Teste de publicidades

Marília fortalece pré-candidatura no Litoral Sul nesta quarta

Marília fortalece pré-candidatura no Litoral Sul nesta quarta

A vereadora e pré-candidata ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes (PT), teve uma quarta-feira (25) cheia de compromissos no Litoral Sul pernambucano. Durante passagem por Rio Formoso, Tamandaré, Gameleira e Cabo de Santo Agostinho, a petista participou de plenárias, concedeu entrevistas e se reuniu com várias lideranças da região.

Recepcionada pelo empresário Jorge Marques, a vereadora participou de uma plenária em apoio à sua pré-candidatura ao Governo de Pernambuco no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rio Formoso. "Arraes não ia até um município sem conversar com os trabalhadores rurais. Estamos fazendo isso porque sabemos da importância de visitar os sindicatos do nosso Estado", afirmou.

Durante o encontro, o ex-prefeito de Água Preta, Armando Souto, nome histórico da Mata Sul, falou da importância de apoiar Marília na disputa deste ano. "Apoiar Marília é fundamental, já que a nossa região precisa de um olhar cuidadoso. Nossa região é muito sofrida, por isso o nome de Marília é tão importante para desenvolver nosso povo", ressaltou Souto.

Já na cidade de Gameleira, onde participou de uma entrevista na Rádio Gameleira FM, a vereadora falou sobre o abandono da região por parte do atual governador e acenou para o Senador Humberto Costa (PT). "Ele é meu candidato ao Senado. Ele e Silvio Costa são meus candidatos. Eu quero Humberto comigo pois ele tem meu voto pessoal."

Após a conversa, ela participou de um ato em apoio à sua pré-candidatura na cidade. A vereadora também participou de um encontro, à convite de Mundinho, vice-prefeito de Tamandaré, para fortalecer o seu nome na região.

Ao final do dia, a pré-candidata participou de algumas reuniões no Cabo de Santo Agostinho, ao lado do vereador Ezequiel Santos, com vereadores e lideranças políticas de cidades vizinhas.


Uma postura estadista de Marília Arraes faz toda diferença

Uma postura estadista de Marília Arraes faz toda diferença

Humildade, reconhecimento e gratidão, são valores essenciais para uma boa administradora no campo político 
 
Numa recente ocasião acompanhei uma conversa me fez refletir que estadistas não são criados, eles surgem naturalmente, sem alarde, sem pisar em outrem. É formidável quando vemos mulheres altivas, cravando suas marcas. 
 
O gesto da vereadora Marília Arraes para com o senador Humberto costa, revela que espirito vencedor é o comprometido com o bem estar de seus semelhantes. É a grandeza de espírito. Faz toda diferença numa sociedade corrompida, egoísta, covarde e que atropela o curso natural da ordem, em detrimento ao próximo, visando a manutenção do poder e no poder.

Basta de passar vergonha PT/PE, respeite sua militância.

Basta de passar vergonha PT/PE, respeite sua militância.

Por Prazeres Barros  
Militante Petista 

 

