Adutora do Agreste e a Adutora de Serro Azul. A obra da Adutora do Agreste  está em execução e atenderá, além de Gravatá, mais 67 cidades do Agreste, por meio das águas da Transposição do Rio São Francisco. Já a Adutora de Serro Azul, que tem uma audiência pública agendada  para o próximo dia 04, em Bezerros, transportará água da Barragem de Serro Azul, em Palmares, na Mata Sul, para  dez cidades do Agreste. Em Gravatá, a Compesa atende 80 mil moradores  e  mais uma população flutuante de 30 mil pessoas atraída pelo turismo e eventos realizados na cidade.


Petista diz que caminho da legenda não deve ter aliança com PSB ou PTB

Petista diz que caminho da legenda não deve ter aliança com PSB ou PTB

por Blog do  

O petista Emídio Vasconcelos disse em entrevista ao programa Comando Geral, da Rádio Pajeú, com o comunicador Aldo Vidal, que não há caminho para o PT em 2018 alinhado ao PSB ou mesmo ao PTB. Emídio disse ser essa sua posição. O partido ainda discutirá o tema.

Quanto aos socialistas, o impeachment para ele afastou as legendas. “O PSB é có-responsável pela queda de Dilma. O PSB de Miguel Arraes foi aliado das bandeiras de luta históricas e essas bandeiras não contemplavam apoio a um golpe, que passou por 29 Deputados. O PSB tem 35 deputados”.

Ele disse que esperara essa posição de partidos como DEM, PSDB, mas não do PSB. “Me surpreende nomes como Gonzaga Patriota e Fernando Bezerra virem aqui à Rádio Pajeú e dizerem que o Brasil iria melhorar. Não vejo como buscar aliança com o PSB”.

Quanto a Armando e o PTB, Emídio disse que houve alianças mas apesar de Armando ter sido contra o impeachment apoiou a reforma trabalhista. “Esperávamos um voto contra reforma trabalhista como estava proposta. Não faz sentido buscar aliança com PTB”. Para Vasconcelos, entusiasta da candidatura de Marília Arraes, o PT tem condições de apresentar quadros que possam ter um projeto para o estado”.

No campo local, Emídio reafirmou a oposição à gestão José Patriota, desde 2012. “Na democracia, a responsabilidade e o compromisso com a administração é tão importante como o papel da oposição. Tivemos 2.700 votos e isso sinaliza que temos que ter responsabilidade com esse debate”.

E concluiu: “Isso não significa oposição por ser oposição. Tem que ser propositivo, denunciar mas propor o que pode ser melhor. O que nós discutimos vem se materializando, do que discordamos não vem acontecendo avanços. Não há razão para não ter outra posição”.


Caravana Lula Pelo Nordeste

Caravana Lula Pelo Nordeste

A caravana terá 21 dias pelo Nordeste, começando pela BA e terminando no MA. A  caravana vai passar por Pernambuco nos dias 24 e 25.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, anunciou nesta sexta-feira (28), que a partir do dia 17 de agosto vai dar início a uma caravana de 21 dias pelo Nordeste, começando pela Bahia e terminando no Maranhão. O anúncio foi feito durante entrevista concedida à Rádio Som Maior de Santa Catarina.

“Estou começando uma caravana e vou passar por dez estados. Depois quero ir ao Sul, Sudeste e ao Norte para ver como eles estão estragando esse país que nós conseguimos fazer crescer, ter autoestima e que está em decadência. Todo dia que deito, penso na situação que está o país e em como o deixamos. Quero viajar o Brasil todo de ônibus e de ônibus, de carro, de trem, de barco para que a gente possa ter acesso ao povo”, declarou o ex-presidente.

Ele lembrou que uma das maiores experiências da sua vida pública foram as caravanas realizadas entre 1992 e 1993. Para o ex-presidente, essas foram “as maiores aulas de sua vida sobre o Brasil”. Ele afirmou que a caravana acontece independentemente de candidatura. “O PT tem que decidir se eu sou candidato. Se eu não for, serei um bom cabo eleitoral. Nada vai me fazer esmorecer. Ninguém me fará baixar a cabeça nesse país”.

Eleições 2018

Lula criticou, mais uma vez, a forma como a imprensa e setores da sociedade e do Judiciário têm usado a Lava Jato como instrumento para tentar inviabilizar sua candidatura à Presidência da República. “Se eles não querem que eu seja candidato, essa não é a melhor forma. Eles precisam arrumar candidatos bons de outros partidos para ganhar de mim as eleições. Essa seria a coisa mais honesta e bonita para o Brasil. Quem não morreu de fome aos cinco anos não tem que ter medo de mais nada”, declarou.

Lula defendeu que o PT busque, em âmbito nacional, alianças com partidos progressistas e de esquerda e que se posicionaram contrários às reformas trabalhista, previdenciária e aos retrocessos do governo golpista. “As alianças têm que ser com partidos que tenham compromisso em melhorar a vida do povo brasileiro”.

