Teste de publicidades

Nota da Secretaria de Cultura do PT/PE contra a higienização do carnaval do Recife

Nota da Secretaria de Cultura do PT/PE contra a higienização do carnaval do Recife

A Secretaria de Cultura do PT/PE vem se posicionar contrária à mudança de data e local proposta pela Prefeitura do Recife, para realização do desfile/concurso das agremiações carnavalescas tradicionais, no carnaval de 2018. Numa clara tentativa de higienizar o carnaval recifense, a mudança proposta pela Prefeitura numa reunião com carnavalescos, no último dia 30/10, retira o desfile/concurso da Av. Nossa Senhora do Carmo e o põe num trecho da Av. Alfredo Lisboa, que se inicia no Forte do Brum e encerra nas proximidades do Museu Cais do Sertão. Além disso, o desfile/concurso passaria a ser realizado na semana pré, e não mais durante o carnaval. Não bastando a crescente falta de apoio que assola as agremiações, ano após ano, retira-las da visibilidade dos dias de carnaval é considera-las manifestações de segunda categoria e joga-las num ostracismo impensável para clubes, maracatus e caboclinhos históricos, entre outros. Essas manifestações, algumas delas patrimônio imaterial estadual, nacional e da humanidade, precisam ser valorizadas, ocupando a área central da cidade, nos dias de carnaval. Suas agremiações precisam receber o apoio necessário do poder municipal, para que possam cumprir com suas apresentações, e mostrar a riqueza da diversidade cultural do nosso Estado. A alma do nosso carnaval está sendo atacada, e não vamos calar diante desse despropósito! Deixem nosso carnaval em paz!

Recife, 01 de novembro de 2017


Acorda meu Povo! 10 de novembro, dia nacional de mobilização em defesa dos direitos!

Acorda meu Povo! 10 de novembro, dia nacional de mobilização em defesa dos direitos!

Acorda meu Povo! 10 de novembro, dia nacional de mobilização em defesa dos direitos!
As 9hs da manhã na Praça do Derby, Recife, Pernambuco. A nova Lei Trabalhista, que entre em vigor dai 11/11/2017, precariza as relações de trabalho e dá autonomia aos patrões para negociaram o que quiserem com seus empregados, como: aumento da jornada de trabalho, redução de salários, diminuição do intervalo de almoço, férias, 13º salário. Tudo isso poderá ser negociado diretamente, sem a intervenção do Sindicato. 

Acorda meu Povo! 10 Novembro, Assembleia Geral da Classe Trabalhadora.
As 09hs da manhã na Praça da Democracia no Derby!


Sessão na Assembleia Legislativa vai discutir ameaças de privatização da Copergás

Sessão na Assembleia Legislativa vai discutir ameaças de privatização da Copergás

Na próxima segunda-feira (6/11) a Assembleia Legislativa realizará um grande expediente especial para discutir a ameaça de privatização da Copergás (Companhia Pernambucana de Gás). A sessão é de autoria da deputada estadual Teresa Leitão (PT) e ocorrerá às 15h no auditório Sérgio Guerra.

 

A Copergás é uma das empresas mais lucrativas do Estado de Pernambuco, motivo pelo qual o Sindicato dos Petroleiros dos Estados de Pernambuco e da Paraíba acredita que há um movimento de preparação para privatização da companhia. Portanto, o Grande Expediente Especial será uma oportunidade de esclarecimentos. A Copergás é uma empresa de economia mista.

 

"O gás natural é um insumo estratégico para a indústria pernambucana e para o fortalecimento da atividade produtiva no Estado", diz Teresa Leitão.

 

A deputada também explica que em 20 anos de operação a Copergás tem "sistematicamente" alçado lucros elevados, impulsionada pela ampliação de sua estrutura. Para ela, é preciso que a sociedade pernambucana tenha todo o esclarecimento por parte do Governo do Estado sobre as suspeitas de privatização da empresa.

 

Serviço:

Grande Expediente Especial Sobre a Copergás

Data/Hora: segunda-feira, 6 de novembro, a partir das 15h

Local: Auditório Sérgio Guerra, Assembleia Legislativa de Pernambuco


No Nordeste Lula é Rei. Mexe com ele Sérgio Moro!

No Nordeste Lula é Rei. Mexe com ele Sérgio Moro!