Venho tentando não falar sobre o que acontece no PT de Pernambuco. De um lado, por acreditar que questões de divergências internas devem e podem ser debatidas no interior do partido. Por outro lado, acredito que não será “colocando lenha na fogueira”, que iremos resolver nossos problemas, mas parece que o partido nos força a tomamos uma posição de exposição, se é assim, assim será. 
Gosto muito dos ditados que a vida nos ensina, portanto antes de olhar a casa do vizinho, é fundamental olharmos a nossa, vamos aos fatos de forma pragmática.
É FATO que Pernambuco busca uma alternativa de mudança politica na forma de fazer, de ouvir, de pensar e atender a população, e nós – maioria absoluta do PT e da sociedade Pernambucana -, estamos oferecendo esta oportunidade ao Estado. 
A candidatura de Marília Arraes há muito saiu do controle dos militantes do PT e se alastrou por Pernambuco, ou seja, não cabe mais ao partido a decisão de mate-la ou não, é uma NECESSIDADE de um povo que buscar alguém que os represente, que renove a esperança e traga uma motivação na politica. 
Negar, desgastar, desconstruir essa alternativa, é renegar ao partido o papel de protagonismo nesse momento tão delicado da nossa historia aqui em Pernambuco. 
O que parte do partido vem fazendo no sentido de RIFAR essa candidatura é VERGONHOSO, HIPOCRITA, ASQUEROSO e acima de tudo, PERIGOSO. 
Sabemos da NECESSIDADE do PSB interferir internamente no partido, até aí podemos entender, afinal um governo fraco, com alto índice de rejeição, que usa da maquina para cooptar entidades, partidos, pessoas, não iria fugir a regra com o PT. 
Ai paramos, pensamos, pensamos e pensamos.....
Sim, do PSB podemos esperar tudo, afinal quem conspirou e traiu o PT diversas vezes, nada de bom poderia vim, mas de membros do Partido, o porquê de tantos ataques, xingamentos, desrespeito e desconstrução de uma candidatura PRÓPRIA? 
Como já dizia o ditado: Tem caroço nesse angu.....e muitos caroços.
O que leva dirigentes do partido, assessores de parlamentares, militantes que “mudaram de lado”, a fazerem com tanta ênfase e ate agressividade à defesa de uma aliança que não nos traz nenhum beneficio e que nos enterra em definitivo no Estado? Que nos apunhalou pelas costas e nos humilhou em todos os momentos de aliança? 
Qual interesse verdadeiro, que não seja a falácia de usar o nome de Lula em vão? 
Sejamos ao menos verdadeiros nesse momento de tantas perdas de Direitos que estamos vivendo. Vamos colocar as cartas na mesa e jogar limpo sobre o desespero que estamos presenciando nesses últimos dias. 
Vamos tentar ajudar no que parece difícil desvendar: 
1. É chantagem do PSB, sobre o quê ou sobre quem? 
2. São mais cargos ou manutenção dos que estão lá? 
3. É promessa de estrutura/dinheiro/poder? 
4. É apoio a futura eleição do PED? 
Todas as alternativas podem estar corretas, menos usar o nome da “unidade”, da “questão nacional”, por “Lula”. 
Estamos cansadas, esgotadas, a cada dia mais enojadas e revoltadas. Brincar, tripudiar, desrespeitar uma militância como o PT, é ter a ousadia de desafiar o desconhecido enfurecido e transformar toda revolta em um grande tsuname de repudio para quem pratica ou financia a destruição do Partido. 
AVISO DADO. 

 


Deputado Estadual Odacy Amorim (PT) declara apoio à Marília Arraes

Deputado Estadual Odacy Amorim (PT) declara apoio à Marília Arraes

Depois de retirar sua pré-candidatura ao Governo de Pernambuco na semana passada, o deputado estadual Odacy Amorim (PT) declarou apoio, neste domingo (22), à pré-candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) a governadora.

O deputado, que ao lado do militante José de Oliveira postulava o seu nome dentro do partido a vaga de pré-candidato ao Governo, sinalizou pela candidatura própria do partido.


A militância petista da zona oeste do Recife se mobiliza  pelas redes sociais para apoiar a candidatura de Marília Arraes

A militância petista da zona oeste do Recife se mobiliza pelas redes sociais para apoiar a candidatura de Marília Arraes

Através de um grupo no WhatsApp e no Facebook, militantes do PT e simpatizantes se mobilizam para dar suporte à  pré campanha da candidata do partido ao Governo do Estado, Marília Arraes. Os militantes os utilizam as redes sociais para compartilhar agendas e material da pré campanha alem de organizarem a reuniões do grupo

 
O principal grupo de compartilhamento no WhatsApp é chamado de “Mobilização Eixo-Caxangá”, foi organizado por moradores da zona oeste do Recife. 
 
 
 
"Reunião de Mobilização do EIXO - CAXANGÁ em apoio à pré-candidatura de MARÍLIA ARRAES e em defesa de LULA
 
Nesta quinta feira, dia 26, às 19h., na Rua São Francisco de Paula, 37-103, Caxangá Recife. (Clube dos Servidores) ao lado do terminal de integração da Caxangá."
 
