Teste de publicidades

Comitê Metropolitano em Defesa da Democracia e do Direito de Lula Ser Candidato será lançado nesta quinta

Comitê Metropolitano em Defesa da Democracia e do Direito de Lula Ser Candidato será lançado nesta quinta

Nesta quinta-feira, 11, a partir das 18h, será lançado o Comitê Metropolitano em Defesa da Democracia e do Direito de Lula Ser Candidato a presidente. Na ocasião, ocorre a plenária da Frente Brasil Popular – PE, que contará com a participação da CUT, de movimentos sociais e representantes de partidos políticos na região metropolitana.  A atividade acontece no Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – Sintepe (Rua. Gen. José Semeão, 39 - Santo Amaro, Recife).
 
Os Comitês Populares em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser candidato à Presidência são uma articulação com o objetivo de envolver os movimentos sociais, populares, sindicais, artistas, sociedade civil e toda militância petista, assim como os partidos do campo democrático e popular.
 
Os comitês também deverão organizar a distribuição de adesivos de carros, panfletos e praguinhas, além de conteúdo de redes sociais para a campanha de Defesa do Direito do Lula ser candidato. E, durante o lançamento será organizada uma programação de atividades a serem desenvolvidas em toda a Região Metropolitana do Recife.
 
A iniciativa também faz parte da II Caravana Popular em Defesa da Democracia promovida pela FBP-PE. Compõe a agenda de atividades preparadas tanto em defesa do direito do ex-presidente Lula ser candidato quanto de combate às reformas que retiram os direitos dos trabalhadores e aposentados. No próximo sábado, 13/01, será o dia Nacional de mobilização. Em Olinda, haverá saída da Troça carnavalesca Sapo Barbudo numa homenagem irreverente a Lula. E dias 23/01 e 24/01, serão realizadas atividades na Praça Tiradentes, no Bairro do Recife.
 
Serviço:
Lançamento do Comitê Metropolitano em Defesa da Democracia e do Direito de Lula Ser Candidato e Plenária da FBP-PE
Data: quinta-feira, 11/01
Horário: 18h.
Local: Sintepe

NOTA DA DEPUTADA TERESA LEITÃO: sobre o aumento das passagens de ônibus e em favor da CPI dos Transportes Públicos

NOTA DA DEPUTADA TERESA LEITÃO: sobre o aumento das passagens de ônibus e em favor da CPI dos Transportes Públicos

Começamos o ano com uma péssima notícia para a população pernambucana: um aumento absurdo dos preços das passagens de ônibus na Região Metropolitana do Recife. Outra vez, de supetão e sem transparência, o Governo do Estado convoca uma reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano, nesta próxima sexta-feira dia 12, com a clara intenção de aumentar o preço das passagens muito acima da inflação acumulada e do aumento do salário mínimo do trabalhador e da trabalhadora.

 

Além de irregularidades na composição do Conselho, já denunciada por entidades da sociedade civil, a população não foi devidamente esclarecida dos motivos de mais esse aumento. Nosso mandato realizou uma audiência pública no mês de novembro de 2017 onde entidades representativas dos usuários do sistema evidenciaram suas críticas à qualidade do serviço, à insegurança e à falta de transparência na gestão do transporte público em Pernambuco. Também foi solicitada a criação de uma CPI dos Transportes Públicos na Assembleia Legislativa, cuja abertura depende do apoiamento de 17 parlamentares.

 

Atendendo aos legítimos anseios da população, vamos buscar o restante dessas assinaturas para a abertura da CPI e, assim, investigar, dentro das prerrogativas do poder legislativo, os motivos e a legalidade de mais um aumento nos preços das passagens de ônibus.

 

TERESA LEITÃO
Deputada Estadual de Pernambuco - PT


Situação atual da Questão Agrária: curso grátis disponível

Situação atual da Questão Agrária: curso grátis disponível

ENFPT

A realidade agrária do País é marcada pela dominação do capitalismo sobre as formas de ocupação da terra e utilização das florestas, da água e de todos os componentes da natureza. O rural brasileiro, que apresenta a diversidade dos campos, das florestas e das águas, tem como triste marca da sua história a precariedade social das suas populações de camponeses, indígenas, quilombolas, ribeirinhos e todos as categorias de povos e comunidades tradicionais brasileiros.

