Teste de publicidades

Nasce uma nova musa da luta contra a reforma da previdência

Nasce uma nova musa da luta contra a reforma da previdência

Por Américo Rodrigo

 
Quando a imagem já vem com a legenda. 
Mulheres na luta contra a Reforma da Previdência. Cerca de duas mil pessoas foram às ruas hoje em Caruaru.
#CaruaruNaLutaContraaReformaDaPrevidencia
#MandatoPopular
#MandatoFinizola

Mais de 40 mil pessoas no ato contra a reforma da previdência nas ruas de Recife

Mais de 40 mil pessoas no ato contra a reforma da previdência nas ruas de Recife

Jovens, idosos, crianças e trabalhadores das mais diversas categorias. Esse era o quadro que compunha as mais de 40 mil pessoas que foram às ruas nesta quarta-feira (15) em Recife para defender sua aposentadoria. A multidão gritava palavras de ordem contra o governo golpista de Michel Temer (PMDB)

Várias lideranças políticas, sindicais e dos movimentos sociais, do campo e da cidade – Carlos Veras (CUT Pernambuco), Bruno Ribeiro (PT Estadual), Teresa Leitão (deputada estadual), Marília Arraes (vereadora do Recife) –, condenaram a proposta de reforma da previdência e alertaram a sociedade sobre a ameaça aos direitos dos trabalhadores.

Marília Arraes afirma que no Recife milhares de homens e mulheres mostraram que estamos prontos para a luta por nossos direitos

Marília Arraes afirma que no Recife milhares de homens e mulheres mostraram que estamos prontos para a luta por nossos direitos

"No Recife milhares de homens e mulheres mostraram que estamos prontos para a luta por nossos direitos, no ato contra as reformas defendias pelo governo golpista. As manifestações estão acontecendo em dezenas de cidades brasileiras." 
#NenhumDireitoAMenos
#ForaGolpistas


População de Aliança, na Zona da Mata, será beneficiada com obra de melhoria de abastecimento

População de Aliança, na Zona da Mata, será beneficiada com obra de melhoria de abastecimento

Na cidade de Aliança, localizada na zona da Mata, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) concluiu um empreendimento que possibilitou o fornecimento de água durante 24 horas para os moradores do município. Agora a população tem mais água nas torneiras, sem que para isso a companhia tenha necessitado investir no aumento da vazão de água destinada para a cidade. A melhoria no abastecimento foi possível graças a uma obra de adequação e expansão da rede de distribuição de água, por meio de ações de setorização e redução de perdas do sistema, concluída no mês de fevereiro.

 

A companhia instalou válvulas redutoras de pressão (VRP), que são dispositivos de controle para evitar grandes pressões nas tubulações e, consequentemente, estouramentos e vazamentos. Além disso, foram implantadas e substituídas 11.500 metros de rede de distribuição da cidade - que foram interligadas à rede já existente - e instaladas mais de 2.000 unidades de hidrômetros. Também foi construído um reservatório com capacidade para 70.000 litros, volume suficiente para atender o setor central da cidade, e providenciada a automação do sistema. A obra recebeu o investimento no valor de R$ 3,3 milhões, recursos próprios da Compesa e da Caixa Econômica Federal.

 

Com essas medidas, a companhia retirou Aliança do regime de calendário de abastecimento, que era de dois dias com água e quatro dias sem. "Essas intervenções garantiram a ampliação do sistema de abastecimento de água, inclusive, com um volume de água inferior ao que era praticado anteriormente a esta obra. Isso porque foi feito um investimento em redução de perdas, como o aumento da medição e micromedição", explica o gerente de Unidade de Negócio da Compesa, Denis Fernando Mendes, informando que o Rio Siriji fornece água para Aliança por meio de duas captações, sendo uma local e outra a partir do Sistema Integrado Siriji. Somando as duas captações, são destinados 65 litros de água por segundo para o município.


Protesto contra a Reforma da Previdência acontece no Centro do Recife

Protesto contra a Reforma da Previdência acontece no Centro do Recife

Recife/PE

Manifestação contra a Reforma da Previdência toma as ruas da cidade. Movimentos sociais e sindicais unidos na defesa dos direitos do povo brasileiro.

#DiaNacionaldeLuta #GreveGeral #QueroMeAposentar #TotalmenteContra 


Lula vai ao Nordeste para grande festa da Transposição do Velho Chico

Lula vai ao Nordeste para grande festa da Transposição do Velho Chico

O próximo domingo (19), será dia de festa no Nordeste. Isso porque o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai até a cidade de Monteiro, no interior da Paraíba, celebrar a conclusão das obras do eixo leste do Projeto de Transposição do São Francisco. A presidenta eleita Dilma Rousseff também deve comparecer e conferir de perto a situação. Iniciado por Lula em 2007 e continuado por Dilma de 2011 a 2016, o projeto chegou a quase 90% de conclusão na gestão petista.