Imagem incorporada 
 

Obras de melhoria do abastecimento motivam paralisação do Sistema Tapacurá por 48 horas

Obras de melhoria do abastecimento motivam paralisação do Sistema Tapacurá por 48 horas

Intervenção ocorrerá a partir das 7h da terça-feira (24) e segue até às 7h da quinta-feira (26)


A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) programou, na próxima semana, uma parada do Sistema Produtor Tapacurá para possibilitar obras de melhoria do abastecimento de água do Recife. A paralisação do sistema, o segundo maior da Região Metropolitana do Recife, vai durar 48 horas, inicia às 7h da terça-feira (24) e segue até às 7h da quinta-feira (26), suspendendo o fornecimento de água para  bairros do Recife, exceto os localizados na Zona Sul da cidade (área  atendida por outros sistemas), e também para dez localidades de Jaboatão dos Guararapes, dois de Olinda e todo município de Camaragibe. A parada foi planejada para dar continuidade às Obras de Setorização do Recife, um grande investimento que permite  a divisão da rede de distribuição  em setores distintos de abastecimento, instalação de equipamentos para controle de vazões e pressões, além de substituições de tubulações antigas ou subdimensionadas, ações que  visam a  melhoria do  fornecimento de água  e combate às perdas.

 

As obras que motivam a paralisação  fazem parte de uma série de interligações da nova rede implantada em 14 bairros das Zonas Oeste e Norte do Recife. As intervenções  serão realizadas no bairro das Graças, nas Ruas Amélia e Senador Alberto Paiva, por uma equipe de 15 técnicos. Os serviços ocorrerão próximo ao meio-fio da calçada, por este motivo, só será isolada uma faixa da pista, com interferência parcial no trânsito local. A área da obra será sinalizada, conforme orientações da CTTU (Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife). A Compesa ainda vai aproveitar a parada de Tapacurá para realizar manutenções preventivas nas unidades do sistema, como a Estação de Tratamento de Água (ETA) Castelo Branco, no Curado, e nas adutoras.

Outra intervenção importante será para trocar uma válvula de grande porte localizada em uma das adutoras dos Grandes Anéis de Distribuição do Recife, na Avenida Abdias de Carvalho, em frente ao Sport Club do Recife, no sentido BR-232. Além da equipe técnica, serão mobilizados para o local diversos equipamentos de grande porte, que farão a retirada da válvula antiga e a colocação do novo equipamento. Também haverá interdição parcial do trânsito no local, com o isolamento de uma das faixas da avenida, numa extensão de 20 metros, e sob a orientação da CTTU.

Na quinta-feira, após a conclusão dos serviços, o sistema voltará a funcionar com o restabelecimento do abastecimento de água para as áreas afetadas pela paralisação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 081 0195.
Todo projeto das Obras de Setorização da área plana do Recife é dividido em quatro lotes e recebe o investimento de R$139 milhões, recursos financiados pelo Governo do Estado e Compesa junto ao FGTS. As ações de setorização permitem o controle de pressões, através de implantação de válvulas redutoras de pressão, controle de vazões, com a instalação de macromedidores, além da implantação de novas tubulações.

 

 

Localidades afetadas pela  paralisação do Sistema Tapacurá:

 

RECIFE :

 

AFLITOS, AFOGADOS, ÁGUA FRIA, ALTO DO MANDÚ, ALTO SANTA ISABEL, AREIAS, ARRUDA, BAIRRO DO RECIFE, BARRO, BEBERIBE, BOA VISTA,

BOMBA DO HEMETÉRIO, BONGI, BRASILIT, CABANGA, CAÇOTE, CAJUEIRO, CAMPINA DO BARRETO, CAMPO GRANDE, CASA AMARELA, CASA

FORTE, CAXANGÁ, CIDADE UNIVERSITÁRIA, COELHOS, COQUE, COQUEIRAL, CORDEIRO, DERBY, DOIS IRMÃOS, ENCRUZILHADA, ENGENHO DO

MEIO, ESPINHEIRO, ESTÂNCIA, FUNDÃO, HIPÓDROMO, ILHA DO LEITE, ILHA DO RETIRO, ILHA JOANA BEZERRA, IPUTINGA, JAQUEIRA, JARDIM

PETRÓPOLIS, JARDIM SÃO PAULO, JIQUIÁ, MACAXEIRA, MADALENA, MANGABEIRA, MANGUEIRA, MONSENHOR FABRÍCIO, MONTEIRO,

MUSTARDINHA, PAISSANDU, PARNAMIRIM, PONTO DE PARADA, POÇO DA PANELA, PRADO, RODA DE FOGO, ROSARINHO, SANCHO, SAN MARTIN,

SANTANA, SANTO AMARO, SANTO ANTÔNIO, SÃO JOSÉ, SOLEDADE, TAMARINEIRA, TEJIPIÓ, TORRE, TORREÃO, TORRÕES, TOTÓ, VÁRZEA, ZUMBI.