IBOPE: LULA JÁ TEM QUASE 60% DOS VOTOS DO NORDESTE

 
O Ibope divulgou nesta segunda-feira, 30, a íntegra da pesquisa contratada pelo jornal O Globo, que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na liderança isolada para a campanha presidencial de 2018, com 35% de intenções de voto.
Alguns detalhes interessantes revelados pela íntegra da pesquisa mostram que Lula ganhou força em todos os segmentos sociais: em todas regiões, faixas de renda, níveis de escolaridade e idade.
Na região Nordeste, onde Lula realizou uma caravana entre os dias 17 de agosto e 5 de setembro, o líder petista detém na menos que 57% das intenções de voto, contra 8% do deputado Jair Bolsonaro e apenas 1% do governador Geraldo Alckmin (PSDB). A região Nordeste concentra 26% do total de eleitores do País.
Como lembrou o jornalista Miguel do Rosário, do Cafezinho, entre os brasileiros que ganham até um salário, Lula lidera com 49%, contra 5% de Bolsonaro e 5% de Alckmin. Esta faixa da população representa 26% do eleitorado.
Já entre os brasileiros que se declaram negros ou pardos, que representa 60% dos eleitores brasileiros segundo o Ibope, Lula tem 41% das intenções de vota, contra 13% de Bolsonaro e 3% de Geraldo Alckmin.
No geral, Lula tem 35% das intenções de voto. Nos resultados da espontânea, Lula tem 26% das intenções.
 
Por Blog Motiva Gente

FELIPE CURY: Audiência Pública sobre a Vila Naval/Santo Amaro.  Queremos uma cidade para todos!

FELIPE CURY: Audiência Pública sobre a Vila Naval/Santo Amaro. Queremos uma cidade para todos!

Parte da intervenção do ativista social e membro do nosso movimento Resiste Santo Amaro Felipe Cury hoje na audiência pública sobre a Vila Naval /Santo Amaro Norte. 
Nossa luta é por uma cidade socialmente justa para todos. E principalmente para o povo de Santo Amaro e os trabalhadores(as) do Recife. 

"Pontos que não estão claros tem que ser amarrados. Qual o tamanho do impacto deste projeto no meio ambiente e na mobilidade? Existe viabilidade econômica para implantação do projeto? Qual vai ser a fonte dos recursos? Quais as benfeitorias a serem realizadas nas comunidades? Tudo está em aberto. Queremos um projeto que seja bom para cidade e não apenas para um setor econômico." Diz Felipe Cury

#ResisteSantoAmaro 
#aCidadeResiste


Transformação - Exposição Lu&Lu CriArte

Transformação - Exposição Lu&Lu CriArte

Com o objetivo de fortalecer e valorizar a identidade cultural do Estado, a mostra “Transformação - Exposição Lu&Lu CriArte”, estará aberta ao público dia 18 de novembro, a partir das 15h.

O evento acontece na  rua Gervásio Campelo,54, bairro Prado - Recife, Se você está pensando em opções baratas de presentes para o Natal, essa é uma boa oportunidade.

Chegou novembro e já nos preparamos para as celebrações de FIM DE ANO:
- amigo secreto 
- confraternizações

Enfim...

Em tempos de escassez, VALORIZE o artesão e a artesã, o/a artista local.

Luciano e eu somos o Lu&Lu CriArte. Venha conhecer e COMPRAR nossas peças.


Pernambuco investe em tecnologia para melhoria dos sistemas de abastecimento de água

Pernambuco investe em tecnologia para melhoria dos sistemas de abastecimento de água

No próximo ano, 750 unidades serão automatizadas no Estado; Compesa conta com um programa inédito dentre as companhias do país, que prevê o investimento de R$ 210 milhões em automação até 2020

 

 

Bastante difundida em diversos setores da indústria, a automação ainda é um recurso pouco presente no saneamento brasileiro. Mas não em Pernambuco. Até o final de 2018, o Governo Paulo Câmara fará com que a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) tenha 60% de suas unidades operacionais de água automatizadas. O Programa de Automação (PROAUT) está inserido no planejamento estratégico da empresa e já possibilitou a automação de 450 unidades, como Estações Elevatórias (bombeamento), Estação de Tratamento de Água, captações (em rios e barragens), reservatórios e poços. E está em andamento o processo de automação de outras 300 unidades, somente na Região Metropolitana do Recife e no município de Goiana, na Zona da Mata Norte, no qual o investimento é de R$ 30 milhões. Os recursos são viabilizados pelo Governo Paulo Câmara, por meio de financiamentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e CAIXA.