“Foi Lula quem tirou do papel o sonho da Transposição, maior obra hídrica no Nordeste e que teve seu andamento assegurado pela presidenta Dilma. Neste momento, em que as águas do Velho Chico chegam a cidades do semiárido de Pernambuco e Paraíba, é preciso fazer justiça aos governos do PT, responsáveis por este sonho de 14 milhões de sertanejos virar realidade”, explicou o senador Humberto Costa (PT-PE), que vai acompanhar o ex-presidente na visita ao sertão.

Em 2010, Lula já havia afirmado que o povo do sertão não sofreria mais com a seca. “O sertão nunca mais voltará a ser motivo de estudos sociais para medir a fome e a miséria. O sertão vai fazer parte do Brasil desenvolvido”, disse o ex-presidente.

Na última sexta-feira (10), o golpista Michel Temer participou de uma cerimônia na mesma cidade, mas barrou a entrada da população, a maior beneficiada pelo projeto do “Velho Chico”. Ainda assim, o presidente usurpador obrigado a escutar diversas pessoas gritando Fora Temer e clamando pelo nome de Lula.

 

 

 

 

 

 

Outros golpistas tentaram ganhar crédito pela obra de Lula, como o governador do Estado de São PauloGeraldo Alckmin (PSDB), que sobrevoou uma usina de bombeamento. Ele não levou em conta que há poucos anos os tucanos atacavam o Projeto de Transposição. Aécio Neves chegou a gravar um vídeo dizendo que os trabalhos não seriam concluídos. Em outras ocasiões, parlamentares do PSDB chamaram a transposição de “erro histórico” e “mentira”.

Desde que parte das obras de Transposição do São Francisco foram concluídas, a população tem gravado vídeos para celebrar a chegada da água, lembrando sempre o nome de Lula e Dilma.

 

 

 

 

 

 

 

 

Da Redação da Agência PT de notícias


ATÉ QUANDO PERNAMBUCO? Passageiros fecham Terminal da Macaxeira em protesto contra demora de ônibus no Recife

ATÉ QUANDO PERNAMBUCO? Passageiros fecham Terminal da Macaxeira em protesto contra demora de ônibus no Recife

                                                                                           

Passageiros de ônibus do terminal da Macaxeira, próximo à BR-101, fecharam a entrada e saída de coletivos no local, na manhã desta terça-feira (14), em protesto contra o atraso nas saídas da linha 520 - Macaxeira/Parnamirim. De acordo com os manifestantes, a demora é constante, causando atrasos no cotidiano de quem precisa utilizar o T.I. para chegar à Zona Norte do Recife.

Os passageiros decidiram impedir a circulação dos coletivos por volta das 8h30. Fotos enviadas ao WhatsApp da TV Globo mostram dezenas de pessoas conversando com policiais militares, que foram acionados para controlar a situação. O terminal foi liberado por volta das 9h. Ainda segundo os manifestantes, a frota do Macaxeira/Parnamirim estaria sendo reduzida nos horários de pico.

A diarista Fernanda Antônia da Silva mora em São Lourenço da Mata, no Grande Recife, e passa pela Macaxeira todos os dias para chegar à Jaqueira, onde trabalha. Segundo ela, o atraso é diário. “Chegou no limite. Os passageiros já tentaram fechar o terminal algumas vezes, mas nunca conseguiram. Hoje, foi demais, estava inviável. Tive que pegar um Uber para chegar ao trabalho”, explicou.

Segundo a assessoria de imprensa do Grande Recife Consórcio de Transporte, atualmente, a linha conta com 18 veículos. Em nota, o consórcio afirma que a demora na circulação dos coletivos se deve aos engarrafamentos constantes em vias como a 17 de Agosto, Rua do Futuro, Rua Amélia e Rosa e Silva, o que impossibilita o trajeto dentro do prazo estabelecido. Especificamente na manhã desta terça-feira (14), a situação piorou, por causa das chuvas da madrugada.

Ainda segundo o Grande Recife, usuários de outras linhas, que estavam dentro do T.I., não concordaram com o movimento dos passageiros da linha 520. O terminal ficou sem operação durante 30 minutos.


Plenária de Nivelamento do Diálogo Itinerante.

CONVITE

Companheirada,
convidamos tod@s a participar da Plenária de Nivelamento do Diálogo Itinerante.

Pauta:
- Os termos na montagem da chapa de delegad@s para o Congresso Estadual do PT;

- Discussão e encaminhamento sobre a mobilização d@s filiad@s;

- Informes.

