Teste de publicidades

Barragem de Pirapama dobra o volume acumulado de água com as chuvas do últimos dez dias

Barragem de Pirapama dobra o volume acumulado de água com as chuvas do últimos dez dias

O mês de maio trouxe muitas chuvas e garantiu a recuperação dos níveis de três dos quatro  principais  mananciais da Região Metropolitana do Recife (RMR). Nos últimos dez dias, houve um  aumento do volume acumulado nas Barragens de Pirapama, Tapacurá e Duas, que variou entre 13% e 41%. A Barragem de Pirapama, situada no Cabo de Santo Agostinho, praticamente dobrou o seu volume no período, de 44,67% passou para 86,43%, e obteve um acréscimo de 41,76% no nível do reservatório. As barragens de Tapacurá e Duas Unas aumentaram 13,26% e 14,62%, respectivamente, e hoje (31) estão com 44,02% e 41,84% da capacidade total de reservação. A Barragem de Botafogo, em Igarassu, ainda não consegui  elevar o nível de acumulação, registrando apenas o aumento de 1,7%  e está hoje com  15,34% da sua capacidade máxima.

 

A expectativa dos técnicos da Compesa é que a Barragem de Pirapama, o segundo maior reservatório da Região Metropolitana do Recife - mas responsável por 35% da RMR – atinja 100 % da sua capacidade nos próximos dias. “Pirapama permite a exploração de uma vazão de 5 mil litros de água, por segundo, e é o sistema mais importante para a distribuição de água da RMR, contemplando  três cidades: áreas planas do Recife, Cabo de Santo Agostinho e bairros de Jaboatão dos Guararapes “, esclarece o diretor Técnico e de Engenharia, Rômulo Aurélio Souza.

 

Segundo o diretor, o volume de água acumulado até hoje em Pirapama já dá tranquilidade para administrar o abastecimento de água nessas áreas até o próximo verão. “Nas áreas atendidas por Pirapama, não haverá alteração na distribuição de água, mesmo que a barragem atinja a sua capacidade máxima ( sangre ) porque já  trabalhamos com a capacidade máxima de tratamento de água do sistema”, explica o diretor.

 

As Barragens de Tapacurá e Duas Unas ainda estão abaixo dos níveis esperados. A expectativa é que esse quadro mude até o fim do inverno, em julho. Nos últimos seis anos, essas duas barragens apresentam um dos menores índices de acumulação, usando como parâmetro o mês de maio. Nesse período, nos anos de 2015 e 2016, a Barragem de Tapacurá, em São Lourenço da Mata, responsável por 20% do abastecimento da metropolitana,  alcançou 42,6% e 63,6%. Já Duas Unas, em Jaboatão dos Guararapes, registrou 38,6% e 93,2%.

 

Mesmo que esses dois mananciais consigam verter (sangrar), o rodízio nas cidades do Recife, São Lourenço da Mata, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes não sofrerá alteração, uma vez que a Estação de Tratamento Castelo Branco (ETA Tapacura) já trabalha com a sua capacidade máxima de tratamento. A água acumulada nas barragens significa que não iremos correr o risco de intensificar o rodízio e que alcançaremos o próximo inverno com tranquilidade ", esclarece Rômulo Aurélio Souza.

 

A Barragem de Botafogo, em Igarassu, é o manancial que mais preocupa a Compesa. Ainda não há registro de chuvas suficientes para alterar o quadro do reservatório. Em abril deste ano, Botafogo chegou a 11,27% ,obrigando a companhia a ampliar o rodízio nas cidades de Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima, para evitar o colapso do abastecimento. “A situação ainda é muito crítica e esperamos que esse quadro mude até o final do período chuvoso “, argumenta Souza.

 

Se for considerar a média histórica de pluviometria para maio, Tapacurá ficou abaixo do esperado para o mês. Neste ano, a barragem registrou 128 milímetros (mm) de chuvas no período, enquanto que a média histórica para o manancial é de 245 milímetros. Também houve uma precipitação menor de chuvas em Botafogo, que foi de 195 mm, no entanto, o esperado para o mês maio na barragem é o volume de 258 milímetros. Já a pluviometria das barragens de Pirapama e Duas Unas foi acima da média histórica. Em Pirapama choveu 479 mm, volume bem superior à média histórica do manancial, que é de 276 mm para o mês de maio.