Nada mais atual do que a influência das oligarquias rurais no Brasil. Basta observar, de um lado, o tradicional poder da bancada ruralista na política – com mais de 200 representantes no congresso nacional, dominação dos recursos financeiros governamentais e também dos espaços judiciários e legislativos – e, de outro lado, o predomínio do modelo agroexportador de commodities, produzidas em grandes áreas com a utilização dos pacotes tecnológicos das empresas multinacionais.

Para ajudar a entender esse cenário, a Escola Nacional de Formação do PT elaborou o curso temático “A Situação Atual da Questão Agrária no Brasil”, com Adriana Margutti, mestre em Ciências Florestais pela Universidade de Brasília (UnB) e membro da Secretaria Agrária Nacional do PT.

O curso aqui disponibilizado ocorreu presencialmente na sede da Fundação Perseu Abramo, onde está localizada a ENFPT, no dia 10 de outubro de 2017. Aqui você confere a íntegra do curso, além de uma vídeo-aula exclusiva: 

Escola Nacional de Formação do PT
www.enfpt.org.br


Frente Brasil Popular inicia atividades em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato

Frente Brasil Popular inicia atividades em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato

A Frente Brasil Popular Pernambuco (FBP-PE) inicia os preparativos em defesa da democracia e do direito do ex-presidente Lula ser candidato. As atividades fazem parte da segunda Caravana Popular em Defesa da Democracia. Em dezembro último, a caravana percorreu o sertão do São Francisco em defesa das águas do Rio e contra a privatização da Chesf. Agora em Janeiro, reunidas na segunda-feira, 08, as diversas entidades que compõem a frente organizaram uma série de atividades, entre ato político-cultural, adesivaço, caravana nos bairros, vigília, café da manhã, lançamento de comitê, organização de troça carnavalesca e a distribuição de panfletos explicando as irregularidades do processo pelo qual Lula será julgado no dia 24, em Curitiba, no TRF-4.

Na próxima quinta-feira, 11/01, será lançado o Comitê Metropolitano em Defesa da Democracia e de Lula, às 18h, no Sindicato dos Trabalhadores em Educação em Pernambuco (Sintepe). Na ocasião, também será realizada mais uma plenária da FBP-PE. O lançamento do comitê contará com centrais sindicais e movimentos sociais, além de partidos políticos que combatem o golpe, defendem o retorno à democracia, à inocência e o direito de Lula ser candidato. Representantes de diretórios municipais de toda região metropolitana do Recife também deverão estar presentes no ato.

No sábado, 13/01, dia nacional de mobilização, estão previstas panfletagem e adesivaço em vários pontos do estado. No dia, será a vez do lançamento da Troça Carnavalesca Sapo Barbudo, na Praça do Carmo, em Olinda. A saída da troça está programada para 16h.

Durante toda a semana de 15/01 a 22/01, entra em atividade a Brigada da Frente Brasil Popular PE nos bairros e no centro da cidade. A iniciativa objetiva convidar a população para a vigília que será realizada dia 23 e 24, em razão do julgamento de Lula.

A vigília: Eleição sem Lula é Golpe inicia na terça, 23/01, a partir das 16h, na Praça Tiradentes, no bairro do Recife, quando será realizado ato político-cultural com artistas pernambucanos.

No dia seguinte, 24/01, na Praça Tiradentes, ocorre o café da manhã ‘Os inocentes com Lula’, quando todos poderão acompanhar as notícias sobre o Julgamento de Lula, em Curitiba, na parte da manhã.
 

AGENDA

Lançamento do Comitê Metropolitano em Defesa da Democracia e de Lula e Plenária da FBP-PE
Data: quinta-feira, 11/01
Horário: 18h.
Local: Sintepe
 
 
 
Lançamento da Troça Carnavalesca Sapo Barbudo ( Dia nacional de mobilização).
Data: Sábado, 13/01
Horário: 16h.
Local: Praça do Carmo. Olinda.
 
 
 
 
Brigada da Frente Brasil Popular PE nos bairros e no centro da cidade.
Data: 15/01 a 22/01
Horário: dia todo.
Local: Centro do Recife e Região Metropolitana
 
Vigília: Eleição sem Lula é Golpe e ato político-cultural.
Data: Terça-feira, 23/01.
Horário: 16h.
Local: Praça Tiradentes. Bairro do Recife.
 
Café-da-manhã ‘Os inocentes com Lula’.
Data: 24/01.
Horário: 8h
Local: Praça Tiradentes. Bairro do Recife.