- 16/03/2017 - quinta -feira. 
- 19h.
- Sede do PT estadual.

Saudações petistas,
Fernando Ferro - Avante Socialismo Século 21;
Edmilson Menezes - Diálogo e Ação Petista
José de Oliveira - Coletivo O Quilombo Petista.


Vereador Daniel Finizola (PT) Convoca a População Caruaruense Para Greve Geral Nacional da Educação

Vereador Daniel Finizola (PT) Convoca a População Caruaruense Para Greve Geral Nacional da Educação

Amanhã é dia de greve geral.

Dentro das programações de paralisação programadas para todo o país, Caruaru fará parte das ações contra a Reforma da Previdência e pelo cumprimento da Lei do Piso salarial Nacional para a educação.

É extremamente importante que estejamos cada dia mais organizados/as na luta pela garantia dos direitos dos/as trabalhadores/as, que vem sendo atacada todos os dias por um governo ilegítimo que não se posiciona onde deveria estar: ao lado do povo.


Passageiros reclamam de mudança nas linhas de ônibus que circulam pela Avenida Caxangá

Por G1 PE

Há um pouco mais de um mês, oito linhas de ônibus deixaram de ir do subúrbio ao Centro da capital para deixar passageiros na Avenida Caxangá, ao fazer parte da integração temporal da via com o corredor Leste-Oeste do BRT. Para o Grande Recife Consórcio de Transporte, a mudança representa mais comodidade para o passageiro e um ganho no tempo da viagem. Porém, os usuários do sistema reclamam de ônibus lotados, demora para chegar ao destino e problemas na compra do Vale Eletrônico Metropolitano (VEM). (Veja vídeo acima)

Agora, para utilizar o sistema é necessário pagar só a primeira passagem, desde que o embarque no segundo ônibus seja feito em até duas horas depois. Esse pagamento pode ser realizado apenas com o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM).

A empregada doméstica Gilda Gonçalves acredita que era feliz no transporte público do Recife e não sabia. Há 30 dias, o percurso de casa para o trabalho se tornou bem mais cansativo. "Antes eu gastava quarenta minutos para chegar no trabalho. Agora, eu saio de casa às 5h30 para chegar no trabalho às 7h30. E olha que eu vim imprensada na porta do ônibus", conta.

A reclamação mais frequente é exatamente esta: ônibus comuns e BRTs lotados. A dona de casa Irene Galdino não aguentou mais e resolveu trocar o meio de transporte pela disposição. Ela acha mais rápido fazer um trecho do caminho a pé de casa até a Estação Caiara, na Caxangá.

“Venho andando porque, se for esperar o [ônibus] Engenho do Meio, é mais atraso ainda. Gasto 10 minutos caminhando. Se fosse mudando de ônibus, dava quarenta minutos a mais. Preferia antes que era uma viagem só”, diz.

Com a novidade, são oito linhas que sofreram alteração. São elas: Engenho do Meio, Brasilit, Avenida do Forte, Sítio das Palmeiras, Torrões, Roda de Fogo, Monsenhor Fabrício e Barbalho/Detran. Ao todo, a novidade afeta 27 mil passageiros, segundo o Grande Recife Consórcio.

A auxiliar de serviços gerais Conceição Nilo saiu de Chã Grande, na Zona da Mata Sul, para uma consulta no Recife. Para usar o BRT, ela teria que comprar o VEM. Entretanto, quem precisou comprar o cartão nesta segunda-feira (13) encontrou dificuldade em duas das três estações percorridas pela reportagem, pois as máquinas estavam quebradas.

“A gente está na parada há meia hora, uma hora, mas não conseguimos pegar o ônibus se não tiver o cartão. Isso mesmo com dinheiro. Parece que nosso dinheiro não vale mais. A consulta está marcada há quatro meses e é bem provável que eu não consiga ser atendida”, afirma.

 

Respostas

 

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) concordou que algumas máquinas de venda do VEM apresentaram falhas no fim de semana. Segundo a Urbana-PE, elas foram consertadas e já estão funcionando. O cartão pode ser carregado nos Terminais de Integração, no posto de atendimento na Rua da Soledade, na área central do Recife, e pela internet.

Já o Grande Recife Consórcio de Transporte informou que continua acompanhando a mudança e fazendo alterações sempre que necessário. Disse também que o total de BRTs previsto para a integração Avenida Caxangá era de 59 veículos. Depois dos ajustes, há um mês, passou para 66 ônibus. Contudo, não divulgou o que será feito a partir das reclamações.

