Teste de publicidades

Obra para implantação de rede de esgoto interdita trecho de avenida em São Lourenço da Mata

Obra para implantação de rede de esgoto interdita trecho de avenida em São Lourenço da Mata

Hoje (12) iniciou assentamento de rede na Avenida Dr. Belmino Corrêa; intervenção no local será concluída em janeiro de 2019

 

 

 

A cidade de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife, está recebendo uma grande obra de implantação de Sistema de Esgotamento Sanitário (SES). Hoje (12) iniciou uma intervenção para assentamento de rede de esgoto, com 300 metros de extensão no total, ao longo da Avenida Dr. Belmino Corrêa, no Centro da cidade. Em função do porte da obra e buscando minimizar o impacto no trânsito, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) programou implantar essa tubulação em trechos de 50 metros, por vez. O primeiro trecho da avenida, que tem dois sentidos, foi interditado entre a Rua Fernando Pereira Araújo e a Academia das Cidades. Durante todo o período da intervenção, o tráfego no trecho com obras da via  estará  sinalizado e funcionará com esquema de ‘pare e siga’. As obras na avenida devem ser concluídas até o fim de janeiro de 2019.

 

A obra é executada pela BRK Ambiental, parceira privada da Compesa no Programa Cidade Saneada, e faz parte da primeira etapa dos serviços de construção do SES de São Lourenço da Mata, empreendimento que recebe o investimento de R$ 40 milhões e vai beneficiar 25 mil pessoas na cidade. Parte do sistema implantado, em breve, entrará em operação para beneficiar os moradores dos bairros de Pixete e Nova Tiúma com serviços de coleta e tratamento de esgoto. Isso porque será colocado em operação unidades e rede que já estão prontas e em fase final de testes: cerca de 14 quilômetros de tubulações, uma Estação de Tratamento de Esgoto e uma estação elevatória.

 

Na primeira etapa do SES, já foram assentados cerca de 49 quilômetros de tubulações nos bairros de Rosina Labanca, Ersina Lapenda, Centro, Caiará, Vila do Reinado, Nova Tiúma, Pixete, Várzea Fria e Chã de Tábua. Até o primeiro semestre de 2019, ainda serão implantados mais 3 quilômetros de rede coletora e finalizada a construção de mais duas estações elevatórias que vão compor o sistema de esgotamento sanitário.


QUE TAL FAZER O BEM??? VAMOS!!!! AJUDE TERESA HUANG A FAZER O VOO DA ÁGUIA, VOO DA RENOVAÇÃO

QUE TAL FAZER O BEM??? VAMOS!!!! AJUDE TERESA HUANG A FAZER O VOO DA ÁGUIA, VOO DA RENOVAÇÃO

#SomosTodxsTeresaHuang MUTIRÃO DO AMOR
DOE 5,1O,20 REAIS OU O QUE VOCÊ PUDER
Vá pra Cuba, Teresa!

 

 

O voo da águia
 

 

Entre as aves, a águia é a que vive mais, cerca de setenta anos. Mas para atingir essa idade, aos quarenta ela deve tomar uma difícil decisão: nascer de novo.

 

Pois aos quarenta suas unhas ficam compridas e flexíveis, dificultando agarrar as presas com as quais se alimenta. O bico alongado e pontiagudo se curva. As asas, envelhecidas e pesadas, dobram-se sobre o peito, impedindo-a de empreender voos ágeis e velozes.

 

Restam à águia duas alternativas: morrer ou passar por uma dura prova, ao longo de 150 dias. Esta prova consiste em voar para o cume de uma montanha e abrigar-se num ninho cravado na pedra. Ali, ela bate o bico contra a pedra, até quebrá-lo. Espera, então, crescer o novo bico, para poder arrancar as suas unhas.

 

Quando as novas unhas despontam, a águia puxa as velhas penas e, após cinco meses, crescidas as novas, ela atira-se renovada ao vôo, pronta para viver mais trinta anos.

 

No noviciado, aprendi que, ao longo da existência, a possibilidade de nossa sobrevida depende, muitas vezes, de seguir o exemplo da águia. Quem se entrega, abatido, ao peso do sofrimento e das dificuldades, tende a abreviar seus dias. Deixa de viver como quem voa e passa a sobreviver como um réptil que rasteja.