Marília Arraes diz que Governo do Estado volta a desrespeitar a população pernambucana ao reajustar as passagens de ônibus

Marília Arraes diz que Governo do Estado volta a desrespeitar a população pernambucana ao reajustar as passagens de ônibus

O ano mal começou e o Governo do Estado volta a desrespeitar a população pernambucana. Mais uma vez sem divulgar as informações reais sobre as contas do Sistema de Transporte Público de Passageiros da RMR, a Secretaria das Cidades convocou para a próxima sexta-feira uma reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano, com o objetivo de REAJUSTAR AS PASSAGENS DE ÔNIBUS.  Os empresários querem um aumento de 11%. Com isso o anel A, utilizado por mais de 80% dos passageiros, iria de 3,20 para R$ 3,55! Bem mais caro que os R$ 2,15 prometidos pelo governador Paulo Câmara durante sua campanha não é mesmo? 
Os valores para os anéis B, D e G iriam, respectivamente, para R$ 4,90, R$ 3,85 e R$ 2,35. Valores abusivos, especialmente para um sistema sucateado, onde a segurança e o conforto dos passageiros não existem! Onde o cumprimento de horários e índices de qualidade são solenemente ignorados! É importante lembrar que os principais sócios do Grande Recife Consórcio de Transporte são o Governo do Estado (com 50% das ações) e a Prefeitura do Recife (com 40%). Os demais 10% das ações são distribuídos entre os demais municípios da RMR. A reunião do CSTM acontecerá na manhã da sexta-feira, na sede da SECID, na Iputinga. Vamos todxs até lá, mostrar que a população não aceita mais esse reajuste abusivo! #AumentoNão


Obra da Compesa irá melhorar abastecimento em Candeias e Barra de Jangada

Obra da Compesa irá melhorar abastecimento em Candeias e Barra de Jangada

Haverá impacto no abastecimento em localidades de Jaboatão dos Guararapes e   Cabo de Santo Agostinho

 

A Companha Pernambucana de Saneamento - Compesa realiza, na próxima quarta-feira (10), a terceira e última etapa do conjunto de intervenções que a empresa  está realizando para interligar as adutoras de Gurjaú e Pirapama, com intuito de melhorar as pressões e, consequentemente, o abastecimento  de água dos bairros de Candeias e Barra de Jangada. A última parte do serviço está programada para iniciar às 6h da quarta-feira, com conclusão prevista para o meio dia da quinta-feira (11). Durante esse intervalo, o abastecimento ficará temporariamente suspenso nas localidades de Candeias, Piedade, Cajueiro Seco, Massangana, Massaranduba e Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes; e em Ponte dos Carvalhos e Paiva, no Cabo de Santo Agostinho. A previsão é que a distribuição de água seja normalizada gradativamente após a finalização da obra. 

 

 

Assim como nas duas intervenções executadas anteriormente, os serviços ocorrerão na rua Major Médico Vicente Fonseca Matos, em Candeias, na altura da Rua Bacharel José Mário de Oliveira. “Dividimos a obra em etapas para minimizar o impacto da paralisação do sistema  e o reflexo no abastecimento de água”; Atualmente, Candeias é abastecida pela adutora de Gurjaú e, por ficar localizada no final da rede, possui pressões muito baixas. Como a rede de Pirapama tem uma pressão melhor, irá reforçar a de Gurjaú, aumentando de duas a três vezes a pressão existente, principalmente em final de rede distribuidora, que não tem atendido satisfatoriamente a área”, destaca a gerente de Controle Operacional, Maria Lúcia Martins.

 

Pela Rua Major Médico Vicente Fonseca Matos passam as duas adutoras: a de Gurjaú, no cruzamento com a Av. Ulisses Montarroyos; e a de Pirapama, no cruzamento com a Rua  Bacharel José Mário de Oliveira. Na primeira etapa, realizada em outubro de 2017, foi assentado cerca de 100 metros de rede de ferro de 500 milímetros entre elas. Em novembro, foi feita a interligação da adutora de Gurjaú de 600 milímetros nessa rede de ferro. Nessa fase final, será feita a ligação da rede de 700 milímetros de Pirapama à rede assentada em outubro, finalizando o trabalho neste local.


Paulo Câmara é recepcionado aos gritos de “golpista” em São José do Egito

Paulo Câmara é recepcionado aos gritos de “golpista” em São José do Egito

Por Blog Robério Sá

O Governador do Estado, Paulo Câmara (PSB), foi recepcionado aos gritos de golpista na noite dessa quinta-feira, dia 4, em São José do Egito, no Sertão do Pajeú.

