Programa Todos Pelo Recife recebe mais de 22 mil contribuições da população

Programa Todos Pelo Recife recebe mais de 22 mil contribuições da população

Sugestões serão analisadas e deverão compor o Plano Plurianual 2022-2025, da Prefeitura do Recife. Mais de 12 mil pessoas contribuíram com novo programa de participação social

 

 

Mais de 22 mil contribuições foram registradas no novo programa de participação social do Recife, o Todos Pelo Recife. Durante mais de 15 dias, mais de 12 mil pessoas apontaram as necessidades para cada comunidade, bairro e região da cidade, sugerindo ações e políticas públicas visando a melhoria da prestação dos serviços públicos municipais e da qualidade de vida da população. Todas as sugestões serão analisadas pela Secretaria de Planejamento, Gestão e Transformação Digital (SEPLAGTD), que realizará um tratamento dos dados e incorporará as ideias ao próximo Plano Plurianual (PPA) 2022-2025. Pela primeira vez na história da cidade esse documento – que vai nortear as ações da gestão municipal pelos próximos quatro anos – será construído de forma colaborativa. O PPA deverá ser encaminhado à Câmara de Municipal em setembro, para análise dos vereadores. 

 

Ao longo das últimas duas semanas, a população do Recife pôde elencar as prioridades para cada localidade através de avaliações de eixos temáticos. Os temas mais avaliados pelas pessoas foram Saúde, com 7.594 respostas (60% do total), seguido por Infraestrutura Urbana e Mobilidade, com 3.481 respostas (27,5%), Segurança Cidadã, com 3.115 respostas (24,61%), e Educação, com 2.565 respostas (20,27). 

 

Os demais temas receberam os seguintes quantitativos de respostas: Meio Ambiente, Sustentabilidade e Proteção Animal, com 911 respostas (7,2%); Assistência Social e Garantia de Direitos, 845 respostas (6,68%); Gestão Urbana e Espaços Públicos, com 828 respostas (6,54%); Economia, Trabalho e Empreendedorismo, com 794 respostas (6,27%); Turismo, Esportes e Lazer, com 742 respostas (5,86%), Cultura, com 731 respostas (5,74%); e Gestão, Tecnologia e Inovação, com 482 resposta (3,81%).

 

“A gestão pública ainda precisa saber ouvir mais e por isso é fundamental a participação popular no processo de construção da nossa cidade. É o povo que mais sabe quais são os desafios das suas comunidades e o que deve ser prioridade. Por isso, estamos muito felizes com o grande engajamento do programa Todos pelo Recife, que é um dos principais canais de interlocução entre a administração pública e a população. Foram mais de 22 mil contribuições que chegaram à Prefeitura e que poderão compor o nosso Plano Plurianual, em todas as áreas, como infraestrutura, mobilidade, educação, segurança, meio ambiente e outras”, lembrou o prefeito João Campos. “Outro diferencial foi a participação de parte da população através do Conecta Recife, que trouxe mais agilidade e comodidade na hora de contribuir com o futuro da cidade”, acrescentou.

 

Das 12 mil pessoas participantes do Todos Pelo Recife, a participação feminina foi fundamental e correspondeu a maioria, sendo 55,20% do total, com 6.987 mulheres inscritas. Os homens totalizaram 5.652, sendo 44,66% do público total. Segmentando por Região Política Administrativa (RPA) da cidade, os moradores das RPAs 6 e 4 foram os que mais contribuíram com a consulta pública: 22,96% e 18,46%, respectivamente.

 

Durante a consulta pública, a população pôde participar do Todos Pelo Recife acessando a plataforma do Conecta Recife ou presencialmente, em pontos fixos e volantes montados pela Secretaria de Governo e Participação Social (Segov) e diversos bairros e regiões da cidade. A Segov estruturou cerca de 100 pontos fixos e voltastes para coletar as contribuições dos cidadãos, em todas as regiões da cidade. 

 

Cada cidadão pôde escolher um, dois ou todos 11 eixos temáticos estabelecidos pela gestão municipal, avaliar os serviços e deixar as contribuições. O programa tem por objetivo motivar e engajar o cidadão na construção, monitoramento e avaliação de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento da cidade, por meio da participação ativa, destacando as demandas sociais específicas que dificilmente são identificadas apenas pelo viés técnico.

 

O secretário de Governo e Participação Social, Carlos Muniz, destacou o sucesso do Todos Pelo Recife e frisou que o Programa prevê novas etapas, a exemplo da primeira reunião do Conselho Estratégico de Desenvolvimento Econômico e Social do Recife (CEDES/Recife), instituído pelo prefeito João Campos ainda em março deste ano. O colegiado tem como função promover a escuta e troca de ideias para formulação de políticas públicas que venham a promover o desenvolvimento econômico, a garantia da proteção social e o combate às desigualdades. Para isso, serão convidados representantes de diversos segmentos da sociedade civil para compor o CEDES/Recife para dar suas contribuições.

 

“A participação da população no Todos Pelo Recife foi extremamente importante. As mais de 22 mil contribuições vão ser consolidadas no Plano Plurianual, que vai ser apresentado em setembro e que vai prever o planejamento estratégico da gestão municipal pelos próximos quatro anos. Concluída essa etapa, vamos promover a primeira reunião do CEDES/Recife, que será fundamental para complementarmos essa fase de escuta da sociedade, dessa vez com um viés mais técnico, ouvindo os setores”, explicou o secretário Carlos Muniz.