 

Reaprender a voar é ousar recolher-se para começar de novo. Eis a sabedoria de todas as religiões tradicionais ao exigir de seus noviços um tempo de reclusão. O mesmo ocorre em muitas nações indígenas, quando o jovem, para ser considerado adulto, é recolhido a uma cabana isolada, onde o xamã o submete a provas e o introduz em conhecimentos específicos.

 

Mas é preciso voar até a montanha. De cima, vê-se melhor. Talvez por isso Deus, ao criar o ser humano, tenha colocado a cabeça acima do coração. Ver com as emoções é correr o risco de desfigurar os desenhos. Os contornos mostram-se muito mais nítidos quando observados com serenidade.

 

E saber esperar. Primeiro, ousar perder o que envelheceu: o bico, as unhas, as penas. Despojar-se do que atravanca os nossos passos. Segundo, aguardar pacientemente o tempo da maturação. Enfim, dar o salto pascal, abrir as asas para a vida e, sem medo, empreender o voo rumo a novos horizontes.

 

 

Frei Betto

 

Teresa Huang é uma militante e dirigente do Partido dos Trabalhadores. Filiada desde 1983, é a atual Secretária de Cultura do PT/PE. Desde 2016 vem se tratando de um câncer. Agora ela tem a oportunidade de fazer um tratamento em Cuba, numa das mais avançadas medicina do mundo. Ajude Teresa Huang a conseguir esse objetivo e fortalecê-la para o retorno à luta, futuramente.

 

Contribua na vakinha virtual http://vaka.me/2dw1z7


Com a sua ajuda vamos levar Huang pra Cuba, vamos fazer o voo da renovação

 


Compesa identifica desvio de água em  restaurante  localizado em área nobre de Caruaru

Compesa identifica desvio de água em restaurante localizado em área nobre de Caruaru

Com o apoio da Polícia Militar, a Companhia Pernambucana de Saneamento-Compesa flagrou  nesta terça-feira (4), um restaurante furtando água, na Avenida Agamenon Magalhães, área nobre de Caruaru, no Agreste. O proprietário do estabelecimento foi autuado e  conduzido para a delegacia  da cidade, onde deverá responder processo por furto qualificado de água. A Compesa vinha recebendo reclamações de falta  de água nessa área sem  qualquer problema técnico-operacional que justificasse o desabastecimento. O trabalho de pesquisa foi desenvolvido durante 15 dias até a identificação de uma bomba na rede instalada após o hidrômetro ( medidor de água ) no  restaurante.
 
 
 
Instalar bomba na rede é crime. Essa iniciativa provoca o desequilíbrio do sistema de abastecimento, provocando falta de água nos bairros. Ao perceber o equipamento irregular, desviando  água da rede de distribuição para o restaurante, a Compesa acionou a polícia para efetuar o flagrante. Quem perceber bombas instaladas na rede de abastecimento deve denunciar imediatamente o fato à polícia ou a própria Compesa, que acionará as autoridades policiais.
 
 
De acordo com  o gerente de Unidade de Negócios da  Compesa, Mário Heitor, ainda não é possível  mensurar o volume de água desviado pelo restaurante em prejuízo  a dezenas de moradores que ficaram sem ser abastecidos. Cálculos também serão feitos para estipular o período  da irregularidade. Além de responder criminalmente, o proprietário do restaurante será  multado pela Compesa  após a  contabilização do prejuízo. “Lamentamos situações como essa. A fraude causa prejuízo financeiro à Compesa, mas o prejuízo maior é a população ficar sem abastecimento por causa da ação irregular de uma pessoa em benefício próprio”, argumenta Mário  Heitor.


AblogPE vai ao encontro nacional de proteção a comunicadores em São Paulo

AblogPE vai ao encontro nacional de proteção a comunicadores em São Paulo

A Associação dos Blogueiros de Pernambuco (AblogPE), por meio do seu atual presidente, Paulo Fernando, representará o Estado no “Encontro Nacional de Proteção a Comunicadores”, que será realizado entre os dias 04 e 05 de deste mês em São Paulo. O evento tem o objetivo de debater assuntos como a “Censura e criminalização de comunicadores”, “Violência contra comunicadores no país” e entre outros temas importantes no que diz respeito a Comunicação Social.

“Esse encontro é importante para conscientizar nós comunicadores sobre os desafios que temos que enfrentar durante a execução do nosso trabalho, que é informar. Há uma criminalização de comunicadores e principalmente aos blogueiros. É um assunto sério e temos que saber formas de denunciar todo tipo de violência, antes de haver mais vítimas”, afirmou Paulo Fernando, presidente da AblogPE. 

