Teste de publicidades

 Compesa celebra Dia Mundial do Meio Ambiente durante todo mês de junho

Compesa celebra Dia Mundial do Meio Ambiente durante todo mês de junho

Hoje (5), faz exatamente 45 anos que foi instituído o Dia Mundial do Meio Ambiente pela Organização das Nações Unidas (ONU). A data foi criada para mobilizar as pessoas a se envolverem com as questões ambientais e fazer uma alerta à necessidade de se preservar os recursos naturais. A Compesa também compartilha dessa preocupação e programou uma série de ações para celebrar a data e promover educação socioambiental, durante todo o mês de junho, em escolas públicas, comunidades, faculdades, shoppings, parques e viveiros mantidos pela companhia.

 

A companhia integrou as ações comemorativas que aconteceram na Praça de Alimentação do Aeroporto Internacional do Recife/ Guararapes, organizada pelas Infraero. Durante todo o dia, a companhia realizou atividades socioeducativas, apresentou maquetes virtuais sobre o consumo consciente da água e a Exposição do Programa Florestar, com mudas de espécies da Caatinga e da Mata Atlântica. Na região Agreste, a Compesa celebrou a data no Parque da Cidade, em Gravatá. Alunos de 14 escolas públicas e privadas participaram de ações socioeducativas como jogos interativos e plantio simbólico de mudas.

 

Para o diretor de Articulação e Meio Ambiente da Compesa, Aldo Santos, investir em educação socioambiental e em ações de preservação do meio ambiente é fundamental para a Compesa, uma vez que a empresa atua numa área totalmente interligada com a preservação dos recursos naturais. Temos o compromisso de atuar de maneira social e ambientalmente responsável, contribuindo com a formação de uma sociedade mais sustentável para todos. Por isso, preparamos uma programação extensa de atividades para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente com ações em todo o estado, explica o diretor.

 

Amanhã (6), as comemorações continuam com a premiação do Concurso Cultural Água: Vamos juntos preservar Ano 3. O evento acontecerá às 14h30, no Teatro Eva Herz, que fica na Livraria Cultura do Shopping Riomar Recife. Nesta edição, mais de 180 trabalhos foram inscritos pelos estudantes da rede pública de ensino, com reflexões sobre o uso sustentável e racional da água potável e sua distribuição nas cidades de Pernambuco. Os alunos serão premiados em três categorias: desenho (Ensino Fundamental, de 6 a 10 anos); vídeos (Ensino Fundamental, de 10 a 13 anos); e projetos (Ensino Médio).

 

Os três primeiros lugares de cada categoria receberão prêmios, além dos professores orientadores. Os trabalhos vencedores ficarão expostos no RioMar até o dia 11 de junho, no Piso L4. O concurso cultural é promovido pela Compesa e Secretaria de Educação do Governo do Estado, com apoio do Shopping Riomar, ASA e Tec-Hidro.

 

Interior - De amanhã (6) até quinta-feira (8), acontece o Primeiro Simpósio de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Arcoverde. A programação será promovida pela Compesa e Faculdade AESA, em parceria com a Prefeitura de Arcoverde, e inclui uma visita à obra da Adutora do Moxotó, no Rio da Barra. Por meio de jogos educativos e maquetes virtuais, uma equipe da Compesa vai abordar o consumo consciente da água de forma lúdica durante evento no SESC Caruaru, nesta quarta-feira (7), no horário das 7h30 às 11h, no SESC. Na quinta (8), integrantes da Associação 15 de Novembro, em Gravatá, participarão de uma oficina e de uma caminhada ecológica organizadas pela Compesa em parceria com a Prefeitura de Gravatá.