 

 

 

UNIDADES

CAPACIDADE

  VOLUME EM 31/05/17

Tapacurá

94.200.000 m³

41.468.000 m³

Duas Unas

24.199.000 m³

10.125.000 m³

Botafogo

27.595.036 m³

4.233.000 m³

Pirapama

60.880.246 m³

52.618.000 m³


Muro da creche Casinha Azul desaba durante chuva  no Recife

Muro da creche Casinha Azul desaba durante chuva no Recife

O muro da creche da Casinha Azul, situada no bairro da Iputinga, Zona oeste  do  Recife, caiu durante a forte chuva que ocorreu na capital nesta quarta-feira (31). Ninguém ficou ferido.

O pedaço de concreto foi o que sobrou do muro da Creche Municipal Casinha Azul, na Iputinga, Zona Oeste do Recife. E as paredes do imóvel estão com infiltração.
Por causa da falta de infraestrutura, as crianças do berçário tiveram que voltar para casa hoje. E as famílias ficaram na dificuldade: ou tomam conta da(o) filha(o) ou dão o expediente no trabalho.
Vale ressaltar que a Creche Casinha Azul já está recebendo as crianças que antes frequentavam a Creche Sementinha Skylab, no mesmo bairro. A reforma da unidade foi anunciada há quatro anos pela gestão do prefeito Geraldo Julio (PSB), mas as obras sequer começaram e o atendimento era feito num imóvel com rachaduras na parede, até ser interditado pelo município.
Essa situação é de responsabilidade da gestão municipal, e não da chuva.

 


As enchentes em Pernambuco têm culpados – e não é a natureza

As enchentes em Pernambuco têm culpados – e não é a natureza

Em 2010, o então governador Eduardo Campos anunciou o final das enchentes no Rio Ipojuca. no ultimo domingo, o Ipojuca - transbordou.

 a responsabilidade é dos nossos governantes. O que acontece é que  o estado de Pernambuco não cumpriu o plano antienchentes da bacia do Ipojuca, feito em 2010.

Ele previa a construção de 5 barragens. Só uma destas esta funcionando, segundo o próprio governo do estado. 

Muitas outras medidas podem ser tomadas para melhorar essa situação. Muita coisa pode se criar. Mas a gente podia começar pelo menos fazendo o que já foi proposto em 2010. Foi falta de dinheiro?

Não. O governo do estado gastou bastante dinheiro em outras coisas, nestes 7 anos. Na minha opinião, menos importantes.

Como a Arena Pernambuco, por exemplo.

Ou zilhões em publicidade, cantando as muitas virtudes dos nossos governantes. Quem governou Pernambuco neste período? O PSB: Eduardo Campos e Paulo Câmara.


Compesa  inicia obra de manutenção de esgotamento sanitário em  Boa Viagem

Compesa inicia obra de manutenção de esgotamento sanitário em Boa Viagem

Para melhorar o fluxo do sistema de esgotamento sanitário, a  Compesa inicia hoje (30),  a partir das 22h, uma obra de manutenção na rede coletora de esgoto na Rua Setúbal, na altura do número 336, em Boa Viagem.

A ação prevê a recuperação de 5 metros de rede, com 300 mm de diâmetro que está a 3,2 metros de profundidade. A interdição da via será parcial e os veículos devem ficar atentos à sinalização no local. O lado esquerdo da via estará livre para circulação dos veículos. A previsão é que a obra seja concluída até a próxima quinta-feira (1/6).

 

A obra, executada pela Compesa e BRK Ambiental,  faz parte do programa Cidade Saneada, que prevê a recuperação, manutenção, operação e ampliação do sistema de esgotamento sanitário em 15 municípios de Pernambuco.  


“A grande crise é a crise política e de legitimidade”, afirmou presidente do PT PE, Bruno Ribeiro

“A grande crise é a crise política e de legitimidade”, afirmou presidente do PT PE, Bruno Ribeiro

Por Cátia Oliveira/ PT Pernambuco

O presidente do PT Pernambuco, Bruno Ribeiro, participou na manhã desta segunda-feira, 29, de debate na Rádio Jornal cujo tema foi ‘Crise nos partidos políticos’. Entre os convidados do programa Super Manhã, com o comunicador Geraldo Freire, estiveram os deputados Jorge Corte Real ( PTB) e Daniel Coelho (PSDB).

Indagado sobre a crise nos partidos, o presidente do PT PE, falou sobre as mudanças necessárias ao sistema político. “Há algo que já está muito claro pra sociedade, nós temos de ter coragem de enfrentar as mudanças que o sistema político está necessitando”.