DOS GUARARAPES

JABOATÃO DOS GUARARAPES:

CAVALEIRO, PACHECO, JABOATÃO VELHO (CENTRO), SUCUPIRA, SOCORRO, CURADOS I, II, III, IV E V.

CAMARAGIBE

OLINDA :

PEIXINHOS, SÃO BENEDITO.

 

TODA CIDADE DE CAMARAGIBE.


Obras da Adutora de Serro Azul já são realidade no Agreste

Obras da Adutora de Serro Azul já são realidade no Agreste

Assentamento de tubulações é realizado em Bezerros e Santa Cruz do Capibaribe 

 

A execução da obra da Adutora de Serro Azul, um importante empreendimento para garantir a sustentabilidade hídrica do Agreste, está a todo vapor. Duas frentes de trabalho estão concentradas no assentamento de tubulações, uma situada no distrito de Sapucarana, em Bezerros, e outra em Santa Cruz do Capibaribe, próxima a Estação de Tratamento de Água (ETA) da cidade e da PE-160, e já contabilizam dois mil metros de rede implantados. A adutora vai transportar água da Barragem de Serro Azul, situada em Palmares, na Zona da Mata Sul, para atender dez municípios do Agreste, a região que mais sofre com os efeitos da escassez de chuvas decorrentes do histórico de secas cíclicas. Serão beneficiados 1, 5 milhão de pessoas em Belo Jardim, Sanharó, Caruaru, Tacaimbó, São Bento do Una, São Caetano, Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Bezerros e Gravatá.

 

Segundo o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, encontrar alternativas para resolver a questão hídrica do Agreste tem sido um grande desafio para o governador Paulo Câmara, que não tem medido esforços para captar os recursos necessários para viabilizar as obras. “Não podemos deixar de enaltecer o esforço e competência dos técnicos da Compesa que têm apontado várias alternativas para operacionalizar obras que visam ao aproveitamento das fontes hídricas existentes, mesmo que sejam projetos de transposições de bacias ou construção de adutoras de médio e longos percursos”, argumenta Tavares. O presidente enaltece a escolha da captação na Barragem de Serro Azul, concebida inicialmente para contenção de cheias na Mata Sul e por estar localizada em uma região onde há bons índices de pluviometria.

 

A adutora de Serro Azul terá 58 quilômetros de extensão, saindo de Palmares até o ponto de interligação com a Adutora do Agreste, entre os municípios de Caruaru e Bezerros. Serão captados na barragem 500 litros de água, por segundo, vazão suficiente para ampliar significativamente a oferta de água nas cidades contempladas. A obra conta com um aporte de R$ 200 milhões, fruto de um convênio com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com previsão de conclusão para julho do próximo ano. O empreendimento conta ainda com a construção de quatro estações elevatórias (sistemas de bombeamento), implantação de reservatórios com capacidade total de 4.500 metros cúbicos de água, instalação de 28 quilômetros de linhas de transmissão elétrica, além da automação do sistema.

 

ETA Belo Jardim 

 

Uma das frentes de trabalho relacionadas ao projeto da Adutora de Serro Azul está situada na Estação de Tratamento de Água (ETA) de Belo Jardim. A unidade está recebendo uma obra de adequação, ampliação e modernização a fim de triplicar a sua capacidade de operação, de 180 litros de água, por segundo, para 600 L/s. Por meio da Adutora do Agreste, a ETA receberá água da Transposição do Rio São Francisco – trazida para a região Agreste pela Adutora do Moxotó, que já está em pré-operação. Quando a Adutora de Serro Azul estiver pronta, a ETA de Belo Jardim também receberá água da Barragem de Serro Azul. Nesse caso, a água vai percorrer um caminho de 58 quilômetros da Mata Sul até Bezerros e, de lá, seguirá por mais 100 quilômetros, pelas tubulações da Adutora do Agreste ao longo da BR-232, até a ETA de Belo Jardim. Além da população de Belo Jardim, da ETA também sairá água para atender as cidades de Tacaimbó, Sanharó e São Bento do Una. Essa obra, que deve ser concluída dentro de dez meses, está orçada em R$ 4 milhões. 


