Compesa leva  água do Rio São Francisco para abastecer distrito de Cabanas, em Cachoeirinha, no Agreste

Compesa leva água do Rio São Francisco para abastecer distrito de Cabanas, em Cachoeirinha, no Agreste

Três mil moradores da localidade serão abastecidos por meio da Adutora do Agreste
 
O distrito de Cabanas, situado na zona rural do município de Cachoeirinha, no Agreste de Pernambuco, será mais uma localidade beneficiada com água do Rio São Francisco, graças ao esforço do Governo do Estado para finalizar a Adutora do Moxotó e a etapa útil da Adutora do Agreste. O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, esteve hoje (25) em Cabanas, juntamente com o prefeito Ivaldo, para assinar a ordem de serviço de início das obras de implantação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) do distrito, um investimento superior R$ 1 milhão. Essa obra permitirá que os 3 mil moradores da localidade passem a receber água nas torneiras todos os dias. “O governador Paulo Câmara está determinado a espalhar a água do Rio São Francisco para as comunidades que mais precisam”, destacou Roberto Tavares, presidente da Compesa. 
 
Será construída uma adutora, com dez quilômetros de extensão, a partir da Adutora do Agreste, que fica localizada às margens da BR-232 - antes da cidade Tacaimbó (sentido Sertão/Recife) – para transportar água até o distrito de Cabanas. Além da adutora, a obra consiste no assentamento de rede de distribuição para atender a localidade, que antes era abastecida por meio de um sistema precário administrado pelo município. “A população está hoje em festa com essa obra, esperada há mais de 50 anos. Sou grato ao governador Paulo Câmara pelo compromisso cumprido”, afirmou o prefeito de Cachoeirinha, Ivaldo de Almeida.  A obra está prevista para ser concluída no prazo de quatro meses.