Após cumprir agenda na capital do xaxado, Câmara visitou a Terra da Poesia, onde ao lado do prefeito da cidade, Evandro Valadares (PSB), prestigiou a Festa dos 105 anos de Louro e 100 de Zé de Catota.

Nas redes sociais, circula um vídeo onde um grupo de manifestantes direcionam gritos de “golpista” ao sucessor de Eduardo Campos.

No vídeo, ainda, aparece um cartaz indagando o chefe do executivo com a seguinte frase: “houve golpe por quê?”.

De acordo com um radialista da cidade, em conversa com o blog, os manifestantes estariam acusando o governador de ter colaborado para o impeachment da ex-presidente, Dilma Rousseff(PT), após ter autorizado secretários e deputados a voltarem a Câmara Federal para sepultar o legado do Partido dos Trabalhadores (PT). 

paulo-camara-e-recebido-aos-gritos-de-golpista-em-sao-jose-do-egito-roberio-sa1 Paulo Câmara é recepcionado aos gritos de “golpista” em São José do Egito 

O prefeito Evandro Valadares tentou conter o imbróglio dos manifestantes com Paulo Câmara, no entanto, não obtive exito. No vídeo, aparecem policiais militares tentando conter os ânimos dos manifestantes.

Nas redes sociais, o vídeo está sendo compartilhado pelo ex-prefeito da cidade, Romerio Guimarães(PT). “Governador Paulo Câmara é recebido aos gritos de golpista em São José do Egito”, diz o petista.


Ato vai lança pré-candidatura de Marília Arraes em Serra Talhada

Ato vai lança pré-candidatura de Marília Arraes em Serra Talhada

Militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) iram realizar  no dia 27 de janeiro, às 15h, evento em defesa da pré-candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) na disputa pelo governo de Pernambuco. O ato acontece na Câmara dos Vereadores de Serra Talhada.
"A  pré-candidatura de Marília Arraes é muito forte por ter grande respaldo popular e da militância, apesar de toda máquina política do governo do estado. Isso não é pouca coisa. É a hora da nossa grande arrancada. Temos muitos dias de luta até a vitória”, afirmou Sinézio Rodrigues vereador do PT de Serra Talhada .
O  crescimento da candidatura de Marília Arraes é sentida nas ruas e nas redes sociais.
O prefeito de Serra Talhada Luciano Duque reforçou a ideia de que Marília Arraes compreende o presente e está preparada para modelar o futuro de Pernambuco. Duque destacou ainda que o ato vai demostrar a força e a energia da mobilização da militância petista. E afirmou que Marília está preparada e em plenas condições de dar respostas aos problemas de Pernambuco.

Nota do PT de Pernambuco sobre o falecimento de Armando Monteiro Filho

Nota do PT de Pernambuco sobre o falecimento de Armando Monteiro Filho

A direção estadual do Partido dos Trabalhadores – PT-PE registra a sua grande tristeza pela perda de Armando Monteiro Filho, que foi um amigo pessoal de Lula e um aliado histórico do PT em muitas lutas nacionais e estaduais, numa duradoura relação que sempre foi motivo de orgulho para nós, petistas. 
Durante as últimas décadas, Armando se destacou no esforço brasileiro de se fazer uma nação desenvolvida com democracia e com justiça social. Foi ministro de Jango, Deputado Estadual, Federal e um militante ativo em defesa da igualdade. No ministério, foi autor de um dos mais avançados projetos de reforma agrária já apresentados no País.
Empresário e político sempre presente, com uma notável capacidade de convivência com a diversidade social. Sua vida foi testemunha do seu compromisso e da sua dedicação às causas que acreditava, como a corajosa defesa da democracia durante toda a ditadura militar pós 1964, reafirmada ano passado com a sua defesa firme contra a violação do mandato legítimo de Dilma Rousseff.
A sua capacidade de resistência, a sua invulgar cordialidade e a sua firme lealdade aos princípios democráticos e progressistas, deixam um admirável exemplo a todos nós, pernambucanos(as)
Aos seus familiares, em especial à Sra. Do Carmo e ao Senador Armando Monteiro Neto, manifestamos a nossa solidariedade amiga e os nossos sentimentos de respeito pela sua trajetória e de orgulho pela relação sólida que com ele sempre mantivemos.

