Nota de Repúdio

Nota de Repúdio

Como presidente licenciado da Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT/PE) e candidato a deputado federal representando os direitos da classe trabalhadora e dos sujeitos submetidos à exclusão e ao preconceito, é sem surpresa, mas com enorme indignação que venho por meio desta nota pública manifestar nosso absoluto repúdio contra o tratamento dado às mulheres e aos trabalhadores durante a manifestação ocorrida hoje em Boa Viagem (Recife-PE), promovida pelos “bolsonaristas” supostamente em defesa da “família”. Chamar as trabalhadoras e os trabalhadores brasileiros de “mortadelas” e as mulheres de “cadelas” é de um brutal desrespeito que nem mesmo as cidadãs e os cidadãos, por mais conservadores que sejam, podem concordar com tamanha afronta à honra, às ideias e aos ideais das pessoas. 

As manifestações em defesa de posições políticas e partidárias são absolutamente legítimas, contudo devem ser pautadas pelos princípios do respeito às pessoas e coletivos que têm perspectivas diversas de mundo, bem como se fundamentar em bases pacíficas que promovam e fortaleçam a democracia em nosso País.

Nós que compomos o outro polo desse extremo, realizamos neste sábado uma linda caminhada com o nosso candidato Fernando Haddad e aliados na qual reunimos milhares de pessoas que com a gente percorreram as ruas do centro do Recife como muita alegria e pacifismo para comunicar a sociedade sobre o nosso projeto, tendo em vista a construção de um País justo, inclusivo e soberano sem atacar em nenhum momento, sob nenhuma hipótese, nenhum dos opositores e nem seus apoiadores. 

É oportuno, mais uma vez, alertar a sociedade brasileira sobre as consequências nefastas de se alimentar a intolerância, o ódio e a violência como soluções para uma nação que ainda sofre com acentuadas desigualdades de classe, raça, etnia, gênero e orientação sexual e com as mazelas da pobreza e do analfabetismo. 

Assim, convocamos todas e todos, mesmo aquelas e aqueles que têm projetos de sociedade diferentes do nosso, para elevarmos o nível desse debate com propostas que ajudem a retirar Brasil do abismo onde se encontra e construirmos uma nação cujo nível do debate não seja a quantidade de pelos no corpo de uma mulher, mas o direito da mulher sobre seu próprio corpo; um debate que não se restrinja à mortadela, mas se amplie para o direito de todas as brasileiras e brasileiros à segurança alimentar com mesa farta e alimentos de qualidade.

Carlos Veras
Presidente Licenciado da CUT/PE e Candidato a Deputado Federal 1314
#Lulalivre #Haddadpresidente #Nalutacomagente

 

<iframe src="https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fcarlosveras2018%2Fposts%2F2337518856525396&width=500" width="500" height="470" style="border:none;overflow:hidden" scrolling="no" frameborder="0" allowTransparency="true" allow="encrypted-media"></iframe>