RECIFE PELAS DIRETAS JÁ

RECIFE PELAS DIRETAS JÁ

RECIFE PELAS DIRETAS JÁ
Dia 11 de Junho (Domingo), 14h. Cais da Alfandega- Recife Antigo. #RecifePelasDiretasJA


Rochinha: Encontro do PT com militantes reforça nossa luta

Rochinha: Encontro do PT com militantes reforça nossa luta

Para Rochinha, coordenador da comissão de ética do PT, qualquer encontro do partido com seus militantes reforça nossas propostas de luta

 


Gleisi é eleita a primeira mulher presidenta nacional do PT

Gleisi é eleita a primeira mulher presidenta nacional do PT

Com 69% dos votos, a líder do PT no Senado, Gleisi Hoffmann, foi eleita a nova presidenta do Partido dos Trabalhadores

 

6º Congresso Nacional do PT entrou para a história do Partido dos Trabalhadores ao eleger a primeira mulher presidenta nacional do PT, neste sábado (3).

A líder do PT no SenadoGleisi Hoffmann (PT-PR) foi eleita para a presidência do partido com 69% dos votos dos delegados presentes à plenária final do “6º Congresso Nacional do PT – Marisa Letícia Lula da Silva”. O senador Lindbergh Farias foi votado por 31% dos delegados.

Gleisi presidirá o partido pelos próximos dois anos, junto com a nova executiva do PT. “Mostramos para o Brasil que o PT tem diversidade, que nós temos garra para enfrentar tudo que está aí e propor uma coisa para o Brasil”.

Conheça a trajetória da nova presidenta nacional do PT

Filiada ao PT desde 1989, Gleisi Hoffmann iniciou sua trajetória militante no movimento estudantil. Foi dirigente da União Metropolitana dos Estudantes Secundaristas em Curitiba e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES).

Gleisi é formada em Direito e tem especialização em Gestão de Organizações Públicas e Administração Financeira. Foi secretária de Estado no Mato Grosso do Sul e secretária de Gestão Pública no município de Londrina (PR).

Também integrou, em 2002, a equipe de transição de governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao lado da então ministra Dilma Rousseff.

No primeiro governo Lula, Gleisi assumiu a Diretoria Financeira da Itaipu Binacional, onde implementou medidas de caráter estruturante na empresa, como o conceito de gestão integrada de todos os sistemas financeiros de Itaipu, a adoção do pregão eletrônico para aquisições, valorizando a economicidade das tarifas.

Durante esse período, Gleisi contribuiu para o desenvolvimento de vários projetos de cunho social, como a Casa Abrigo de Foz do Iguaçu que acolhem mulheres vítimas de violência doméstica e seus dependentes, o programa Saúde na Fronteira e o setor de Responsabilidade Social da empresa.

Entre 2008 e 2009, presidiu o diretório estadual do PT no Paraná e em 2010 foi eleita senadora pelo estado, alcançando a marca de ser a primeira mulher eleita para o Senado no Paraná.

Como senadora, Gleisi sempre colocou os direitos das mulheres entre suas prioridades legislativas.

Das matérias apresentadas por ela, estão a proposta que viabiliza a aposentadoria das donas de casa, a reserva de 50% das vagas nos parlamentos para as mulheres e a que assegura a abertura de processo contra agressores de mulheres, sem necessidade que a vítima preste queixa.

Porém, o projeto mais comentado de Gleisi, aprovado em 2013, é o que extinguiu o pagamento de 14º e 15º salários aos senadores e deputados federais.

Ao longo de 2016, Gleisi presidiu a importante Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. E em fevereiro de 2017 foi eleita por unanimidade pela Bancada do PT para a função de líder dos senadores da legenda na Casa.

Da Redação da Agência PT de Notícias


Caruaru: PL do vereador petista Daniel Finizola (PT), que garante em períodos noturnos, parada de ônibus para as mulheres fora dos pontos regulares

Caruaru: PL do vereador petista Daniel Finizola (PT), que garante em períodos noturnos, parada de ônibus para as mulheres fora dos pontos regulares

Por Cátia Oliveira/ Pt Pernambuco

 

O PL apresentado pelo vereador Daniel Finizola e aprovado em sessão extraordinária, por unanimidade, na manhã desta sexta-feira, 02, atende à reivindicações das mulheres caruaruenses.