 

Hoje, a Compesa é uma das quatro companhias do país que mais avançou na aplicação de recursos de automação em sistemas de abastecimento de água. O PROAUT é uma iniciativa inédita na área do saneamento do Brasil e prevê investimentos em automação no valor de R$ 210 milhões com a execução de 37 projetos até o ano 2020, dentre os quais R$ 90 milhões já foram investidos. “Trata-se de um grande programa de investimentos em tecnologia, cuja meta é tornar o nosso sistema mais eficiente, melhorando a continuidade do abastecimento e oferecendo um serviço mais satisfatório para a população. O nosso objetivo é chegar a 750 unidades automatizadas até o final do próximo ano”, informou o presidente da companhia, Roberto Tavares, acrescentando que outros benefícios com o programa são a redução de perdas e de custos operacionais.

 

Com a automação, os sistemas de abastecimento são modernizados e funcionam de forma autônoma com a supervisão, o controle e o comando realizados de forma remota pelos Centros de Controle Operacionais (CCOs). Equipamentos inteligentes são aplicados nas unidades operacionais para fazer o controle do acionamento de bombas e válvulas, e ainda coletar as informações mais relevantes dos sistemas de abastecimento - medição de níveis de reservatórios, vazões e pressões nas tubulações, níveis de qualidade da água e consumo de energia elétrica.

 

Hoje, a Compesa conta com um Centro de Controle Operacional no Recife, que supervisiona e controla os sistemas da RMR, e com cinco centros regionais localizados em Paudalho, Caruaru, Belo Jardim, Ouricuri e Petrolina. Os sistemas produtores de água de Pirapama, Tapacurá e Suape, situados na RMR, além dos sistemas adutores do Oeste, Jucazinho, Belo Jardim, Siriji e Afrânio/Dormentes, situados no interior do estado, já contam com unidades automatizadas e interligadas aos Centros de Controle.


COMPESA

COMPESA

 
A Compesa  informa que  todas as providências já foram adotadas para a regularização do abastecimento de água de localidades da Zona Norte  do Recife, atendidos pelo  Sistema dos Morros, que voltou a funcionar nesta tarde (31)  após os serviços de manutenção, que envolveu a substituição de bombas, válvulas e registros da Estação Elevatória dos Morros ( sistema de bombeamento). Porém, a companhia adianta que a regularização do fornecimento de água será gradual e seguirá o calendário de distribuição de cada rua e bairro. Como as localidades afetadas (áreas de morros) possuem um  rodizio de um dia com água e até três dias sem, serão necessários dois ciclos de abastecimento para que os moradores dessas localidades consigam receber  água com a mesma pressão  e vazão do atendimento habitual. A Compesa informa ainda que o problema de abastecimento nas localidades de Água Fria, Alto Santa Terezinha, Bomba do Hemetério, Beberibe,  Alto do Pascoal, Alto da Bela vista e Alto José Bonifácio  começou  quando dois motores queimaram. Os serviços de manutenção foram efetuados, mas os equipamentos voltaram a apresentar problemas eletromecânicos. Na última sexta-feira ( 27), a Estação Elevatória dos Morros  voltou a  funcionar  e  foi retomada a distribuição de água na região. Durante o  último fim de semana, entretanto, os técnicos que estavam acompanhando o abastecimento, perceberam uma acentuada queda de vazão do sistema e constataram que várias áreas não estavam recebendo água. Os técnicos  promoveram nova avaliação dos conjuntos de bombas e optaram por nova paralisação do sistema, desta vez, para substituir  os equipamentos danificados, intervenções que foram finalizadas hoje à tarde.

Nosso compromisso é com a Educação Publica de qualidade

Nosso compromisso é com a Educação Publica de qualidade

Presidenta do PT e a coordenadora do Setorial Nacional de Educação reafirmam a gratuidade do ensino público como política partidária inequívoca

 

O Partido dos Trabalhadores tem como princípio a defesa do ensino público, gratuito, laico e de qualidade, fruto de lutas históricas que têm buscado a universalização da educação como direito de todas e todos, particularmente desde o processo constituinte e de elaboração da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB), com as decisivas contribuições do Fórum Nacional em Defesa da Escola Pública.

O direito à educação como meio de acesso ao conhecimento científico, tecnológico e filosófico é condição de existência da cidadania e de uma sociedade capaz de impulsionar o desenvolvimento sustentável no plano  econômico e social, visando a superação  das desigualdades, a garantia dos direitos humanos, o fortalecimento das práticas democráticas e a soberania nacional.

Em todas as campanhas eleitorais, nossos candidatos ao executivo e ao legislativo têm se comprometido com a educação pública, que foi fortemente defendida nas campanhas vitoriosas do Presidente Lula e da Presidenta Dilma.