“O usuário que tem como destino a Avenida Conde da Boa Vista, e que utiliza a linha de BRT 2441 – Av. Caxangá (BR-101)/Centro, contou com ganho de acréscimos de veículos. Antes essa linha operava com 6 e agora conta com 12 ônibus. O desembarque dessa linha, na Avenida Conde da Boa Vista, que é feito em duas estações provisórias de BRT também teve seu horário ampliado, passando de 5h às 9h para 5h às 12h.

Já o passageiro que tem como destino a Avenida Conde da Boa Vista e deseja utilizar linhas convencionais ganhou acréscimos de veículos em duas delas. A 2439 – Av. Caxangá (BR – 101)/Conde da Boa Vista, que antes operava com quatro veículos, foi ampliada para oito carros. E a 2446 – UR-07, que operava com oito ônibus, teve um acréscimo de um veículo, passando a operar com nove”.

http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/passageiros-reclamam-de-mudanca-nas-linhas-de-onibus-que-circulam-pela-avenida-caxanga.ghtml


Vídeo narrado por Wagner Moura explica as ameaças da reforma da Previdência

por Redação RBA 
 
REPRODUÇÃO/TVT
reforma da previdência

Transformando o INSS em funerária: "As pessoas vão se aposentar no caixão"

São Paulo – Em vídeo produzido pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) para a Frente Povo Sem Medo, o ator Wagner Moura narra as ameaças aos direitos dos trabalhadores contidas na reforma da Previdência proposta pelo governo Temer e que tramita atualmente no Congresso Nacional. Idade mínima de 65 anos, igualando homens e mulheres, e os 49 anos de contribuição exigidos para ter acesso à aposentadoria integral são os pontos principais criticados no vídeo, também veiculado pelo Seu Jornal, da TVT

"Querem aprovar a idade mínima para aposentadoria aos 65, isso num país onde muitos morrem antes disso. A expectativa de vida em várias regiões do norte e nordeste está abaixo de 65 anos. Nas periferias das grandes cidades, também. Em São Paulo, por exemplo, bairros como Capão Redondo, São Mateus, Grajaú e tantos outros têm média de vida menor que 65 anos. Assim vão transformar o INSS numa funerária. As pessoas vão se aposentar no caixão", descreve o vídeo. Ele lembra ainda que o presidente Michel Temer se aposentou aos 55 anos, ganhando mais de R$ 30 mil. 

Por conta da dupla jornada submetida às mulheres, que trabalham fora e têm de cuidar dos filhos e das tarefas domésticas, igualar a idade mínima entre homens e mulheres é "uma tremenda injustiça", diz o texto. 

"O Brasil ainda é um país machista e a maior parte dos serviços domésticos, infelizmente, sobra para mulheres. Com esse acúmulo de trabalho, é justo que as mulheres se aposentem antes, como é hoje. A reforma da Previdência quer acabar com esse direito."

Sobre os 49 anos de contribuição, o vídeo alega que essa é uma condição inacessível para a maioria dos trabalhadores brasileiros. "Quem trabalha por conta, sem registro, não conta. Se ficar desempregado, esse tempo também não conta. Ou seja, para alguém se aposentar com salário integral aos 65 anos, tem que começar a trabalhar aos 16 anos com carteira assinada e permanecer assim até os 65. Não pode ficar desempregado e nem deixar de contribuir nenhum dia. É possível isso?"

Por fim, Wagner Moura apela para a mobilização popular para barrar a reforma: "Essa proposta já está no Congresso Nacional. Eles querem votar isso rápido, nas próximas semanas, para não dar tempo de a população entender o que está acontecendo e conseguir se mobilizar. Isso não pode acontecer. Junte-se a essa luta. Ligue e mande mensagens pelas redes sociais para o seu deputado e senador. Venha para as mobilizações do Povo Sem Medo, em defesa da aposentadoria e dos nossos direitos. Ainda dá tempo, antes que acabem com o nosso futuro."

 


Contra ‘reforma criminosa’, movimentos vão às ruas do país

Contra ‘reforma criminosa’, movimentos vão às ruas do país

por Giselly Santos/ Leia Já

 

A pressão dos movimentos sociais e partidos de oposição contra a aprovação da reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional, tem sido uma constante nas últimas semanas. Na próxima quarta-feira (15), a postura ganhará um reforço. Isso porque eles pretendem sair às ruas do país em manifestação para refutar a atualização das regras previdenciárias. 

No Recife, o ato que integra o Dia Nacional de Paralisação Contra a Reforma da Previdência será às 9h, com concentração na Praça Oswaldo Cruz, no bairro da Boa Vista. De acordo com o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Pernambuco, Carlos Veras (PT), diversas categorias do setor público vão paralisar as atividades neste dia e os professores vão protagonizar uma greve nacional na capital pernambucana.