Contra ‘reforma criminosa’, movimentos vão às ruas do país

Contra ‘reforma criminosa’, movimentos vão às ruas do país

por Giselly Santos/ Leia Já

 

A pressão dos movimentos sociais e partidos de oposição contra a aprovação da reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional, tem sido uma constante nas últimas semanas. Na próxima quarta-feira (15), a postura ganhará um reforço. Isso porque eles pretendem sair às ruas do país em manifestação para refutar a atualização das regras previdenciárias. 

No Recife, o ato que integra o Dia Nacional de Paralisação Contra a Reforma da Previdência será às 9h, com concentração na Praça Oswaldo Cruz, no bairro da Boa Vista. De acordo com o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Pernambuco, Carlos Veras (PT), diversas categorias do setor público vão paralisar as atividades neste dia e os professores vão protagonizar uma greve nacional na capital pernambucana.