Em nossos governos municipais e estaduais, as políticas educacionais desenvolvidas fortaleceram a educação pública.

Nos treze anos em que o PT esteve à frente do Governo Federal, foram tomadas medidas, em todas as etapas e modalidades da educação, para democratizar o acesso, a permanência e ampliar a qualidade nas unidades de educação básica e no ensino superior.

Além de aumentar de modo significativo os recursos para a educação para atender a demanda, as vagas para o ensino superior público dobraram no período. Foi aprovada a reserva de vagas de 50% para os alunos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas em todos os cursos e turnos nas universidades federais (Lei12.711/12).

Ainda cabe lembrar, que essas vagas asseguraram a matrícula de estudantes pretos, pardos, indígenas, conforme a distribuição de suas etnias em cada estado da federação e pessoas com deficiência.

Até que essas medidas fossem tomadas, os estudantes das escolas públicas ocupavam cerca de 48% das vagas nas federais, só que, apenas nos cursos considerados de menor prestígio e com pequena disputa. Os estudantes de maior poder aquisitivo ocupavam praticamente todas as vagas em cursos como medicina, direito, engenharias e outros.

Com a legislação de reserva de vagas cuja disputa chegou até o Supremo Tribunal Federal, os estudantes advindos da escola pública ocupam hoje metade das vagas em qualquer curso e turno nas universidades federais.

O Plano Nacional de Educação aprovado por unanimidade, como lei pelo Congresso Nacional, impõe o aumento gradativo dos investimentos em educação até atingir 10% do PIB, para financiar toda a educação, desde a educação infantil até a pós-graduação nas instituições públicas.

A Emenda Constitucional 95, que limita os recursos para as políticas públicas, está impondo restrições orçamentárias que atingem de maneira brutal todas as universidades públicas, deixando-as sem recursos para despesas fundamentais como água e luz.

É nesse quadro, provocado por um governo usurpador, que crescem as pressões pelo fim da gratuidade no ensino superior. Cresce também a ofensiva para transformar a educação em negócio, deixando de ser um direito.

Por tudo isso, solicitamos ao deputado Andrés Sanchéz (PT-SP), e ele aceitou, a retirada da PEC 366 de 2017, de sua autoria, que viria a permitir a cobrança de mensalidades nas universidades públicas, proporcional ao nível socioeconômico do estudante, admitida a possibilidade de pagamento sob forma de prestação de serviço profissional, nos termos da lei, assegurada a gratuidade para o estudante que tenha cursado o ensino médio completo em escola pública ou com bolsa integral em escola particular.

Independentemente desses critérios a PEC, que será retirada, desrespeita o princípio da gratuidade, imprescindível para que a Universidade se mova por critérios e interesses públicos. Além de reforçar as teses neoliberais que opõem a educação básica ao ensino superior apoiados no argumento da escassez de recursos.

É preciso relembrar a criminosa tributação de caráter regressivo que atinge com muita força os mais pobres enquanto cobra quase nada ou nada mesmo, daqueles que possuem grandes fortunas.

Para isso, é necessária uma reforma de caráter progressivo que grave mais a renda e a propriedade e menos a produção e o consumo. No Brasil quem ganha até dois salários mínimos é gravado em 49% de sua renda, em função dos impostos indiretos.

Cabe lembrar que nas universidades públicas são desenvolvidas as pesquisas científicas, fundamentais para o crescimento da ciência no país, em benefício de toda a sociedade e não de interesses particulares.

O recente encontro setorial nacional de educação, realizado em São Paulo reafirmou de maneira indelével e inequívoca nosso compromisso com a defesa e a promoção da educação pública, gratuita, laica e de qualidade social para todos.

Este é o compromisso do Partido dos Trabalhadores.

Por Gleisi Hoffmann, Presidenta Nacional do PT e Teresa Leitão, coordenadora do Setorial Nacional de Educação


Teresa Leitão classifica leilão do pré-sal como “crime de lesa-pátria”

Teresa Leitão classifica leilão do pré-sal como “crime de lesa-pátria”

A venda de seis dos oito lotes ofertados nas rodadas de licitação de áreas do pré-sal, ocorrida na última sexta (27), foi lamentada pela deputada Teresa Leitão (PT), na Reunião Plenária desta segunda (30). Segundo a parlamentar, a realização do leilão sob as regras estipuladas pelo Governo de Michel Temer irá aumentar o custo dos combustíveis e diminuir a oportunidade de empregos para trabalhadores brasileiros.