 DEPUTADO ODACY AMORIM RETIRA SUA PRÉ-CANDIDATURA AO GOVERNO DO ESTADO

DEPUTADO ODACY AMORIM RETIRA SUA PRÉ-CANDIDATURA AO GOVERNO DO ESTADO

NOTA DO DEP. ODACY AMORIM SOBRE PRÉ-CANDIDATURA AO GOVERNO DO ESTADO

Como é do conhecimento de todos no PT e na sociedade, acredito bastante no protagonismo e na missão do nosso partido nessas eleições e, sobretudo, no papel do presidente Lula, como candidato preferido da maioria do povo brasileiro, cuja liderança e força tem conseguido derrotar a manipulação e a perseguição política sem precedentes que está sofrendo.

Com essas posições, tenho feito a defesa da candidatura própria do PT ao Governo do Estado e por isso me coloquei à disposição do partido para essa disputa. Além disso, sou defensor da inocência de Lula, do seu direito à liberdade e da sua candidatura vitoriosa à presidente da república. Considero que essa é uma prioridade do povo brasileiro e pernambucano, do PT e do país e, nessa condição, deve orientar o nosso posicionamento partidário em todo o Brasil e, naturalmente, em Pernambuco.

Entendo, ainda, que esse é um momento que demanda unidade do PT de Pernambuco em qualquer das alternativas de táticas eleitorais que ao final for adotada, seja a candidatura própria que sempre defendi, ou seja a aliança que vem sendo tentada pela direção nacional do PT.

Para contribuir com essa unidade, estou retirando a minha pré-candidatura ao Governo do Estado. Em seguida a esse gesto, anuncio que vou, de um lado, me dedicar a disputa de um mandato de Deputado Federal e à defesa do PT e de Lula nessa campanha. De outro lado, vou contribuir com o diálogo interno para construir consensos e pactos no PT-PE, lutando para que eles contemplem - também e com prioridade - à região e o povo sertanejo que tenho o orgulho de representar na minha atuação política e que são a razão da minha militância. 

Faço um gesto concreto acreditando que ele possa estimular a todos os petistas a adotar idêntico posicionamento e, com isso, construir uma unidade sólida e vencer os desafios e disputas que temos pela frente até outubro, bem como para assegurar a vitória que, tenho certeza, teremos na eleição nacional e estadual.


Marília e Sílvio intensificam agenda na Mata Sul de Pernambuco

Marília e Sílvio intensificam agenda na Mata Sul de Pernambuco

A pré-candidata a governadora de Pernambuco, Marília Arraes (PT), esteve durante todo este sábado (14) na Zona da Mata Sul do Estado. Acompanhada do pré-candidato ao Senado, Silvio Costa (Avante), a vereadora recebeu o apoio de várias lideranças da região e visitou as cidades de Catende, Joaquim Nabuco, Palmares e Xexéu.

Em Catende, a pré-candidata foi recepcionada por Rinaldo Barros, ex-vereador e pré-candidato a deputado federal, e por César Barros, vereador da cidade. Importante liderança política da Mata Sul, o pré-candidato promoveu um grande ato em apoio ao nome de Marília. "Vamos estar juntos nessa luta, não só em Catende, mas em todo o Estado. Pernambuco precisa mudar e o nome de Marília é o melhor para todos nós", declarou Rinaldo.

Durante o encontro, que recebeu, por exemplo, os ex-prefeitos Odorico Freire, de Catende, e Armando Souto, de Água Preta, e Felipe Rodrigues, pré-candidato a deputado estadual, Marília ressaltou a importância da Mata Sul para o Estado, região que está abandonada pelo atual Governo. "A Mata Sul é uma região com um potencial econômico enorme, mas está esquecida por um Governo que não olha para o povo."

A passagem pela Mata Sul também rendeu encontros com o vice-prefeito de Joaquim Nabuco, Heleno Cabeça, que recepcionou a pré-candidata na cidade. O vereador de Xexéu, Thiago Nascimento, e o ex-prefeito da cidade Gel de Marcos, também declararam apoio.

Já em Palmares, acompanhada da vereadora Milena Melo e do pré-candidato a deputado estadual Felipe Rodrigues, Marília encontrou com Seu Chiquinho, ex-prefeito da cidade e nome histórico da região.


Luís Inácio falou, Luís Inácio avisou: “Se eu estivesse em Pernambuco eu já estaria fazendo campanha pra minha candidata MARÍLIA ARRAES!”

Luís Inácio falou, Luís Inácio avisou: “Se eu estivesse em Pernambuco eu já estaria fazendo campanha pra minha candidata MARÍLIA ARRAES!”