 

O vereador caruaruense, Daniel Finizola (PT), apresentou durante audiência pública, realizada no dia 07 de março, Projeto de Lei que assegura à mulher, o direito de embarque e desembarque, nos veículos de transporte público municipal (ônibus), fora das paradas obrigatórias, a partir das 20h. Na ocasião, a audiência tratou  sobre as vários formas de violências contra as mulheres.  Em sessão extraordinária, realizada na Câmara Municipal, na manhã desta sexta-feira,02, o PL foi aprovado por unanimidade.

Esta é a primeira lei aprovada pelo mandato do vereador petista e, segundo a liderança, o pleito está entre os compromisso com as mulheres de Caruaru. “Os movimentos sociais reivindicam essa necessidade já há algum tempo. Este é um encaminhamento tanto de Conferências da Mulher, quanto da Conferência das Cidades. O que estamos fazendo é que as pessoas sejam ouvidas através do nosso mandato. Esse é o nosso papel”, disse Finizola.

O Projeto agora segue para o Poder Executivo. A prefeita tem até 15 dias (úteis) para sancioná-lo.


 Barragens de Garanhuns recuperam nível e as cidades de Águas Belas e Terezinha saem do colapso

Barragens de Garanhuns recuperam nível e as cidades de Águas Belas e Terezinha saem do colapso

Os três mananciais que atendem as cidades de Garanhuns, Angelim e São João, no Agreste Meridional, tiveram boa recuperação dos níveis de acumulação com as chuvas que caíram na região, na última semana. A maior beneficiada foi a Barragem de Inhumas, que estava em colapso. Com capacidade de armazenar 6,9 milhões de metros cúbicos de água, a barragem aumentou 62% do seu volume e registra 67% de reservação de água. A Barragem do Cajueiro - o maior reservatório do sistema - tem condições de armazenar até 14,5 milhões de metros cúbicos de água - passou de 43% para 55% de sua capacidade total, enquanto que Mundaú recebeu um incremento de 38,23% no seu nível e apresenta agora 88,4% de acumulação.

 

Embora os níveis dos mananciais tenham melhorado, o calendário de abastecimento de água em Garanhuns permanece. "Precisamos ser cautelosos, porque ainda iremos enfrentar o período de estiagem, e as previsões de chuvas para 2017 é que serão abaixo da média histórica. Se, até o final de junho, as barragens alcançarem 100% de acumulação, podemos pensar em retirar a cidade do rodízio no mês de julho", explica Igor Galindo, gerente de Unidade de Negócios da Compesa. De toda forma, segundo o gerente, a população de Garanhuns já deve sentir uma mudança no abastecimento, pois a melhora dos níveis das barragens possibilita aumentar em 25% a vazão para a distribuição de água. Isso significa que nos três dias de abastecimento previstos no calendário para cada área, o cliente receberá um volume maior de água no período.

 

Outra boa notícia é que o Sistema de Abastecimento de Garanhuns já está operando com as três barragens novamente. No último sábado (27), o sistema foi paralisado em função das fortes chuvas que danificaram equipamentos das unidades operacionais do Cajueiro e Inhumas. Cajueiro e Mundaú - que atua de forma integrada aos demais - já voltaram a funcionar com 100% da capacidade, enquanto que Inhumas está operando com apenas um conjunto de motorbomba. A Compesa ainda trabalha para recuperar um motor e duas bombas para que o funcionamento desta unidade seja normalizado. Além de Garanhuns, o sistema atende Angelim, São João e o distrito de São Pedro.

 

Águas Belas e Terezinha voltar a ter água nas torneiras

 

As chuvas também retiraram do colapso mais duas cidades localizadas na região do Agreste Meridional. A população de Águas Belas, com cerca de 28 mil habitantes, voltou a ser abastecida pela rede. O sistema de distribuição de água que atende a cidade está operando com 50% da capacidade desde que a Barragem de Comunaty passou a verter, e a Barragem de Lamarão regularizou o seu nível. A  Compesa também vai retomar, na próxima semana, a distribuição de água para os 4 mil moradores de Terezinha, localizada na região do Agreste Meridional. A Barragem Massaranduba, responsável em fornecer água para a cidade, registra agora 30% de sua capacidade de acumulação, que é de 383 mil metros cúbicos de água.


