Deputada Teresa Leitão diz que interesse do PSB é tirar Marília da disputa pelo governo de Pernambuco

Deputada Teresa Leitão diz que interesse do PSB é tirar Marília da disputa pelo governo de Pernambuco

por Inaldo Sampaio

A deputada Teresa Leitão (PT) declarou hoje (2), na Assembleia Legislativa, em aparte ao discurso do colega Álvaro Porto (PTB) criticando a “incoerência” do PSB em relação ao ex-presidente Lula, que  chegou a pensar que o interesse do PSB em reaproximar-se dos PT tinha a ver com o tempo de televisão e o prestígio eleitoral do ex-presidente da República.

No entanto, segundo ele, está cada vez mais “evidente” que o único interesse do governador Paulo Câmara (PSB) ao defender aliança do seu partido com o PT é retirar a candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) ao governo estadual.

“Como Marília se movimenta mais e aparece bem nas pesquisas de opinião, eles querem ela fora do páreo. Mas o partido ainda vai definir quem será o nosso candidato, se José Oliveira, se o deputado Odacy Amorim ou se a própria Marília”, disse a deputada.

Ela acrescentou que irá recorrer a todas as armas democráticas para que a candidatura própria seja viabilizada dentro do PT. “Até porque, para pragmatismo eleitoral, tem que existir limites”.

A deputada lembrou que o sentimento de Paulo Câmara em relação à prisão de Lula ficou bem claro no filme dos governadores que foram a Curitiba tentar visitar Lula na prisão.

“Eu nem vou comparar (o posicionamento de Paulo Câmara) com o dos governadores do PT. Vou citar o governador do Maranhão, Flávio Dino, que é o PCdoB e o da Paraíba, Ricardo Coutinho, que é do PSB. Enquanto estes se indignam e fazem referência à prisão política de Lula, uma vez que Lula é um preso político, Paulo Câmara se refere ao cidadão e ao pernambucano Lula”.