Ribeiro destacou ainda que “A grande crise é a crise política e de legitimidade”. O dirigente petista ainda reiterou: “Nós, há um ano debatíamos, o que a gente denunciou como golpe parlamentar que iria colocar o país num abismo, numa aventura. Um ano depois é isto que estamos vendo”.

Ouça aqui o debate.


OLINDA PELAS #DIRETASJÁ

OLINDA PELAS #DIRETASJÁ

Olinda pelas DIRETAS JÁ :: 04/6 :: Praça do Carmo 

Neste domingo, dia 04/6, na Praça do Carmo. Milhares de pessoas irão às ruas para garantir o nosso direito de votar. #DiretasJá

QUEM VAI CANTAR PELAS DIRETAS:
EU ACHO É POUCO | MALÍCIA CHAMPIOM | 440 | LALA K | ROGERMAN | RENATO DA MATA | VINÍCIUS LEZO| 

É um fato: Temer não se sustenta mais na presidência! Agora é hora de escolhermos o nosso caminho para decidir o futuro do país: acordo entre os deputados ou eleição pela população.

Não podemos abrir mão dessa escolha e deixar que a Câmara Federal, formada por parlamentares tão corruptos quanto Temer e seus aliados, decidam por nós. 

Mais de 30 anos se passaram desde o histórico movimento das Diretas Já. Não há saída que não seja a democracia. Confirme sua presença, convide todos os amigos e amigas e traga sua família para a Praça do carmo!

QUANDO? 04/06, a partir de 15h
ONDE? Praça do Carmo

Chegou a hora de dizer, por direitos e contra as reformas: #DiretasJá!


Lançamento do novo  livro de  Magno Martins, hoje, às 19 h, na Assembleia Legislativa.

Lançamento do novo livro de Magno Martins, hoje, às 19 h, na Assembleia Legislativa.

O jornalista Magno Martins lança nesta segunda-feira (29) o livro “Histórias de Repórter” (Editora Bagaço) na Assembleia Legislativa de Pernambuco, às 19h. A obra é um resgate dos vários anos em que ele esteve mergulhado na política. Fatos históricos como os bastidores do impeachment de Fernando Collor de Melo, da Constituinte e o desejo do ex-governador Jarbas Vasconcelos de não disputar a reeleição ao governo são alguns dos pontos contados na publicação. "São histórias que vivenciei em Brasília e no Nordeste", antecipa.

Com mais de 100 narrativas, de episódios que vão desde o processo de redemocratização à época atual, Magno Martins também traz passagens inusitadas, como o banho de praia do governador Joaquim Francisco, em Boa Viagem, em 1991, em pleno auge do surto de cólera.

Natural de Afogados da Ingazeira, no Sertão, Magno Martins é formado em jornalismo com pós-graduação em ciência política. Ao longo dos anos, atuou como repórter do Correio Brasiliense, O Globo, Agência O Globo e Agência Meridional, entre outros. Hoje, comanda o Blog do Magno. 


Serviços de reparo do Sistema Pirapama devem ser concluídos até às 21h desta segunda-feira (29)

Serviços de reparo do Sistema Pirapama devem ser concluídos até às 21h desta segunda-feira (29)

As chuvas que caíram até hoje (29) de manhã prejudicaram o andamento dos serviços de conserto dos cabos elétricos especiais que alimentam os motores das bombas do Sistema Pirapama, no Cabo de Santo Agostinho. Por este motivo, a manutenção emergencial, que estava prevista para ser concluída nesta segunda-feira às 14h, precisará de mais tempo para ser finalizada. A previsão é encerrar os serviços ainda hoje, às 21 horas. Uma equipe de 30 técnicos da Compesa se revezou em turnos de 12 horas para não parar os trabalhos de substituição de um quilômetro de cabos que foi danificado por um curto-circuito ocorrido no último sábado (27), após uma queda de energia. O abastecimento de água para as áreas afetadas com a paralisação de Pirapama será regularizado a partir da meia-noite (24h) de hoje.