 

“Numa trajetória de 11 anos, o pré-sal brasileiro superou limitações tecnológicas  e se provou tão competitivo comercialmente quanto o petróleo do Oriente Médio. Mas, com esse leilão, entrega-se ao capital internacional todo o investimento estratégico desenvolvido pelos brasileiros nessa descoberta”, considerou a deputada petista, que classificou a venda como “crime de lesa-pátria” do atual Governo Federal.

 

“A gestão arrecadou R$ 6,15 bilhões, mas essa venda vai custar muito mais caro para os consumidores, para as indústrias e para os trabalhadores brasileiros”, avalia Teresa Leitão. Segundo ela, a presença de empresas estrangeiras vai fazer com que bens e serviços da exploração do pré-sal sejam contratados em outros lugares que não o Brasil. “Como isso vai representar custos mais altos na produção, o brasileiro vai pagar mais caro pela gasolina e por outros derivados do petróleo, e o empresário e o trabalhador nacional vão ter menos oportunidades”, afirmou.

 

Os leilões da última sexta foram os primeiros a serem realizados pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) depois que a Petrobras deixou de ter a obrigação de ter participação em todas as áreas de exploração do pré-sal. Dos seis lotes vendidos, três deles ainda terão a participação da estatal brasileira.


#PernambucanoNaoPerdoaTraidor  Ministro petrolinense, Fernando Filho, é vaiado e chamado de golpista em congresso da UVP

#PernambucanoNaoPerdoaTraidor Ministro petrolinense, Fernando Filho, é vaiado e chamado de golpista em congresso da UVP

Por:  Blog do Robério Sá

O Ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, foi vaiado no início da tarde deste domingo, dia 29, durante o encerramento do congresso da UVP – União dos Vereadores de Pernambuco,  em Petrolina, no Sertão do São Francisco, quando proferia uma palestra, sobre a ‘Reforma Política e Atual Cenário Brasileiro’, em um hotel de luxo, na orla da cidade, para cerca de 150 vereadores do estado.

A palestra ocorria com tranquilidade até o momento do debate das privatizações realizadas pelo Governo Federal; sendo aberto o espaço para questionamentos dos parlamentares sobre vários assuntos tratados pelo Ministro Fernando Filho.

Vereadora Cristina Costa (PT).

Na ocasião, a vereadora Cristina Costa (PT), discordou do ponto de vista do ministro petrolinense, quando tratava sobre os benefícios da privatização do Pré-Sal, ocorrida na última sexta-feira, onde o Governo Federal leiloou 8 áreas de exploração.

Na oportunidade, o ministro defendeu que as privatizações iriam gerar mais de 500 mil empregos, no entanto, a vereadora petista rebateu, afirmando que Fernando Filho acabou com o ‘conteúdo nacional’, ou seja, impedindo a participação da indústria brasileira de fornecer bens e serviços. Com a nova lei, o Brasil poderá ampliar o número de desempregados, que atualmente se encontra em 14 milhões.

Os parlamentares que acompanhavam o debate ovacionaram o ponto de vista da parlamentar ao defender a soberania nacional na exploração de recursos e, ao mesmo tempo, vaiaram o Ministro Fernando Filho com gritos de ‘golpista, golpista’.

Segundo vereadores que participaram do evento, a assessoria do ministro entrou em ‘alvoroço’ para tentar contornar a situação após os gritos de ‘golpista, golpista’. No entanto, não adiantou, a vereadora petista deixou o ministro petrolinense sem argumentos após seu posicionamento, e a péssima avaliação do Governo de Michel Temer entre a classe política de Pernambuco, corroboraram para o vexame de Fernando Filho, no próprio berço político.


Ibope confirma Lula liderando eleição para presidente

Ibope confirma Lula liderando eleição para presidente

Pesquisa Ibope confirma Lula liderando as intenções de voto para presidente em 2018, variando, de acordo com o cenário, entre 35% e 36%, com 20 pontos percentuais de vantagem sobre o segundo colocado. A pesquisa, divulgada pelo jornal O Globo, também mostra Lula com ampla liderança na pesquisa espontânea, onde o nome dos candidatos não é apresentado ao eleitor. Lula tem 26% das intenções de voto espontâneos, com 42% no Nordeste.

Jair Bolsonaro fica em segundo lugar, com 15% e Marina Silva em terceiro. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Ciro Gomes e o prefeito de São Paulo, João Dória, ficam embolados entre 5% e 7% das intenções de voto. 

O nome do apresentador de TV Luciano Huck foi incluído na pesquisa e teve a mesma intenção de votos que Dória e Alckmin: 5%.