Pernambuco com Gleisi Hoffmann Presidenta do PT #6CongressoPT

Pernambuco com Gleisi Hoffmann Presidenta do PT #6CongressoPT

Pernambuco com Gleisi Hoffmann Presidenta do PT #6CongressoPT 


Barragem de Pirapama chega a 90 % da sua capacidade

Barragem de Pirapama chega a 90 % da sua capacidade

As chuvas registradas de ontem (31/05) para hoje (01/06) na Região Metropolitana do Recife foram mais intensas na área de influência da Barragem de Duas Unas, localizada em Jaboatão dos Guararapes. O reservatório, o menor em volume de armazenamento dos quatro que compõem o complexo de sistemas de abastecimento de água que atende a RMR, aumentou 13,39% da sua capacidade. O manancial tem a capacidade de acumular 24 milhões e 199 mil metros cúbicos de água e hoje está com 13 milhões e 413 mil m3 do total. No monitoramento realizado ontem, Duas Unas apresentou um resultado de 41,84 %.

 

A segunda barragem que acumulou mais água, nas últimas 24 horas, foi Pirapama, o manancial que está respondendo mais positivamente aos efeitos das chuvas. Conseguiu acumular mais 4,3% e hoje está com 90,73% da sua capacidade, o que corresponde a um volume de  55 milhões 234 mil m3 - de um total de 60 milhões e 880 mil m3 de água. Em seguida, vem a Barragem de Tapacurá, situada em São Lourenço da Mata, que acumulou mais 2,14 % e passou a registrar 46,16%. Tapacurá é o maior reservatório para abastecimento humano da RMR, porém, o Sistema Pirapama é o principal sistema da região pois tem uma capacidade maior de produção, sendo responsável por 35% do atendimento na RMR. Tapacurá  tem a capacidade máxima para acumular  94 milhões e  200 mil m3 e está agora com 43 milhões 480 mil metros cúbicos de água.

 

A Barragem de Botafogo, em Igarassu, continua sendo o manancial a receber a menor contribuição de chuvas na Região Metropolitana. O reservatório só conseguiu acumular mais 1,38% de ontem para hoje, passando para 16,27%. O reservatório está com 4 milhões e 489 mil  m3 de uma capacidade total de 27 milhões e 595 mil m3. Essa barragem é a principal fonte de abastecimento de água para as cidades de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima. A situação de Botafogo ainda é considerada crítica para os técnicos da Compesa.

 

 

DIA 28/05/17

 

Pirapama: 59,39%

Tapacurá: 34,11%

Botafogo: 13,34%

Duas Unas: 27,65%

 

DIA 29/05/17

 

Pirapama: 73,93%

Tapacurá: 41,39%

Botafogo: 14,09%

Duas Unas: 33,14%

 

DIA 30/05/17

 

Pirapama: 83,39%

Tapacurá: 43,53%

Botafogo: 14,968%

Duas Unas: 41,41%

 

 DIA 31/05/17

 

Pirapama: 86,43%

Tapacurá: 44,02%

Botafogo: 15,34%

Duas Unas: 41,84%

 

 DIA 01/06/17

 

Pirapama: 90,73%

Tapacurá: 46,16%

Botafogo: 16,27%

Duas Unas: 55,43%


Vereadora do Recife Marília Arraes (PT) : O Recife está novamente de luto

Vereadora do Recife Marília Arraes (PT) : O Recife está novamente de luto

O Recife está novamente de luto. Miriam e Daivinson morreram depois que a casa onde estavam foi atingida pelos escombros de um deslizamento, na Zona Norte da cidade. Mas não foi a chuva que os matou. A gestão do prefeito Geraldo Julio nunca tratou os morros como prioridade. Em 2016, outras cinco pessoas morreram nos morros. Neste mesmo ano, R$ 21 milhões foram investidos em publicidade. Nas áreas de risco, a gestão do PSB, aplicou apenas um terço deste total, 7 milhões.

