Teste de publicidades

Ministro da Justiça do governo Temer aparece em grampo da PF na operação contra frigoríficos

Ministro da Justiça do governo Temer aparece em grampo da PF na operação contra frigoríficos

Serraglio foi flagrado em grampo da PF quando era deputado federalIsaac Amorim/07.03.2017/Ministério da Justiça

O atual ministro da Justiça, Osmar Serraglio, apareceu em um grampo telefônico da PF (Polícia Federal) na investigação da Operação Carne Fraca, deflagrada nesta sexta-feira (17). Deputado federal licenciado, Serraglio substituiu Alexandre de Moraes, que vai assumir vaga no STF (Supremo Tribunal Federa), no início de março.

Serraglio fez um telefonema, quando era deputado, ao ex-superintendente regional do Ministério da Agricultura no Paraná, Daniel Gonçalves Filho — líder do esquema criminoso. Eles trataram sobre o fechamento do frigorífico Larissa, da cidade de Iporã (PR). Vale lembrar que Serraglio tem foro privilegiado.

Em nota, o Ministério da Justiça informou que "não há qualquer indício de ilegalidade nessa conversa degravada" e que a operação de hoje é um "exemplo cabal" de que o atual ministro manteve a "autonomia" da PF (leia a nota abaixo).

De acordo com a Justiça Federal, "em conversa com o deputado OSMAR SERRAGLIO, DANIEL é informado acerca de problemas que um Frigorífico de Iporã estaria tendo com a fiscalização do MAPA (o frigorífico LARISSA situa-se na referida cidade)". Veja a conversa grampeada abaixo.

Frigorífico comprava carne podre e disfarçava com química

Osmar (?): grande chefe tudo bom?
Daniel: tudo bom
Osmar (?): viu, tá tendo um problema lá em IPORÃ, cê tá sabendo?
Daniel: não
Osmar (?): o cara lá, que..o cara tá fiscalizando lá...apavorou o PAULO lá, disse que hoje vai fechar aquele FRIGORÍFICO... botô a boca...deixou o PAULO apavorado! Mas pra fechar tem o rito, num tem? Sei lá. Como funciona um negócio desse?
Daniel: deixa eu ver o que tá acontecendo...tomar pé da situação lá tá...falo com o Senhor(...)

O delegado da PF Maurício Moscardi Grillo explicou que, como Serraglio era deputado federal quando apareceu no grampo, "não poderíamos avançar em nenhuma investigação". Além disso, ressaltou que o parlamentar "não foi em nenhum momento interceptado". 

Mesmo assim, Grillo disse que o caso foi "encaminhado ao procurador-geral da República [...] para que não houvesse dúvidas sobre a investigação e a legalidade do que estava sendo apurado".

Veja a nota do Ministério da Justiça na íntegra:

"Se havia alguma dúvida de que o Ministro Osmar Serraglio, ao assumir o cargo, interferiria de alguma forma na autonomia do trabalho da Polícia Federal, esse é um exemplo cabal que fala por si só. O Ministro soube hoje, como um cidadão igual a todos, que teve seu nome citado em uma investigação. A conclusão tanto pelo Ministério Público Federal quanto pelo Juiz Federal é a de que não há qualquer indício de ilegalidade nessa conversa degravada."

Fonte: R7.com


DILMA CHUTA O PAU DA BARRACA E DIZ QUE O BRASIL É GOVERNADO POR LADRÕES

DILMA CHUTA O PAU DA BARRACA E DIZ QUE O BRASIL É GOVERNADO POR LADRÕES

Eleita com 54 milhões de votos e derrubada por um golpe parlamentar, liderado por políticos que em breve serão investigados por esquemas de corrupção, caixa dois e propina, a presidente deposta Dilma Rousseff concedeu à jornalista Maria Cristina Fernandes sua mais contundente entrevista, desde que foi afastada do poder.

Sem meias palavras, Dilma deixou claro que o Brasil hoje é governador por ladrões. Não apenas Michel Temer, mas vários de seus aliados foram apontados como corruptos por Dilma.

"O gato angorá tem uma bronca danada de mim porque não o deixei roubar. Chamei o Temer e disse: 'ele não fica'", diz Dilma, explicando por que demitiu Moreira Franco da Secretaria de Aviação Civil.

Coincidência ou não, Moreira Franco, que recentemente ganhou o foro privilegiado, aparece nas delações da Odebrecht, sendo acusado de cobrar propinas nas concessões de aeroportos.

Sobre Temer, Dilma deixa claro que é o próprio Eduardo Cunha, preso há mais de quatro meses em Curitiba, quem o chama de ladrão, nas perguntas que tentou encaminhar a ele, mas que foram vetadas pelo juiz Sergio Moro. "Lá está Eduardo Cunha dizendo que quem roubava na Caixa Econômica Federal, no FGTS, é o Temer. Leia minha filha. Alguém não sabe que o Cunha está dizendo que não foi o Yunes, mas o Temer?", questiona Dilma, mencionando ainda o ex-assessor especial José Yunes, que disse ter sido "mula" de Eliseu Padilha.