Questionado sobre a situação do presidente golpista Michel Temer – primeiro presidente denunciado da história do país e o mais rejeitado segundo Ibope de quinta-feira (27) – Lula defendeu que, se ele tiver preocupação com os brasileiros, deveria convocar eleições diretas.

“Temer é resultado de um golpe. Ele deveria mandar pessoalmente uma medida provisória convocando eleições diretas para que o povo pudesse escolher livremente quem vai governar o Brasil”.

Bloqueio de bens

Lula ainda falou sobre mais um capítulo da perseguição feita pelo juiz Sérgio Moro a ele: o bloqueio de sua previdência privada. Em uma decisão considerada arbitrária por juristas de todo país, Moro bloqueou os bens do ex-presidente e também sua aposentadoria privada do Banco do Brasil a partir de um processo do MPF que corria em segredo de justiça ao qual a defesa de Lula nunca teve acesso.

“Tenho 76 palestras feitas no exterior. Então o dinheiro entrou pelo Banco Central e foi depositado no Banco do Brasil. Não tenho conta na Suíça e essa é a certeza de minha honestidade. Depositei na previdência para garantir a sobrevida de minha família. Na época, Bill Clinton e eu éramos os dois mais importantes conferencistas do início do século XXI. Lamento não fazer mais palestras por conta dessas perseguições. Mas não tenho que explicar nada. Moro que precisa explicar porque bloqueou minha previdência”.

Juristas vão realizar no dia 11 de agosto um júri popular da Lava Jato para discutir essa e outras arbitrariedades.

Assista a entrevista na íntegra:

 

 

Por Ana Flávia Gussen da Agência PT de Notícias


Presidente da Compesa, Roberto Tavares, fala sobre projeto da Adutora de Serro Azul

Presidente da Compesa, Roberto Tavares, fala sobre projeto da Adutora de Serro Azul

Uma audiência pública será realizada  pela Companhia Pernambucana de Saneamento - Compesa  para apresentar e debater  o projeto da Adutora de Serro Azul, empreendimento que levará água da Barragem de Serro Azul, em Palmares, na Mata sul, para dez cidades do Agreste. O evento acontecerá no dia 04/08, às 10h, na Escola Técnica Maria José Vasconcelos, Loteamento Santo Amaro II, no município de Bezerros. A realização de audiência pública é uma exigência legal para investimentos superiores a R$ 150 milhões. A estimativa da Compesa é que a obra custe R$ 200 milhões, recursos do Governo do Estado Compesa, com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento-BID. 

 

A adutora de Serro Azul  irá beneficiar 800 mil pessoas em Bezerros, Gravatá, Caruaru, São Caetano, Belo Jardim, Sanharó, Tacaimbó, São Bento do Una, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe. Além dos 68 quilômetros da adutora, o projeto prevê quatro estações de bombeamento e um reservatório com capacidade para armazenar 4,5 mil metros cúbicos de água. A Barragem de Serro Azul foi concebida para conter as águas do Rio Una e assim evitar enchentes em municípios da Mata Sul. Em virtude da  seca  extrema registrada em Pernambuco nos últimos anos, o governador Paulo Câmara decidiu usar a água desse manancial  também para abastecimento humano. A  expectativa da Compesa é entregar a obra até março de 2019.


Lula vem a Pernambuco nos dias 24 e 25 de agosto

Lula vem a Pernambuco nos dias 24 e 25 de agosto

JC Online
 

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Bruno Ribeiro, o ex-prefeito do Recife, João Paulo (PT), e o vice-líder da oposição na Câmara dos Deputados, Sílvio Costa (PTdoB) reuniram-se nesta quinta-feira (27) para discutir a agenda do ex-presidente Lula em Pernambuco. O ex-presidente virá ao Estado nos dias 24 e 25 de agosto. .

"A agenda não está fechada. A gente está em discussão. Está ouvindo sugestões. Conversei com o presidente do PCdoB ontem. Hoje com Silvio Costa. Amanhã vou me reunir com o pessoal da Frente Brasil, que reúne os movimentos sociais. A gente está colhendo sugestões. Vamos ver a que outros locais além do Recife o presidente Lula pode ir", explicou Bruno Ribeiro.


Publicitário preso é elo de caixa 2 para o ministro das Cidades Bruno Araujo(PSDB) e o senador Fernando Bezerra Coelho(PSB), diz delator da JBS

Publicitário preso é elo de caixa 2 para o ministro das Cidades Bruno Araujo(PSDB) e o senador Fernando Bezerra Coelho(PSB), diz delator da JBS


 Intervenção de grande porte na rede de distribuição de água suspende abastecimento para bairros do Recife

Intervenção de grande porte na rede de distribuição de água suspende abastecimento para bairros do Recife

 A interrupção do fornecimento de água vai durar 24 horas, a partir das 17h de amanhã.