Ao invés de novos muros de arrimo e contenção de encostas, obras que viraram marca do Orçamento Participativo, nos 12 anos em que o PT esteve à frente do Recife, Geraldo lançou com estardalhaço o programa Mais Vida, que tinha como objetivo pintar - com tintas de cores vibrantes - casas, muros, escadarias, rampas, muros de arrimo e encostas. Mas tinta, senhor prefeito, não segura chuva, não salva vidas.

O Recife conheceu o que é inversão de prioridade e viu a realidade dos morros mudar durantes as gestões do PT. Somente nos oito anos de governo do prefeito João Paulo, mais de 7 mil dos 10,5 mil pontos riscos da cidade foram eliminados. R$ 292 milhões foram investidos em obras de infraestrutura nos morros e a Defesa Civil do Recife passou de uma equipe com dez técnicos para um corpo de mais de três mil profissionais. 
#RecifeDesgovernado


Se Liga Paulo Câmara, a imagem de Arraes não é papel higiênico para limpar suas ...

Se Liga Paulo Câmara, a imagem de Arraes não é papel higiênico para limpar suas ...

#PCsemIMAGEMsemHistoria

 

Nota

O Instituto Miguel Arraes – IMA, detentor do acervo, imagem e o nome de Miguel Arraes, cedidos no inventário ao Instituto, devidamente registrados no INPI, inclusive como marcas, cuja uma das suas missões é de preservar a sua imagem e história, vem a público informar que estará notificando o Governador Paulo Câmara e o PSB estadual para fazer cessar a utilização do nome e imagem do ex-governador Miguel Arraes na propaganda partidária, que está sendo veiculada na televisão, que é citado dentro de um contexto de continuidade política por Paulo Câmara e não uma citação como homem público, que pertence a todos os pernambucanos, pois não enxergamos legitimidade para tanto, nem houve prévia autorização para a utilização da imagem do ex-governador Miguel Arraes.

Recife, 30 de maio de 2017

Instituto Miguel Arraes – IMA

Antônio Campos
Presidente do Conselho Deliberativo


Barragem de Pirapama dobra o volume acumulado de água com as chuvas do últimos dez dias

Barragem de Pirapama dobra o volume acumulado de água com as chuvas do últimos dez dias

O mês de maio trouxe muitas chuvas e garantiu a recuperação dos níveis de três dos quatro  principais  mananciais da Região Metropolitana do Recife (RMR). Nos últimos dez dias, houve um  aumento do volume acumulado nas Barragens de Pirapama, Tapacurá e Duas, que variou entre 13% e 41%. A Barragem de Pirapama, situada no Cabo de Santo Agostinho, praticamente dobrou o seu volume no período, de 44,67% passou para 86,43%, e obteve um acréscimo de 41,76% no nível do reservatório. As barragens de Tapacurá e Duas Unas aumentaram 13,26% e 14,62%, respectivamente, e hoje (31) estão com 44,02% e 41,84% da capacidade total de reservação. A Barragem de Botafogo, em Igarassu, ainda não consegui  elevar o nível de acumulação, registrando apenas o aumento de 1,7%  e está hoje com  15,34% da sua capacidade máxima.

 

A expectativa dos técnicos da Compesa é que a Barragem de Pirapama, o segundo maior reservatório da Região Metropolitana do Recife - mas responsável por 35% da RMR – atinja 100 % da sua capacidade nos próximos dias. “Pirapama permite a exploração de uma vazão de 5 mil litros de água, por segundo, e é o sistema mais importante para a distribuição de água da RMR, contemplando  três cidades: áreas planas do Recife, Cabo de Santo Agostinho e bairros de Jaboatão dos Guararapes “, esclarece o diretor Técnico e de Engenharia, Rômulo Aurélio Souza.