Dilma explica ainda por que não se aliou a Eduardo Cunha, para tentar evitar o golpe. "Você está falando de um gângster inteligente. Devia ajoelhar e aceitar as condições?", questiona. "Você vai me desculpar, mas eu não vou assaltar o País. Eduardo Cunha e eles assaltam o País".

A presidente legítima, que tem circulado como popstar pelo exterior, disse ainda que um de seus erros foi permitir que Michel Temer assumisse a articulação política, ao lado de Eliseu Padilha. Com isso, os dois perceberam as fragilidades da base aliada e prepararam o bote do golpe parlamentar de 2016. Padilha e outros aliados de Temer, como Geddel Vieira Lima, também são elencados por Dilma na categoria de "ladrões".

"Saber quem eles são, nós sabemos. Não tenho a menor dúvida de quem é Padilha e Geddel. Sabia direitinho. Inclusive uma parte do que sou e da minha intolerância é porque eu sabia demais quem eles eram".

Resumo da ópera: Dilma caiu porque não permitiu que a turma do PMDB, hoje no poder sem intermediários, roubasse o quanto queria.

Fonte: site 247


E SE LULA VOLTAR?

E SE LULA VOLTAR?

Por PT-Pernambuco

O ex-presidente Lula tem liderado as últimas pesquisas de intenção de voto para as eleições de 2018. O programa Super Manhã, da Rádio Jornal, realizou debate nesta quinta-feira, 16, com os convidados Bruno Ribeiro, presidente do PT estadual, o cientista político Adriano Oliveira e o jornalista Fernando Castilho. O tema do Super Manhã, com Geraldo Freire, foi “ O fator Lula nas eleições de 2018. E se Lula voltar?

Foto: Rádio Jornal

Era Lula é lembrada com bons olhos até pelos apoiadores do impeachment


O Vereador de Caruaru Daniel Finizola PT esteve com o Prefeito de Tacaimbó, Álvaro Marques PT

O Vereador de Caruaru Daniel Finizola PT esteve com o Prefeito de Tacaimbó, Álvaro Marques PT

O Vereador Daniel Finizola esteve na última terça (14) com o Prefeito de Tacaimbó, Álvaro Marques, também jovem e petista. Daniel e Álvaro conversaram sobre possíveis parcerias em busca de fortalecer a renovação qualificada da esquerda pernambucana.


 Compesa vai aumentar em 50% a oferta de água para a cidade de  Escada

Compesa vai aumentar em 50% a oferta de água para a cidade de Escada

Até a próxima semana, a Compesa inicia os testes das mudanças realizadas no
sistema de abastecimento de Escada, na Zona da Mata Sul, e que irão aumentar
em 50% a oferta de água para a população da cidade. Após estudos, a
companhia decidiu executar a inversão dos conjuntos de bombeamento que
captam água nos dois mananciais que atendem o município. Foram retirados os
equipamentos instalados no riacho de Sapocagy, que são mais potentes, para
trocar pelos conjuntos, de menor porte, que operavam no riacho de Pata
Choca. Caso não ocorram intercorrências, a operação plena do sistema também
já deve ser iniciada até o dia 25 de março.

A medida foi tomada pela companhia, tendo em vista a queda do nível de
Sapocagy - principal manancial que atende Escada e que está em pré-colapso
-e que, de 100 litros de água por segundo, passou a fornecer 40 l/s,
enquanto que Pata Choca continua com o nível regular e apresenta condições
de contribuir com o volume de 100 l/s para o abastecimento da cidade. Para
realizar as mudanças, foi necessário construir uma nova estação elevatória
no local de captação do riacho de Pata Choca. A companhia investiu cerca de
R$ 250 mil na intervenção que ainda incluiu melhorias na Estação de
Tratamento de Água (ETA) de Escada.

Desde o mês de dezembro de 2016, o calendário da cidade, que possui 46 mil
moradores, é de um dia com água para oito dias sem. Após a obra, a previsão
é que 30% da área urbana do município fique livre do rodízio e os 70%
restantes ficarão com um regime de 24 horas com água para 24 horas sem.
"Iniciamos as intervenções em setembro do ano passado e agora com
começaremos a etapa de testes. Com o remanejamento dos conjuntos de
bombeamento vamos elevar para 150 l/s a vazão de água para cidade", informa
o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Mozart Alencar.


JPT Contra a Reformada Previdência

As juventudes de todo país foram as ruas contra esta Reforma da Previdência e todos os outros ataques aos direitos da classe trabalhadora. Miilhares de trabalhadoras e trabalhadores deram um recado contundente ao golpista Michel Temer: A Aposentadoria fica, Temer sai!

#JPTnaEstrada #ContraAReformadaPrevidência #AposentadoriaFicaTemerSai #NãoÁPEC287


Dados da violência no estado mostra a violência generalizada.

Dados da violência no estado mostra a violência generalizada.

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco informa que ocorreram 977 homicídios no estado nos dois primeiros meses de 2017. Foram 480 em janeiro, 497 em fevereiro. Isso é 16,5 mortes por dia em Pernambuco. É um estado de violência generalizada, é o caos social, sem que a população tenha nenhuma perspectiva de que esta situação possa melhorar. A política de segurança do governo está morta e sepultada junto com milhares de vidas humanas.