O encontro será realizado, por meio de uma parceria entre as instituições Artigo 19, Instituto Vladimir Herzog, Repórteres Sem Fronteira, ABRAJI e Intervozes, no Itaú Cultural, na Avenida Paulista, 149, Bela Vista, São Paulo.


PT cria rede de proteção jurídica e social para militantes em todo o país

PT cria rede de proteção jurídica e social para militantes em todo o país

Iniciativa será coordenada pelas secretaria setoriais do PT e pela Associação Brasileira dos Juristas pela Democracia 

 

Desde o golpe de 2016, a democracia no Brasil tem sido agredida de todas as formas. Ao longo do período eleitoral, a violência escalou a níveis alarmantes. E os riscos são ainda maiores depois da vitória de um projeto fascista de governo. Contra essas ameaças nasce a Rede Democrática de Proteção Solidária, cujo objetivo principal oferecer ajuda jurídica e social a toda e qualquer pessoa vulnerável.

O projeto foi aprovado pelo PT nesta sexta (30), durante a reunião do Diretório Nacional do partido.

Coordenada pelas secretarias setoriais do PT e pela Associação Brasileira dos Juristas pela Democracia (ABDJ), a rede será estabelecida na Sede Nacional do PT em Brasília. Uma linha telefônica receberá as denúncias e pedidos vindos de todo o país.

Caberá à ABDJ cadastrar advogados que atuem pro bono na defesa de pessoas em situação de risco. A secretária do Setorial Nacional LGBT do PT, Janaína Oliveira, comemorou a criação da rede e explicou que os advogados cadastrados serão divididos conforme pelas áreas de atuação, facilitando e agilizando a defesa.

“Em razão da militância e das pautas que defendem, muitos militantes no país estão sofrendo violência. Queremos que eles saibam que temos uma rede de proteção. O PT vai dar suporte também para pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social”, disse Janaína.

O secretário Nacional de Combate ao Racismo do PT, Martvs Chagas, destacou a importância da rede no combate à descriminação e à violência contra os negros no Brasil. “A violência ganhou novos contornos. Não é mais apenas a policial e social, é também política”.

“Não é coincidência que todas as pessoas que morreram durante esse violento processo eleitoral eram negras. Em todas os aspectos sociais da vida, as pessoas negras são as mais vulneráveis. Quando um negro morre, a comoção social é menor. Por isso, a criação da rede vem no sentido de que essas pessoas possam viver”, aponta Chagas

Para o secretário Nacional de Cultura do PT, Marcio Tavares, a rede é também um instrumento fundamental contra os ataques à arte e ao livre pensar, manifestado principalmente na perseguição a artistas.

“A Rede é a transformação material do ‘ninguém solta a mão de ninguém’. Existe uma política de perseguição a artistas e manifestações artísticas. A tendência é isso se intensificar com o governo Bolsonaro. A rede permite que nosso campo tenha via de acesso para se organizar e proteger para seguir produzindo cultura com o mínimo de segurança”

De olho no governo Bolsonaro

A secretária nacional LGBT lembrou que a rede também funcionará como um mecanismo de monitoramento do governo Bolsonaro. Segundo ela, os primeiros cem dias do governo do presidente eleito podem ser muito violentos com militantes de diversas causas.

“Em 2019, os primeiros 100 dias podem ter um crescimento da violência semelhante ao que foi nas Eleições. Por isso, queremos dialogar com outras organizações e levar as denúncias para a OEA [Organização dos Estados Americanos]”.

“Vamos acompanhar em cada estado se as instituições de proteção estão funcionando ainda ou foram desmontadas pelos governos eleitos”, explica Janaina.