 

Segundo o diretor, o volume de água acumulado até hoje em Pirapama já dá tranquilidade para administrar o abastecimento de água nessas áreas até o próximo verão. “Nas áreas atendidas por Pirapama, não haverá alteração na distribuição de água, mesmo que a barragem atinja a sua capacidade máxima ( sangre ) porque já  trabalhamos com a capacidade máxima de tratamento de água do sistema”, explica o diretor.

 

As Barragens de Tapacurá e Duas Unas ainda estão abaixo dos níveis esperados. A expectativa é que esse quadro mude até o fim do inverno, em julho. Nos últimos seis anos, essas duas barragens apresentam um dos menores índices de acumulação, usando como parâmetro o mês de maio. Nesse período, nos anos de 2015 e 2016, a Barragem de Tapacurá, em São Lourenço da Mata, responsável por 20% do abastecimento da metropolitana,  alcançou 42,6% e 63,6%. Já Duas Unas, em Jaboatão dos Guararapes, registrou 38,6% e 93,2%.

 

Mesmo que esses dois mananciais consigam verter (sangrar), o rodízio nas cidades do Recife, São Lourenço da Mata, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes não sofrerá alteração, uma vez que a Estação de Tratamento Castelo Branco (ETA Tapacura) já trabalha com a sua capacidade máxima de tratamento. A água acumulada nas barragens significa que não iremos correr o risco de intensificar o rodízio e que alcançaremos o próximo inverno com tranquilidade ", esclarece Rômulo Aurélio Souza.

 

A Barragem de Botafogo, em Igarassu, é o manancial que mais preocupa a Compesa. Ainda não há registro de chuvas suficientes para alterar o quadro do reservatório. Em abril deste ano, Botafogo chegou a 11,27% ,obrigando a companhia a ampliar o rodízio nas cidades de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima, para evitar o colapso do abastecimento. “A situação ainda é muito crítica e esperamos que esse quadro mude até o final do período chuvoso “, argumenta Souza.

 

Se for considerar a média histórica de pluviometria para maio, Tapacurá ficou abaixo do esperado para o mês. Neste ano, a barragem registrou 128 milímetros (mm) de chuvas no período, enquanto que a média histórica para o manancial é de 245 milímetros. Também houve uma precipitação menor de chuvas em Botafogo, que foi de 195 mm, no entanto, o esperado para o mês maio na barragem é o volume de 258 milímetros. Já a pluviometria das barragens de Pirapama e Duas Unas foi acima da média histórica. Em Pirapama choveu 479 mm, volume bem superior à média histórica do manancial, que é de 276 mm para o mês de maio.

 

 

 

UNIDADES

CAPACIDADE

  VOLUME EM 31/05/17

Tapacurá

94.200.000 m³

41.468.000 m³

Duas Unas

24.199.000 m³

10.125.000 m³

Botafogo

27.595.036 m³

4.233.000 m³

Pirapama

60.880.246 m³

52.618.000 m³


Muro da creche Casinha Azul desaba durante chuva  no Recife

Muro da creche Casinha Azul desaba durante chuva no Recife

O muro da creche da Casinha Azul, situada no bairro da Iputinga, Zona oeste  do  Recife, caiu durante a forte chuva que ocorreu na capital nesta quarta-feira (31). Ninguém ficou ferido.

O pedaço de concreto foi o que sobrou do muro da Creche Municipal Casinha Azul, na Iputinga, Zona Oeste do Recife. E as paredes do imóvel estão com infiltração.
Por causa da falta de infraestrutura, as crianças do berçário tiveram que voltar para casa hoje. E as famílias ficaram na dificuldade: ou tomam conta da(o) filha(o) ou dão o expediente no trabalho.
Vale ressaltar que a Creche Casinha Azul já está recebendo as crianças que antes frequentavam a Creche Sementinha Skylab, no mesmo bairro. A reforma da unidade foi anunciada há quatro anos pela gestão do prefeito Geraldo Julio (PSB), mas as obras sequer começaram e o atendimento era feito num imóvel com rachaduras na parede, até ser interditado pelo município.
Essa situação é de responsabilidade da gestão municipal, e não da chuva.