Por Felipe Cury


Brasil só volta a crescer com presidente legítimo, defende Lula

Brasil só volta a crescer com presidente legítimo, defende Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva condenou, mais uma vez, o desmonte da Previdência e dos direitos dos brasileiros. Durante ato contra a proposta do governo golpista para a aposentadoria, na Avenida Paulista, em São Paulo, Lula voltou a criticar a política econômica de Michel Temer e afirmou: “querem impor goela abaixo da sociedade uma reforma da aposentadoria”.

Lula ainda reforçou que o brasileiro não está “contente” com o atual governo. “Quem pensa que o povo está contente, esse povo só vai parar quando elegerem um governo democraticamente eleito”.

O ex-presidente exaltou a capacidade de luta dos movimentos sociais e da mobilização realizada neste dia 15 de março. “A gente tem que entender que somente o povo nas ruas e usando instrumento de luta, e somente quando tiver um presidente legítimo, a gente vai fazer esse país voltar a crescer”.

“Eu queria que o (Henrique) Meirelles e Temer ouvisse o recado de vocês. Querem resolver o problema da Previdência? Ao invés de fazer uma reforma para cortar direitos, façam a economia voltar a crescer”, disse para cerca de 200 mil pessoas que participavam do ato, segundo as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

“Querem resolver o problema da Previdência? Ao invés de fazer uma reforma para cortar direitos, façam a economia voltar a crescer”

“Quando nos geramos 22 milhões de emprego, quando todas as categorias tinham aumento acima da inflação, a Previdência crescia sua arrecadação”, lembrou o ex-presidente.

Sobre a proposta de desmonte da Previdência, Lula deu a solução e relembrou: “um dia nesse país nós resolvemos o problema da Previdência incluindo os pobres no orçamento”.

Lula cobrou que o governo golpista faça a economia crescer e gere empregos, ao invés de fazer reformas para tirar direitos. “Nós queremos ter o direito de voltar a sermos respeitados com dignidade”.

Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Lula na Paulista

Além disso, o ex-presidente condenou a transferência das estatais brasileiras ao mercado privado, com a venda de ativos da Petrobras e a abertura do pré-sal ao capital estrangeiro.

“O Temer deveria ser presidente de uma empresa, para vender o que ele produzisse e não vender os bens do povo brasileiro”.

Mais uma vez, o ex-presidente relembrou sucessos de seu governo na Presidência na República, como o respeito internacional conquistado neste período e criticou os retrocessos com as medidas implementadas pelo governo golpista. “Esse país já foi respeitado, era admirado nos Estados Unidos, Rússia, China, Índia, Argentina, África, América latina

“Hoje nós temos um presidente que não tem nem coragem de ir para a Bolívia e para o Uruguai”, criticou.

Para ele, o golpe aplicado contra a presidenta eleita Dilma Rousseff teve o intuito de colocar, na Presidência da República, “um cidadão sem nenhuma legitimidade para acabar com as conquistas sociais do povo”.

Ouça aqui discurso na íntegra:

Da Redação da Agência PT de Notícias


Telefonema: Lista de Janot Dá M... Geral


Nasce uma nova musa da luta contra a reforma da previdência

Nasce uma nova musa da luta contra a reforma da previdência

Por Américo Rodrigo

 
Quando a imagem já vem com a legenda. 
Mulheres na luta contra a Reforma da Previdência. Cerca de duas mil pessoas foram às ruas hoje em Caruaru.
#CaruaruNaLutaContraaReformaDaPrevidencia
#MandatoPopular
#MandatoFinizola

Mais de 40 mil pessoas no ato contra a reforma da previdência nas ruas de Recife

Mais de 40 mil pessoas no ato contra a reforma da previdência nas ruas de Recife

Jovens, idosos, crianças e trabalhadores das mais diversas categorias. Esse era o quadro que compunha as mais de 40 mil pessoas que foram às ruas nesta quarta-feira (15) em Recife para defender sua aposentadoria. A multidão gritava palavras de ordem contra o governo golpista de Michel Temer (PMDB)

Várias lideranças políticas, sindicais e dos movimentos sociais, do campo e da cidade – Carlos Veras (CUT Pernambuco), Bruno Ribeiro (PT Estadual), Teresa Leitão (deputada estadual), Marília Arraes (vereadora do Recife) –, condenaram a proposta de reforma da previdência e alertaram a sociedade sobre a ameaça aos direitos dos trabalhadores.

Marília Arraes afirma que no Recife milhares de homens e mulheres mostraram que estamos prontos para a luta por nossos direitos

Marília Arraes afirma que no Recife milhares de homens e mulheres mostraram que estamos prontos para a luta por nossos direitos

"No Recife milhares de homens e mulheres mostraram que estamos prontos para a luta por nossos direitos, no ato contra as reformas defendias pelo governo golpista. As manifestações estão acontecendo em dezenas de cidades brasileiras." 
#NenhumDireitoAMenos
#ForaGolpistas