Por Erick Julio da Agência PT de Notícias em Brasília


Obra de reparo na rede de abastecimento no bairro da Madalena será finalizada amanhã (23)

Obra de reparo na rede de abastecimento no bairro da Madalena será finalizada amanhã (23)

Vazamento da rede de drenagem no local impediu que a Compesa concluísse os serviços ainda hoje

 

 

 

A existência de vazamentos no sistema de drenagem (galerias) no local que está sendo executada a obra de reparo da rede de abastecimento de água, no cruzamento da Rua Benfica com a Estrada dos Remédios, bairro da Madalena, Zona Oeste do Recife, impediram que a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) concluísse os serviços ainda nesta quinta-feira (22) à tarde, conforme foi divulgado. Diversas intercorrências veem aumentando a complexidade dessa intervenção, que iniciou na última terça-feira (20), como o elevado nível do lençol freático, interferência da maré e o fato da tubulação de água danificada estar localizada embaixo de uma caixa de fios do sistema de telefonia. Hoje, a grande dificuldade enfrentada pelos técnicos foi o acúmulo de água dentro da vala aberta que escorre da rede de drenagem - uma tubulação de grande porte (600 milímetros), que apresenta vários vazamentos. Para solucionar o problema, a Compesa organizou uma ação conjunta com a Emlurb (Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana), BRK Ambiental, Oi e a Copergás, e precisou estender o prazo de finalização da obra por mais 24 horas. Cerca de 30 profissionais estão envolvidos na ação, além do apoio de equipamentos, máquinas e caminhões.

 

A previsão é terminar a intervenção amanhã (23), às 16 horas, quando será restabelecido o abastecimento de água para os bairros que tiveram o fornecimento de água interrompido para execução da obra: Torre, Mustardinha, Bongi, Madalena, Ilha do Leite, Afogados, São José, Ilha do Retiro, Santo Antônio, Bairro do Recife, Graças, Derby, Espinheiro, Santo Amaro e Boa Vista. “Com a vala cheia de água, não tivemos como concluir o isolamento de todo trecho da tubulação até hoje à tarde, pois para cortar uma das extremidades do tubo, que está submerso, precisamos usar equipamento elétrico. Por isso, a gente precisou aguardar o trabalho de tamponamento da rede de drenagem pela Emlurb e, depois, o esvaziamento da vala com ajuda de bombas”, explica Conceição Pontes, gerente de Manutenção de Rede e Ramais da Compesa.

 

A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) está administrando o trânsito na área e, para reduzir o impacto no trânsito do local, a Compesa liberou, hoje de manhã, a faixa interditada da Rua Benfica (sentido subúrbio-cidade), que foi reaterrada com pó de pedra, provisoriamente.

A obra foi iniciada após a Compesa receber reclamações de moradores de dos bairros da Madalena e da Torre, de que algumas ruas estavam apresentando queda de pressão e falta de água. Após um trabalho de investigação e sondagens na rede de abastecimento de água que atende os dois bairros, a companhia localizou um grande vazamento oculto (não aparente) na tubulação localizada no cruzamento da Estrada dos Remédios com a Rua Benfica.


Apos as Eleições Serviço de Implantação de Rede de Saneamento Executado Pela Prefeitura do Recife Perde Qualidade e Diminui o Ritmo na Iputinga

Apos as Eleições Serviço de Implantação de Rede de Saneamento Executado Pela Prefeitura do Recife Perde Qualidade e Diminui o Ritmo na Iputinga

A prefeitura do Recife através da URB-Recife está executando na Comunidade da Vila União no bairro da Iputinga, uma obra de saneamento que visa tirar ligação de esgoto do rio Capibaribe, no caso da obra da Vila União a comunidade já é 100% saneada a vários anos obra realizada pela Compesa, a Prefeitura está substituído a tubulação de esgoto que hoje é de 100mm por tubos de 200mm, até ai tudo bem mais a obra que antes das eleições tinha um ritmo e uma "qualidade" na execução do serviço apos as eleições estranhamente perderam o ritimo e a qualidade, as calçadas que estão sendo executadas (reconstruidas) na rua Guaratiba, diferentemente da qualidade das calçadas que foram reconstruidas nas ruas Sobral,  Simonésia, rua Rouxinol, rua Silvânia... as calçadas da rua Guaratiba estão totalmente desconforme, fora dos padrões de acessibilidades, ondulada, cheias de defeitos 
Diante do exposto, considerando que os fatos acima narrados caracterizam, em tese, descumprimento de contrato pela construtora OTIL, os moradores da Vila União requereram ao Ministério Público de Pernambuco que sejam tomadas as providências cabíveis.


