Recife anuncia início de vacinação de gestantes e puérperas de outros municípios na capital a partir deste sábado (15)

O cadastro e o agendamento das mulheres de 60 municípios devem ser feitos através do Conecta Recife a partir das 18h de hoje

 


 

A união de esforços é fundamental para superar a pandemia da covid-19. Por isso, o Recife decidiu ampliar o olhar para os municípios vizinhos e vacinar gestantes e puérperas (mulheres que tiveram filho até 45 dias) de 60 cidades pernambucanas, com ou sem comorbidades. O agendamento para esse público começa a partir das 18h desta sexta-feira (14) e a imunização inicia já neste sábado (15) em qualquer um dos pontos oferecidos pela gestão municipal. A expectativa é vacinar 16.164 pessoas desse grupo. 

 

“Vocês acompanharam nos últimos dias a discussão da vacinação das mulheres grávidas e puérperas. O Recife desde o início vacinou exclusivamente com a Pfizer e a partir de hoje, às 18h, vai estar disponível para fazer o agendamento no Conecta Recife a vacinação para mulheres grávidas e puérperas de 60 municípios pernambucanos. Nós puxamos essa discussão junto ao Governo do Estado e aos demais municípios e colocamos a nossa cidade à disposição para ajudar quem precisa neste momento”, disse o prefeito João Campos. 


 

O gestor informou que, para fazer o agendamento, é preciso anexar um comprovante de residência de um dos 60 municípios. A lista completa está disponível no Conecta Recife. “Nos precisamos ter muita responsabilidade, compromisso e atitude para superar a pandemia e o Recife está à disposição, garantindo todas as vacinas das mulheres grávidas e puérperas recifenses, mas também vacinando quem precisa neste momento”, destacou o prefeito. 


 

Na última terça (11), o prefeito João Campos havia anunciado que ia oferecer ao Governo do Estado e outros municípios pernambucanos uma parte das doses da vacina Pfizer que viriam para o Recife a fim de que grávidas e puérperas de outras cidades pudessem ser imunizadas na capital. Desde o início da vacinação desse grupo, no Recife, no último dia 5, a imunização tem sido realizada exclusivamente com a vacina Pfizer/BioNTech. Até agora, a Prefeitura vacinou 4.730 gestantes e puérperas.


 

O cadastro e o agendamento devem ser feitos através do site www.conectarecife.recife.pe.gov.br ou do app Conecta Recife. O app está disponível gratuitamente na PlayStore, para Android, e AppStore, para quem utiliza o sistema iOS. Para comprovar a condição é obrigatório anexar, no caso das gestantes, preferencialmente, um laudo médico ou cópia do cartão da gestante; podendo ser também exame laboratorial ou de imagem. Todos devem estar assinados e carimbados por profissional competente. Já para as puérperas, serão aceitos declaração/certidão de nascimento da criança ou resumo de alta da maternidade. Além disso, também é necessário anexar um comprovante de residência.


 

No dia agendado para a vacinação, as mulheres devem levar, além da versão original, cópias dos documentos anexados no Conecta Recife, que ficarão retidas no local. Por recomendação do Ministério da Saúde, as gestantes e puérperas só devem tomar a vacina contra covid-19 14 dias após tomarem a vacina de Influenza (gripe) e/ou outra do calendário de vacinação. Caso a puérpera ainda seja lactante, deverá ser orientada a não interromper o aleitamento materno.


 

A capital pernambucana vai receber grávidas e puérperas dos municípios de Araçoiaba, Camaragibe, Chã de Alegria, Chã Grande, Fernando de Noronha, Pombos, São Lourenço da Mata, Bom Jardim, Buenos Aires, Carpina, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Lagoa do Carro, Lagoa de Itaenga, Limoeiro, Machados, Nazaré da Mata, Orobó, Passira, Paudalho, Salgadinho, Surubim, Tracunhaém, Vertente do Lério, Vicência, Água Preta, Amaraji, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Cortês, Escada, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Lagoa dos Gatos, Maraial, Palmares, Primavera, Quipapá, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Tamandaré, Xexéu, Aliança, Camutanga, Condado, Ferreiros, Goiana, Itambé, Itaquitinga, Macaparana, São Vicente Ferrer e Timbaúba.