 

Nesta quarta-feira (26), a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa)  realizará  uma intervenção na Rua 5 de Novembro, no bairro de Afogados, para interligar tubulações de grande porte e instalar dispositivos de controle do sistema de distribuição de água para melhorar ainda mais, no futuro, o abastecimento de sete  bairros do Recife, dentre eles, São José, Santo Antônio e Afogados, os mais antigos da cidade. Para executar os trabalhos, a companhia precisará reduzir a produção do Sistema Pirapama  e com isso haverá  falta de água por 24 horas em 32 localidades do Recife, todas situadas em áreas planas da cidade. A interrupção do abastecimento ocorrerá a partir das 17h de amanhã (26) e prosseguirá até às 17h do dia seguinte, quinta-feira (27).

 

As localidades que terão fornecimento de água interrompido no período de 24 horas são: Afogados, Rosarinho, San Martin, Madalena, Graças, Engenho do Meio, Mangueira, Coelhos, Soledade, Bairro do Recife, Cabanga, Espinheiro, Mustardinha, Cordeiro, Prado, Torrões, Bongi, Ilha do Retiro, Derby, Santo Amaro, Santo Antônio, Ilha Joana Bezerra, Aflitos, Jiquiá, Torre, Zumbi, Roda de Fogo, Paissandú, Ilha do Leite, Boa Vista, São José e Coque. A companhia mobilizou uma equipe de 20 profissionais para executar o serviço na Rua 5 de Novembro que precisará ser interditada, no entanto, o trânsito local não será afetado, tendo em vista que trata-se de uma via de pouco tráfego.

 

As ações planejadas para amanhã  integram o projeto de setorização do Recife, que prevê uma série de ações para garantir a melhoria do abastecimento de água na cidade. As redes de distribuição dos bairros estão sendo isoladas em distritos (ilhas de distribuição) para que a Compesa consiga ter um maior controle de toda água produzida e distribuída à população. Também estão sendo instalados equipamentos como válvulas e registros com o mesmo objetivo, além da substituição de tubulações antigas. "Essas ações tornarão o sistema mais estável, pois teremos um maior controle  em cada um dos distritos isolados, reduzindo a quantidade de vazamentos e perdas. Isso significa que teremos menos paradas do sistema e uma garantia maior de continuidade no abastecimento de água. Quando houver algum estouramento, teremos condições de realizar os reparos sem afetar uma grande parcela da população", explica o gerente de Controle Operacional da Compesa, Daniel Genuíno Bezerra.

 


SERVIDORES DO RECIFE REAFIRMAM GREVE PARA A PRÓXIMA QUINTA-FEIRA  DIA 27 DE JULHO

SERVIDORES DO RECIFE REAFIRMAM GREVE PARA A PRÓXIMA QUINTA-FEIRA DIA 27 DE JULHO

Geraldo Julio, golpeia servidor/a com 0% - ZERO POR CENTO - de reajuste salarial. Categoria decretou greve a partir da quinta (27/07).


 Chuva permite melhorias no abastecimento de água  da cidade do Brejo da Madre de Deus

Chuva permite melhorias no abastecimento de água da cidade do Brejo da Madre de Deus

  

O intervalo sem abastecimento, a partir de agosto, cai de 28 dias sem água para quatro dias

 

 

A cidade de Brejo da Madre de Deus, na região Agreste, terá  o calendário de distribuição de água reduzido em 24 dias, a partir do dia primeiro de agosto. A melhoria no fornecimento de água se deve à excelente recuperação da Barragem Santana II, localizada na zona rural do município, que foi beneficiada com as chuvas registradas na região, nos últimos dias. O reservatório conseguiu acumular 575 mil metros cúbicos de água e está sangrando - fato que não ocorria desde julho de 2013. A população, que passava um intervalo de até 28 dias sem o abastecimento, será  atendida por meio de um rodízio de quatro dias com água e quatro dias sem.

 

Com esse volume acumulado, a Companhia Pernambucana de Saneamento -Compesa teve condições de diminuir o rodízio na cidade, que foi dividida em dois  setores de abastecimento, e assegura a distribuição de água até o próximo inverno. Brejo da Madre de Deus foi uma das cidades castigadas pela estiagem prolongada que assolou o Agreste por sete anos consecutivos. A Barragem Santana II chegou a entrar em colapso, em outubro do ano passado, quando o município passou a ser atendido apenas por carros-pipa. Essa situação perdurou até março, mês em que começou a chover na área de influência do reservatório, chegando a acumular 23% da sua capacidade.

 

“Naquela época, com o volume de 23%, tivemos condições de voltar a operar o sistema e  atender à população pela rede de distribuição”, relembra o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Bruno Adelino. Em junho deste ano, a barragem ficou em situação de pré-colapso, chegando a apenas 6% da sua capacidade.  “Após esse período, as chuvas passaram a ser regulares e aos poucos o manancial foi aumentando o seu nível de armazenamento e hoje está cheio”, comemora Adelino.


Em Congresso da CUT-Pernambuco, Marília Arraes é lançada à Governadora em 2018 por Repentistas

Em Congresso da CUT-Pernambuco, Marília Arraes é lançada à Governadora em 2018 por Repentistas

Repentistas fazem lançamento da Vereadora do Recife Marília Arraes, governadora