Bairro dos Torrões recebe obra de implantação de sistema de esgotamento sanitário

Bairro dos Torrões recebe obra de implantação de sistema de esgotamento sanitário

Dez mil pessoas serão beneficiadas

 

 


O bairro dos Torrões, na Zona Oeste do Recife está recebendo obras de implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto. Esse é o primeiro bairro da cidade que ganhará esgotamento sanitário por meio de investimentos do parceiro privado do Programa Cidade Saneada. A Parceria Público Privada do Saneamento em Pernambuco busca elevar os índices de cobertura do esgotamento sanitário na Região Metropolitana do Recife. As intervenções para construção desse sistema são realizadas agora nas ruas Poeta Lucena, Veranópolis, Antônio Valdevino, Damasqueiro, Assucena e Guaporema. Todo projeto prevê o assentamento de dez quilômetros de rede coletora, a instalação de mais de 2 mil ligações domiciliares, além da implantação de uma estação de bombeamento e de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Para construir o empreendimento são investidos R$ 13,5 milhões, beneficiando 10 mil pessoas nos Torrões.

 

A obra é executada pela BRK Ambiental, parceira privada da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), e contempla 57 ruas do bairro dos Torrões localizadas na área limitada pela Rua Maestro Jones JohnsonAvenida do Forte e Avenida Engenheiro Abdias de Carvalho. Já foram assentados 3.300 metros de tubulações em mais de 25 ruas do bairro, como a Jaguari, Iguaraci, Serafina Carneiro, Jordão e Epaminondas Cristovão. A Estação de Tratamento de Esgoto será construída na Rua Arthur Coutinho. A proposta é executar as intervenções causando o mínimo de transtornos para a população e impacto no fluxo do trânsito, principalmente, nas ruas mais movimentadas do bairro.

 

A obra para implantação do sistema de esgotamento sanitário no bairro dos Torrões iniciou no final do mês de junho e tem o prazo de conclusão de 16 meses. “O cronograma dos investimentos no programa Cidade Saneada foi elaborado buscando uma otimização do impacto social, ambiental, técnico e financeiro da situação do saneamento em todos os 15 municípios da RMR. Para essa fase do programa que está em andamento, serão realizados investimentos relevantes no Recife, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho e Goiana (Centro e Pontas de Pedras)”, pontua o diretor de Novos Negócios da Compesa, Ricardo Barretto.


MPPE lançará novo sistema digital para tramitação e troca eletrônica de processos

MPPE lançará novo sistema digital para tramitação e troca eletrônica de processos

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) trabalha de forma intensiva para lançar uma nova plataforma para a gestão digital de processos judiciais, a conclusão da nova ferramenta de tecnologia está prevista para o início de  2019. O Sistema, intitulado Ministério Público Eletrônico (MPe), o sistema vem em substituir a utilização do Processo Judicial eletrônico (PJe), atualmente utilizado por membros e servidores do MP. Por meio dele será possível ter mais agilidade na atuação dos membros e servidores, já que contará com um plataforma de assessoria; facilidade no acesso aos processos de forma remota, com a possibilidade de compartilhamento com colaboradores para atuação virtual em diversas promotorias de Justiça; e redução do tempo e custo de operação processual.

 

Intuitivo e totalmente eletrônico, o MPe procura cumprir a Resolução Conjunta do CNMP/CNJ n.º 03/2013, que institui o Modelo Nacional de Interoperabilidade (MNI) do Poder Judiciário e do Ministério Público. “Com essa plataforma poderemos acompanhar em tempo real a tramitação de processos, estabelecendo um novo paradigma na gestão documental do MPPE. Além de melhorar a gestão, o sistema irá contribuir com o ganho operacional e de tempo no desenvolvimento das atividades dos membros e servidores. Uma das particularidades do MPe, por exemplo, é sua capacidade de se comunicar com outros sistemas e no seu desenvolvimento procuramos levar em conta três pilares obrigatórios para o sistema: usabilidade, acessibilidade e interoperabilidade. Além dos diversos benefícios advindos da substituição da tramitação de autos em meio impresso pelo meio eletrônico, o sistema irá ser um instrumento de celeridade, de qualidade da prestação jurisdicional e de acesso à justiça.”, disse o procurador-geral de Justiça do MPPE, Francisco Dirceu Barros.

 

Hoje, a atual multiplicidade de sistemas de tramitação processual, seja em meio físico ou eletrônico, implica na replicação de gastos e investimentos para todos os envolvidos. “Com a implantação dele vamos ter o domínio do sistema e, provavelmente, a maioria absoluta dos problemas enfrentados hoje com o PJe vão desaparecer completamente. Essa evolução também faz parte da reafirmação de nossa autonomia”, disse o secretário-geral do Ministério Público, Alexandre Bezerra. O MPe está em fase de projeto-piloto para uma completa homologação dos membros e será implantado progressivamente a partir de 2019 em todo o Ministério Público.