No dia 05 de Julho de 2018, após visita à Lula em Curitiba, Rui Falcão, ex-presidente do Partido dos Trabalhadores, ao lado do economista João Pedro Stédile transmitem o recado do lider petista sobre a candidatura de Marília Arraes, em Pernambuco.
 
“Se eu estivesse em Pernambuco eu já estaria fazendo campanha pra minha candidata Marilia Arraes!”
 

Esse é o segundo recado, desta vez, gravado em vídeo, confirmando a preferência de Lula para a candidatura de Marília Arraes ao cargo de governadora no estado de Pernambuco. 
 
Por Blog do  

Compesa inicia testes para colocar água do Rio São Francisco no Agreste Pernambucano

Compesa inicia testes para colocar água do Rio São Francisco no Agreste Pernambucano

A pré-operação da Adutora do Moxotó e da Adutora do Agreste deve iniciar em breve. 

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) começou hoje (5), a fase de testes com água, no Sistema Adutor do Moxotó. O empreendimento será a primeira ligação do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco com a região Agreste. A previsão é que no final deste mês, seja iniciada a pré-operação da adutora, com 70 quilômetros de extensão, da captação da água da Transposição na Barragem do Moxotó, localizada no distrito de Rio da Barra, em Sertânia, até a Estação de Tratamento de Água (ETA), no município de Arcoverde. 

A expectativa da Companhia é  chegar com a água do Rio São Francisco até Arcoverde, até o final de julho, e já começar a testar o trecho até Tacaimbó, pela Adutora do Agreste. 

No mês de agosto as águas do Velho Chico deverão chegar até São Caetano, depois de ter atendido Arcoverde, Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim e Tacaimbó. “A obra da Adutora do Moxotó foi a alternativa técnica encontrada pelo Governo Paulo Câmara para antecipar a chegada da água da Transposição para a região do Agreste, e a obra só será interrompida se o Governo Federal não mandar os R$ 68 milhões que estão pactuados”, pontua Roberto Tavares.


Nota da SECULT/PT-PE - “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”, mais um caso de censura institucional.

Nota da SECULT/PT-PE - “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”, mais um caso de censura institucional.

Acompanhando vergonhosamente alguns atos de censura do Prefeito do Rio, Marcelo Crivela e do Prefeito de São Paulo, João Dória, o governo de Paulo Câmara, através da sua Secretaria Estadual de Cultura, cancelou a apresentação do espetáculo “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”, que tinha como protagonista a atriz trans Renata Carvalho, no Festival de Inverno de Garanhuns, que acontecerá em julho/18. Sob o argumento de “preservar o espírito de união do Festival”, o governo estadual sucumbiu às pressões do governo municipal, como também seus aliados conservadores e fundamentalistas, que são contrários à peça. 

O espetáculo, que passou pelo crivo de um edital, foi selecionado por um modelo já consolidado de comissões de seleção da programação de espetáculo, que não passa por censura ou posição pessoal do governador. Tal atitude coloca em cheque a legitimidade das comissões de seleção dos editais do governo estadual e a necessidade da existência de tais comissões, pelo flagrante ato de autoritarismo. 
O século vinte e um tem sido marcado por uma série de conquistas do segmento populacional LGBT, nas políticas públicas e na compreensão do papel do estado, em especial da cultura, na desconstrução de concepções LGBT fóbicas, no combate a violência contra essa população, e na promoção de direitos. Em um país campeão mundial em assassinato na população trans e no estado que ocupa a 6ª colocação em assassinatos da população trans, a atitude do governo de Pernambuco, contribui para a disseminação da discriminação, busca invisibilizar o segmento e se alinha a governos autoritários, preconceituosos que cerceiam a liberdade artística e de opinião como é o caso.

O governo sai na contramão dos avanços sociais conquistados pelo segmento, não reconhece suas pautas e não favorece o legítimo e necessário debate com a sociedade em geral. Isso tudo contribui para o avanço das forças retrógadas, que se apoiam na censura e na intolerância ao que é diverso, tentando enquadrar a arte num cercadinho confortável as suas aspirações medíocres e medievais.

Nós, que compomos a SECULT PT/PE, nos posicionamos contrário à qualquer tipo de censura, pois primamos pela valorização da diversidade e por uma política cultural inclusiva, afirmativa que promova os direitos de populações vulnerabilizadas.
Não à censura!
Liberdade à arte e aos artistas!!
 
Recife (PE),02/07/2018
SECULT PT/PE