Bruno Ribeiro
Presidente do PT em Pernambuco

Recife, 02 de dezembro de 2018


Praia de Muro Alto recebe obras de melhoria do abastecimento de água

Praia de Muro Alto recebe obras de melhoria do abastecimento de água

Uma das mais belas praias do Litoral Sul de Pernambuco, a Praia de Muro Alto, localizada no município de Ipojuca,  está recebendo ações de melhoria do abastecimento. Depois da visita do governador Paulo Câmara para inaugurar uma nova Adutora, no final de novembro passado, que aumentou a oferta de água, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) começou a executar uma nova obra para ampliar a rede de distribuição na localidade, um investimento de R$ 500 mil, que beneficiará a população residente da praia, a rede hoteleira e o turismo da região – cerca de 14 mil pessoas. Os serviços estão sendo realizados na Avenida Praia do Cupe (a partir do Nannai Resort & Spa), para implantação de tubulações (250 milímetros de diâmetro) numa extensão de dois quilômetros.


A previsão é assentar a rede, que permitirá atender plenamente Muro Alto, até o próximo mês de março. “Hoje atendemos cerca de 50% da Praia de Muro Alto, através do Sistema de Abastecimento de Àgua  de Porto de Galinhas. Com essas intervenções, vamos conseguir atender também novos empreendimentos, como os condomínios que estão em construção e também passamos a ter um sistema mais flexível, que nos permite regularizar o abastecimento nessa área até na época de alta temporada”, explica Robson Santos, gerente de Unidade de Negócios da Compesa, esclarecendo que o fato de os sistemas de Suape e Porto de Galinhas (proveniente da Estação de Tratamento de Água Porto de Galinhas) estarem interligados, permite que a Praia de Muro Alto possa ser atendida pelos dois sistemas, dando mais confiabilidade ao fornecimento de água para a localidade.

Numa segunda etapa da obra, que deverá ser licitada no mês próximo mês, haverá a construção de um reservatório elevado e de uma estação de bombeamento, além da implantação de um complemento da rede de distribuição de água. Esses investimentos possibilitarão melhorias do abastecimento de água - como a pressurização adequada da rede - e a ampliação do atendimento não só em Muro Alto, mas também na Praia do Cupe, outro importante destino turístico do Litoral Sul. O projeto dessa obra, orçado em mais de R$ 3,5 milhões, será submetido à análise da Caixa Econômica Federal para liberação de recursos.


Assessor do deputado Fernando Monteiro do PP de Pernambuco,  vive em Minas Gerais

Assessor do deputado Fernando Monteiro do PP de Pernambuco, vive em Minas Gerais

O jornalismo da RecordTV Minas encontrou um funcionário fantasma da Câmara dos Deputados, em Brasília. O homem mora em uma pequena cidade do interior de Minas Gerais. 

 

https://noticias.r7.com/minas-gerais/mg-record/videos/assessor-de-deputado-de-pernambuco-vive-em-minas-2112201717