 

“Com o MPe vamos dotar o promotor de uma ferramenta tecnológica própria e desenvolvida pela área de tecnologia do Ministério Público de Pernambuco. Com ela, o membro do MPPE terá uma interface na sua atribuição finalística judicial, deixando de ser um mero usuário do PJe do Poder Judiciário, lembro ainda que as ferramentas que estão sendo desenvolvidas com utilização de Inteligência Artificial serão integradas ao MPe, dada sua arquitetura modular”, disse o promotor de Justiça e presidente do Comitê Estratégico de Tecnologia da Informação do MPPE (Ceti), Antônio Rolemberg. Ainda segundo ele, o membro poderá receber a intimação de forma eletrônica, fazer o download do processo, assiná-lo digitalmente, elaborar petições, enviar suas manifestações ao Poder Judiciário pelo próprio MPe, remeter o processo de forma completamente digital ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e também validar as informações e pareceres elaborados por seus assessores.

 

Segundo a equipe técnica que procedeu com a elaboração do sistema, ele foi construído de forma modular, procurando se comunicar com os sistemas atuais  e disponíveis no MPPE e no TJPE, bem como com as plataformas futuras. “Estamos trabalhando para que seja possível eliminar a tramitação e a elaboração de documentos em formato papel. Na área meio já implementamos o PE Integrado e o Sistema Eletrônico de Informações (Sei) e, agora, estamos na área finalística implementando o MPe. O sistema já está em formato de testes nas promotorias de Justiça das cidades de Brejo e Jataúba e em breve vamos disponibilizar em todo o Estado”, destacou o coordenador ministerial de Tecnologia da Informação, Évisson Lucena.

 

Mais informações para a imprensa

Assessoria de Comunicação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE)

Telefone: 081 3182-7137 ou 3182-7138

E-mail: imprensa@mppe.mp.br ou imprensa.mppe@gmail.com


   Compesa  vai indenizar moradores que perderam casas na Rua Sempre Vida, em Dois Unidos

Compesa vai indenizar moradores que perderam casas na Rua Sempre Vida, em Dois Unidos

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) reuniu, nesta tarde(16), os moradores que tiveram as residências atingidas pelo deslizamento de barreira, a partir de um acidente envolvendo o rompimento de uma tubulação, na Rua Sempre Vida, bairro de Dois Unidos, provocado por queimadas realizadas por moradores. O encontro, realizado na sede da Gerência da Compesa Dois Irmãos, contou com a participação de quatro moradores, da diretora e da assessora da Diretoria  Regional Metropolitana da Compesa, Simone Albuquerque e Raquel Macedo, respectivamente, além da gerente regional da empresa, Isabelle Souto e técnicos da área social.

 

 

A  diretora Simone Albuquerque  propôs, de imediato, auxílio moradia  por 30 dias  e uma ajuda de custo para cada um dos proprietários dos dois imóveis destruídos no acidente, iniciativas que foram  aceitas  pelos moradores. Eles também foram informados que, próxima semana, os proprietários dos imóveis  serão indenizados pela Compesa. “Esclarecemos que o problema que desencadeou toda essa situação foi o incêndio provocado por moradores, que acabou danificando nossa tubulação e que por isso encharcou o solo provocando a queda da barreira. Mas mesmo sem o laudo conclusivo do Corpo de Bombeiros, decidimos adotar todas as providências para tranquilizar e prestar assistência aos moradores", pontuou a diretora Simone Albuquerque.

 

Além da assistência emergencial, a  equipe social da Compesa está fazendo o levantamento do mobiliário e utensílios domésticos dos moradores para que os prejuízos também possam ser ressarcidos. “A nossa expectativa é  concluir todo processo de indenização no prazo de 30 dias. Iniciamos hoje mesmo o  levantamento  para chegar ao valor de mercado praticado na redondeza, para que os moradores  comprem um imóvel em um local mais seguro”, informou Simone Albuquerque.

 

Para um dos moradores que participou da reunião, o autônomo Ademilson José de Souza, a condução de todo processo pela Compesa deixou todos tranquilos e bem atendidos. "Ficamos satisfeitos. Ficou definido que eles vão nos ajudar e tudo vai se resolver. O que eles prometeram até agora eles cumpriram", afirmou Ademilson, que teve a casa totalmente destruída.