 

Na região Sul da Região Metropolitana do Recife, a distribuição de água será normalizada nos bairros do Ibura (Alto e baixo), Vila do Sesi, UR´s I, II, III, IV, Zumbi do Pacheco, 2 e 3 Carneiros, Monte Verde, Lagoa Encantada, Vila das Aeromoças, Vila dos Milagres, Pantanal e Adjacências, Setúbal, Boa Viagem, Pina, Brasília Teimosa, Imbiribeira, Ipsep, Lagoa do Araçá, Chico City, Vila da Sudene, Jordão (Alto e Baixo), Jardim Jordão, Sítio Histórico dos Guararapes. O abastecimento também será retomado para os bairros da região norte da RMR: Iputinga, Cidade Universitária, Várzea, Cordeiro, Caxangá, Dois Irmãos, Jardim Petrópolis, Conjunto Residencial Marcos Freire, Vila felicidade, Loteamento Novo Horizonte, Loteamento Nova Caxangá, Monsenhor Fabrício, Detran, São Brás, Apipucos, Alto Santo Izabel, Alto do Mandu, Poço da Panela, Casa Forte, Monteiro, (Parte baixa de Casa Amarela), Tamarineira, Parnamirim, Jaqueira.

 

Nas áreas onde houver rodízio, o fornecimento de água será realizado de acordo com o calendário. A Compesa já retomou o abastecimento para população do Cabo de Santo Agostinho por meio do Sistema Gurjaú. Desde que houve o curto-circuito dos cabos elétricos especiais, a companhia dedica esforços para restaurar o funcionamento do sistema de bombeamento de Pirapama. Por não trabalhar com esse tipo de insumo nas suas atividades cotidianas, a Compesa teve dificuldades para conseguir os cabos elétricos especiais e pediu o apoio da Celpe, que cedeu os materiais para substituição no sistema - a título de empréstimo, a companhia vai adquirir os cabos para ressarcir à empresa de energia. Outro problema enfrentado pelos técnicos foi o alagamento das canaletas onde ficam instalados os caminhamentos dos cabos elétricos, pois estão localizadas na área externa (e sem cobertura) de Pirapama.

 

A Compesa estima que teve um custo de R$ 400 mil para restabelecer a operação do Sistema Pirapama - valor que já inclui os materiais que serão ressarcidos à Celpe. A paralisação de Pirapama foi um dos assuntos discutidos durante a reunião do Gabinete de Crise, que aconteceu ontem (28), com o objetivo de definir as medidas do Governo do Estado para enfrentamento às fortes chuvas que caem em Pernambuco desde o dia 27.


AJUDE AS FAMÍLIAS PREJUDICADAS PELAS CHUVAS EM PERNAMBUCO.

AJUDE AS FAMÍLIAS PREJUDICADAS PELAS CHUVAS EM PERNAMBUCO.

AJUDE AS FAMÍLIAS PREJUDICADAS PELAS CHUVAS EM PERNAMBUCO.
Procure um ponto de arrecadação mais próximos da sua casa. Faça sua parte! #PernambucoSolidario


Vivian Farias: Paridade mudou cultura política no PT

Vivian Farias: Paridade mudou cultura política no PT

Integrar e aproximar a direção nacional do Partido dos Trabalhadores com seus diretórios estaduais é tarefa da Secretaria Nacional de Coordenação Regional do PT, sob comando da pernambucana Vivian Farias.

Membro da Executiva Nacional do partido, Vivian reforça a importância de levar em conta as diferentes regionalidades que existem dentro do PT.

“Não podemos tratar o PT do Nordeste igual ao PT do Norte, igual ao PT do Sudeste. Existem especificidades regionais que mexem na vida política do partido como um todo”, defende.

Nesse sentido, ela acredita que o 6º Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores, que acontecerá em junho deste ano, deve debater a criação e o papel das Vice-Presidências Regionais do PT.

O objetivo dessas vice-presidências, na avaliação da secretária, seria o de acompanhar mais de perto os diretórios estaduais de maneira mais orgânica, presente e atuante no cotidiano dos diretórios e zonais do PT, assim como junto à militância da base.

Isso pode, inclusive, aumentar a participação das mulheres nos espaços de poder dentro do partido, acredita Vivian. “Podemos, sim, ter várias companheiras ocupando esses espaços das Vice-Presidências Regionais do PT.”

Quando o assunto é participação e representatividade, Vivian é ferrenha defensora da paridade entre homens e mulheres nos cargos de direção do PT como instrumento da luta pela maior presença feminina nos espaços de poder.

Paulo Pinto/Agência PT

Vivian Farias em reunião da Executiva Nacional do PT

Para ela, toda regra que envolva a cultura política é pedagógica e a paridade possibilitou essa mudança na cultura política do PT.

“Apesar de não estar no estatuto do PT, a maioria das mesas de debates hoje é composta com paridade. Houve mudança nas saudações, na narrativa do partido. As mulheres se empoderaram e conseguiram capitanear politicamente a paridade para uma mudança de cultura política na prática cotidiana do PT”, fala, como exemplos dessa mudança no partido.

