Datafolha: Eleitor rejeita políticos ligados ao projeto golpista

Datafolha: Eleitor rejeita políticos ligados ao projeto golpista

Todos os políticos alinhados com o projeto neoliberal que tomou de assalto o país sem nunca ter sido aprovado nas urnas são rejeitados pela população 

 

Pesquisa divulgada pelo Insituto Datafolha nesta quarta-feira (31), em que o ex-presidente Lula figura como primeiro colocado em todos os cenários simulados, mediu também o índice de rejeição aos possíveis candidatos, ou seja, quais deles não receberiam de jeito nenhum o voto dos entrevistados.

O presidente ilegítimo Michel Temer continua sendo o mais rejeitado: 60% não votariam nele de jeito nenhum para a Presidência da República. Conhecedor da impopularidade de seugoverno golpista, é pouco provável que Temer venha a se candidatar, evitando assim um vexame estarrecedor.

Outros representantes desta administração usurpadora, porém, estão entre os nomes cogitados para a disputa eleitoral.  Mas, como mostra a pesquisa, todos os políticos alinhados com o projeto neoliberal que tomou de assalto o país são rejeitados pela população.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), é um deles. Ele afirmou recentemente a órgãos de imprensa que tem ouvido muitos pedidos “do mercado” para que saia candidato. O Datafolha, então, incluiu seu nome em três cenários simulados. Em dois deles, o ministro do governo ilegítimo ficou com 1%. No outro, com 2%.

Os próprios partidos que usurparam a Presidência da República para implantar um projeto desnacionalizador,PMDB e PSDB, amargam a rejeição causada por seus atos. Enquanto o PT é o partido preferido da população brasileira, somente 5% dizem preferir o partido do presidente golpista. O desempenho tucano é ainda pior, com apenas 3% da preferência do eleitorado.

O instituto também mediu o chamado “poder de transferência” dos candidatos, a capacidade de gerar votos em um outro candidato por meio de seu apoio declarado.

O apoio mais rechaçado continua sendo o do presidente Michel Temer: 87% não votariam em um candidato a presidente apoiado pelo peemedebista, e 4% votariam com certeza neste concorrente, além de 8% que poderiam votar. Em novembro, o índice de rejeição a um candidato que tivesse o apoio de Temer era o mesmo (87%).

Outro que serve como “cabo eleitoral às avessas” é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).  A grande maioria dos eleitores (64%), não votaria em um presidenciável apoiado pelo tucano.

O povo quer Lula na urna!

Divulgada uma semana depois do acórdão do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que manteve a condenação do ex-presidente, a pesquisa mostra que, apesar da perseguição políticada condenação sem provas, e do que tentam fazer alguns juízes e desembargadores, o povo quer Lula na urna!

Tanto que o percentual de eleitores e eleitoras que afirma não saber em quem votar ou que declara voto branco ou nulo sobe de 16% para 28% caso Lula seja impedido de se candidatar. Se somado ao número de indecisos, o total dos que deixam de escolher um candidato chega a 36%.

*

Foram realizadas 2.826 entrevistas pelo instituto DataFolha em 174 municípios brasileiros entre os dias de 29 e 30 de janeiro. Os resultados apresentam margem de erro de dois pontos para cima ou para baixo. A pesquisa foi registrada no TSE com o número BR 05351/2018.

Da Redação da Agência PT de Notícias