Greve de caminhoneiro, dos empresários ou do próprio governo?

Greve de caminhoneiro, dos empresários ou do próprio governo?

Difícil acreditar que essa greve de caminhoneiros alcance tamanho sucesso, a ponto de não ter mais gasolina em nenhum posto, sem participação dos empresários ou do próprio governo, por tolerância. 

A pauta de reivindicações do movimento é esquisitíssima. Muitos vídeos mostram caminhoneiros pedindo intervenção militar.

Não acredito que a Petrobras não tenha outras opções de transporte da gasolina.

Além do mais, esses caminhões de transporte de gasolina pertencem a empresas terceirizadas. 

Alguém viu esses empresários entrarem com ação contra os motoristas, pedindo à justiça aplicação de multa pela paralisação de um serviço essencial? Essa é a prática comum quando há paralisação.

Alguém viu o governo tomar medidas contra os bloqueios nas estradas? Não. O governo, costumeiramente repressor de movimentos grevistas, está deitado em berço esplêndido. 

Está muito estranha essa greve. 

Clima de caos e medo instalados. Uma greve que patrão acha boa. O governo assistindo calado. Reivindicações dúbias. Ano eleitoral. Tudo esquisito.

Liana Cirne Lins. Professora dra. em Direito da UFPE