 

Abastecimento de água

 

A Compesa informa, ainda, que o abastecimento de água da área permanece suspenso. Os técnicos esperam retomar a distribuição de água na próxima segunda-feira (19), em caráter emergencial – a previsão é que o atendimento seja feito por meio de um rodízio de dois dias com água e dois dias sem. A previsão é que até o final do mês, a Compesa conclua o trabalho de remanejamento da rede danificada pelo incêndio. E só após a finalização desse trabalho, é que a distribuição de água na área será normalizada, ou seja, voltar ao abastecimento diário.


Nota do PT sobre depoimento de Lula na Lava Jato

Nota do PT sobre depoimento de Lula na Lava Jato

“Perseguição a Lula ficou escancarada quando seu algoz, Sergio Moro, decidiu participar do governo que ajudou a eleger por ter condenado um inocente.” 

 

No depoimento desta quarta-feira, 14, o presidente Lula mostrou mais uma vez que são falsas as acusações dos procuradores da Lava Jato. Lula é um preso político, condenado injustamente para que não fosse eleito presidente da República como desejava a maioria da população.

A perseguição a Lula ficou escancarada quando seu algoz, Sergio Moro, decidiu participar do governo que ajudou a eleger por ter condenado um inocente. É inadmissível, no estado de direito, que Moro continue controlando o processo por meio de uma juíza substituta, quando já deveria ter se exonerado, abrindo oportunidade para um juízo imparcial.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO PT


Fim do programa Mais Médicos: Bolsonaro sempre foi contra Mais Médicos e tentou impedir sua criação

Fim do programa Mais Médicos: Bolsonaro sempre foi contra Mais Médicos e tentou impedir sua criação

Em 2013, ano de criação do programa, o então deputado entrou com ação para suspender atendimento aos que mais precisam; Cuba anunciou saída do programa 

 

Embora tente transferir a responsabilidade sobre a saída dos profissionais cubanos do Mais Médicos, anunciada na quarta-feira (14), ao governo de Havana, o presidente eleito Jair Bolsonaro sempre  foi contra o programa que atende cerca de 63 milhões de brasileiros, sobretudo das regiões mais carentes do país.

Ainda que tente convencer o povo de que “lamenta” a saída dos cubanos e que “apenas” exigiu revalidação técnica, o capitão da reserva tenta acabar com o programa desde a sua criação em 2013, quando ainda era deputado pelo PP-RJ. Na época, o parlamentar protocolou ação no Supremo Tribunal Federal (STF) na tentativa de suspender a medida provisória (MP) editada pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) que criou o programa Mais Médicos.

Uma das justificativas do radical naquele ano era de que os cubanos teriam de se submeter ao Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira, conhecido como Revalida. No entanto, as próprias declarações de Bolsonaro deixam claro que a sua intenção real sempre foi ideológica. Em agosto deste ano, por exemplo, ele havia prometido expulsar os caribenhos do Brasil. “Vamos botar um ponto final do Foro de São Paulo. Vamos expulsar, com o Revalida, os cubanos do Brasil”, declarou.

Prometeu e cumpriu. Agora terá de arcar com o peso de evitar que cerca de 24 milhões de brasileiros e brasileirasfiquem sem assistência de saúde com a saída de Cuba – o país respondia por 45% dos profissionais que atendiam ao programa, algo em torno de 8500 médicos.

A decisão de Havana de repatriar seus profissionais é mais uma consequência grave das declarações preconceituosas e irresponsáveis do presidente eleito. Em nota o governo cubano disse que a saída foi motivada pelas “referências diretas, depreciativas e ameaçadoras” feitas por Bolsonaro à presença no Brasil dos médicos do país caribenho.

Nos rincões do país

O programa Mais Médicos tem 18.240 profissionais espalhados por 4.058 municípios, cerca de 73% do total de cidades brasileiras. Uma de suas marcas é levar médicos em regiões que a maioria dos brasileiros da área se recusa a atender – para se ter ideia, mais de 700 cidades tiveram um médico pela primeira vez a partir do programa.

O Mais Médicos tem aprovação recorde: 95% dos usuários consideram o programa bom ou muito bom em 2016. Mais de 80% disseram que a qualidade do atendimento do SUS melhorou após a chegada dos cubanos, considerados ” mais atenciosos” pelos pacientes.

Da Redação da Agência PT de Notícias