JPT PERNAMBUCO: Se muito vale o já feito, mais vale o que será

JPT PERNAMBUCO: Se muito vale o já feito, mais vale o que será

O ano de 2018 poderá ser um daqueles que duram décadas. As forças conservadoras que golpearam a soberania popular tirando ilegitimamente o mandato da presidenta Dilma irão, nesse ano que se aproxima, dobrar a aposta, radicalizar a disputa política para tentar viabilizar, no voto ou na força, a agenda de longo prazo que sustentam; uma agenda cujo principal objetivo é reorganizar, de forma estrutural, o padrão de acumulação do capitalismo no Brasil, mantendo e aprofundando a já brutal concentração de renda e, consequentemente, elevando o já descomunal nível de desigualdade do país. A agenda golpista, da reforma trabalhista que precariza o trabalho, da PEC da morte que inviabiliza o investimento público consistente e sustentado em educação e saúde, do desmonte dos bancos públicos e de estatais estratégicas para o desenvolvimento do país, de ataque à ciência e a tecnologia, de entrega criminosa do pré-sal às petroleiras estrangeiras, é, sem dúvida, uma agenda que nos transforma, no limite, numa neocolonia, num Estado sem soberania efetiva, com uma população vivendo em condições precárias, o que atrasará todo o esforço civilizatório que marcou a ascensão do país nas últimas décadas. O projeto elitista buscará já no início do ano emplacar a reforma da previdência, haja visto que a previdência, pelo espaço que ocupa no orçamento em meio a um período prolongado de queda de receita, é hoje o principal entrave à apropriação do orçamento público pela elite rentista através da dívida pública. O propalado zelo pela “saúde fiscal” no discurso dos golpistas não passa de uma tentativa de resolver uma crise muito mais financeira que fiscal em favor dos que querem se apoderar das riquezas do Estado em detrimento da maioria da população, especialmente dos mais pobres. Se de 2016 até aqui foi possível à elite tocar esse processo desconstituinte quase sem nenhuma prestação de contas, em 2018, pelo simples fato de esse ser um ano eleitoral, será preciso apresentar claramente essa agenda ao país. As eleições, por limitadas que sejam para gerar grandes mudanças igualitárias no curto prazo, certamente são um instrumento para desorganizar, bagunçar o jogo das elites, porque as obriga a articular uma pauta que tenha um mínimo de relação com o anseio popular. Do golpe até aqui a direita buscou essa liga fomentando, a partir da utilização de instrumentos de estado de exceção, diga-se de passagem, uma cruzada contra a corrupção que já não tem mais tanto apelo e se tornou insuficiente para garantir consentimento popular. O ano que bate à porta traz esse problema para os golpistas e para a plutocracia que os alimenta, um problema que poderá ser resolvido por eles de duas formas: ou alteram o jogo das eleições tirando indevidamente Lula, o representante da agenda popular, da disputa, ou cancelam a disputa eleitoral e abrem um período de eclipse total da democracia no país. Nenhum desses dois cenários cancelará a resistência popular ou a luta de classes, que não se resolve em eleições. Mas podem garantir muitos anos de avanço da agenda conservadora no país, o que inclui embrutecimento contra as organizações da luta popular. Da mesma forma, uma reação popular combinada com um programa de reformas fortes pode tornar possível o início da efetivação de uma agenda igualitária sustentada pelas ruas. 2018, sendo assim, será um ano decisivo. A figura de Lula se torna nessa conjuntura cada vez mais central. Ele personifica, no imaginário popular, um projeto de desenvolvimento com inclusão sintonizando com o espírito da constituição de 88 e esboçado com sucesso nos 13 anos de governos petistas. Esse projeto, e não o da desconstituição de direitos, possui aprovação de parcela majoritária da população brasileira, que ao se dar conta da agenda anti-povo golpista sinaliza fortemente para um apoio à candidatura de Lula. Não é difícil saber que a direita tentará remover Lula da disputa para transformar as eleições na legitimação de um jogo entre a direita e a centro direita, ambas comprometidas com o programa econômico e social obscurantista da elite tupiniquim. O golpe, que foi operado não só por políticos corruptos, mas também por setores do Estado brasileiro e, claro, pela cruzada ideológica promovida pelos barões da mídia empresarial, não se completa se permitir a volta ao poder de uma figura que promete desarticula-lo, e que pode ter força para isso. Sendo assim, defender o direito de Lula ser candidato, ele que foi condenado de forma arbitraria, sem provas, num processo absurdo que tinha um juiz como parte e não como árbitro, é defender o  direito de o povo brasileiro escolher que projeto de sociedade deseja; se aquele inscrito na constituição de 1988, que completará 30 anos em 2018 e aponta para a construção de um país soberano, capaz de desenvolver um estado de bem estar social com uma democracia pujante, ou um país entregue aos piratas do neoliberalismo, que saqueiam nossas riquezas, destroem nossa soberania, precarizam a vida da imensa maioria do povo brasileiro e nos roubam o futuro. Em 2018, portanto, poderemos presenciar o inicio do desmonte do golpe e seu projeto reacionário ou sua consolidação e a consequente condenação do país a viver sob uma noite capaz de durar décadas. Só a mobilização dos trabalhadores e trabalhadoras, de amplos setores da classe popular para além daqueles já organizados em partidos, movimentos e sindicatos em torno de uma agenda verdadeiramente popular de reformas, com mínimo espaço para a conciliação imporá a derrota necessária ao projeto reacionário que sequestrou o poder no país. Somente o campo popular brasileiro, sob a liderança de Lula, terá condições de defender a democracia e as conquistas sociais obtidas pelo povo brasileiro em décadas de luta.

 

2018 será um ano que marcará a história do Brasil.

Que a história possa registrar, então, a vitória do povo brasileiro. Vamos à luta!

                Pedro Henrique

Secretário Estadual da Juventude do PT-PE