Porém, a membro da Executiva Nacional vai além da paridade e propõe também o revezamento entre homens e mulheres nos cargos de direção, inclusive na presidência do PT.

“Eu sou bem radical nesse sentido. Acredito que a gente tinha que propor alternância de gênero nos espaços, porque a gente não pode mais permitir que só homens, homens e homens fiquem nos espaços mais decisórios do partido”, explica Vivan.

A alternância de gênero na presidência é prática em alguns movimentos sociais na Europa e na América Latina e seria, na opinião dela, uma política temporal, “até que se consiga modificar a práxis política do partido, para que se tenha mais mulheres reconhecidas nos espaços”.

Para Vivian, o que falta à maior participação de mulheres nos espaços de poder dentro do PT é a sensibilidade do conjunto do partido, inclusive sobre as próprias relações sociais, para não reproduzir a opressão de gênero dentro da legenda.

Mulheres conseguiram capitanear a paridade para uma mudança de cultura política, na prática cotidiana do PT

“É preciso entender que a mulher dirigente geralmente também é a dona de casa, a que tem o cuidado quase que exclusivo da criação dos filhos. Isso tudo pode dificultar o deslocamento da mulher, a dedicação mais integral ao fazer político. É preciso ter sensibilidade para fazer o contraponto a uma cultura que quer nos oprimir, que quer nos colocar no privado da vida, e não na vida pública”, conta.

Juventude pioneira

Ainda compondo os quadros de jovens do Partido dos Trabalhadores, Vivian Farias destaca que a juventude petista foi pioneira em diversas mudanças, depois incorporadas pelo próprio partido.

Isso porque a paridade de gênero foi instituída desde o primeiro Congresso da Juventude do PT, em 2008, quando foi eleita uma mulher para ser a secretária nacional de juventude do partido. Além disso, esta gestão já contava com representantes de todas as regiões do País.

Lula Marques/Agência PT

3º Congresso Nacional da Juventude do PT

“As cotas de negros foram primeiro advindas na JPT também. Então, a nossa juventude vem de maneira muito protagonista mexendo no partido e ensinando que uma militância mais orgânica passa sim pelo empoderamento das mulheres, dos negros, dos LGBT, para ter um partido mais diverso, mais plural e mais a esquerda”, enfatiza Vivian.

Por Luana Spinillo, da Agência PT de Notícias


Jefferson Lima empossado na Presidência do PT em Aracaju.

Jefferson Lima empossado na Presidência do PT em Aracaju.

Posse PT #ONovoSempreVem

"Na noite desta sexta-feira, 26, fui empossado na Presidência do PT em Aracaju.

A solenidade contou com a presença do Presidente Nacional do PT, Rui Falcão, de diversas lideranças políticas e daqueles que constroem o partido no seu cotidiano: a militância petista.

A minha trajetória no PT sempre foi de muita construção diária e orgânica no partido. Vivendo, convivendo, aprendendo e dialogando muito com cada companheiro e companheira, com os movimentos populares, com os setoriais e movimentos social. O desafio agora é muito maior.

Meu muito obrigado a militância do PT de Aracaju e a cada companheiro e companheira pela posse na Presidência do PT."  (Jefferson Lima)


Vereador Daniel Finizola (PT) denuncia que Caruaru vive uma onda de violência sem precedentes

Vereador Daniel Finizola (PT) denuncia que Caruaru vive uma onda de violência sem precedentes

Caruaru vive uma onda de violência sem precedentes. Hoje amargamos a estatística de ser a terceira cidade mais violenta da América Latina. Em menos de seis horas, sete homicídios foram registrados. O que todos esses homicídios têm em comum? Todos que morreram eram jovens da periferia. Uma chacina no salgado matou 4 jovens, sendo que dois eram irmãos e tinham 16 e 17 anos. Outros homicídios ocorreram no Maria Auxiliadora, José Liberato e Vila do Aeroporto. É preciso mudar a política de segurança pública. Planejar ações integradas entre as secretarias que cuidam de pautas como Ação Social, Direitos Humano, Educação, Mulher, Saúde. Acabar com a lógica de "caixinhas" que não se comunicam e que geram ações pouco eficientes. Precisamos trazer para a sociedade debates como a desmilitarização da polícia e a descriminalização das drogas, questões que têm relação direta com a violência em Caruaru, no Estado, no Brasil e no no mundo.